Visão geral da interface do Profiler

A interface do Cloud Profiler tem dois elementos gráficos: o gráfico em degradê e o histórico. O gráfico em degradê inclui pilha de chamadas e informações de uso de recursos relativos. A visualização do histórico exibe o uso médio diário dos recursos para as funções selecionadas nos 30 dias anteriores.

Para iniciar a interface do Profiler, no Console do Google Cloud, selecione Profiler ou clique no botão a seguir:

Acessar o Profiler

A captura de tela a seguir ilustra a interface do Cloud Profiler:

Interface anotada do Cloud Profiler.

A maior parte da interface exibe os dados do perfil na forma de um gráfico de chama. Para saber mais sobre gráficos de chama e como trabalhar com frames, veja Como interagir com o gráfico de chama.

A interface inclui menus para selecionar quais perfis são usados para construir o gráfico de chama exibido. Saiba mais em Como selecionar os perfis a serem analisados.

Por fim, a interface inclui botões que permitem alterar o modo de visualizar os perfis selecionados:

  • Lista: clique neste botão para ver uma lista de funções e seu consumo de métricas. Saiba mais em Como usar a lista de foco.
  • Histórico: clique nesse botão para ver um gráfico que exibe o uso médio dos recursos nos últimos 30 dias. Para mais informações, consulte Como visualizar tendências históricas.
  • Filtrar: clique neste botão para adicionar um filtro. Os filtros são usados para controlar como os perfis selecionados são visualizados. Por exemplo, é possível adicionar um filtro para ocultar frames específicos ou focar o gráfico em uma função específica. Saiba mais em Como filtrar o gráfico de chama.
  • Download: clique neste botão para fazer o download do perfil exibido no seu sistema local. Saiba mais em Como fazer o download dos dados de perfil.
  • Documentação: clique para ver a documentação do Cloud Profiler.

A seguir