Java no Google App Engine

É oferecida, no App Engine, uma opção entre dois ambientes para aplicativos Java: o ambiente padrão e o ambiente flexível. Ambos os ambientes têm o mesmo fluxo de trabalho de desenvolvedor, centrado em códigos, escalonamento rápido e eficiente, para lidar com a demanda crescente. É permitido o uso da tecnologia comprovada, disponibilizada pelo Google, para criar aplicativos da Web, móveis e de IoT rapidamente e com a mínima sobrecarga operacional. Embora os ambientes disponíveis tenham muito em comum, eles diferem em alguns pontos importantes.

Escolha seu ambiente preferido

Ambiente padrão

  • Otimizado para dimensionar quase instantaneamente, de forma a lidar com grandes picos de tráfego.

  • Mais econômico para aplicativos que passam por períodos significativos sem gerar tráfego.

  • Ambiente de execução do Java baseado no OpenJDK compatível com a biblioteca pública Java padrão (sem lista de permissões).

  • Não impõe um gerenciador de segurança: o código não será limitado por problemas de permissões do Java.

  • Nível gratuito.

Ambiente flexível

  • Tempos de execução de linguagens de código aberto completos.

  • Use qualquer biblioteca ou binário que preferir.

  • O código pode ser usado em qualquer lugar compatível com contêineres do Docker.

  • Mais econômico para aplicativos que geram tráfego continuamente.

  • Documentação do ambiente de execução do Java 8/9

  • Sem nível gratuito. O aplicativo sempre tem um número mínimo de instâncias em execução. Mais econômico para aplicativos que geram tráfego continuamente.

Como escolher um ambiente

É possível executar um aplicativo do App Engine em dois ambientes, o padrão e o flexível. Veja um resumo das diferenças entre os dois ambientes.
Saiba mais