Opções de linha de comando do agente local

Os agentes do serviço de transferência de dados locais transferem dados do data center local para o Google Cloud. Quando você executar um agente, é possível controlar as opções dele por meio das sinalizações e opções descritas nesta página.

Resumo do comando

sudo docker run [--ulimit memlock=64000000 -d -rm -v host-directory:container-directory]
gcr.io/cloud-ingest/tsop-agent:latest
{--help | --version | --project-id=project-id}
[--agent-id-prefix=id-prefix --creds-file=credential-file
--enable_mount_directory --hostname=hostname
--log-dir=logs-directory
--max-physical-memory=maximum-memory]

Opções do Docker

--ulimit memlock=64000000
Bloqueia a memória compartilhada de um pool compartilhado do Docker para que ele esteja sempre na memória para ser acessado por várias sessões.
-d

Inicia o contêiner do Docker no modo desvinculado ou em segundo plano. Isso permite que você continue emitindo comandos do terminal Linux.

Para mais informações, consulte -d desvinculado (em inglês)

-rm

Exclui o contêiner e o sistema de arquivos dele quando o Docker é encerrado.

Para mais informações, consulte Limpeza (--rm) (em inglês)

-v host-directory:container-directory

Especifica um ou mais volumes (em inglês) a serem mapeados do host para o contêiner. Ao usar -v com o serviço de transferência de dados locais, é necessário que host-directory e container-directory sejam os mesmos. Caso contrário, o serviço de transferência de dados locais não localizará os arquivos para transferência.

Para mais informações, consulte VOLUME (sistemas de arquivos compartilhados) (em inglês)

Opções do agente

--agent-id-prefix=id-prefix
Um prefixo opcional que é anexado ao ID do agente para ajudar a identificar o agente ou a máquina no Console do Google Cloud. Quando um prefixo é usado, o ID do agente é formatado como prefix + hostname + Docker container ID.
--creds-file=credential-file

Um arquivo de credencial de conta de serviço no formato JSON opcional. Para mais informações sobre como gerar um arquivo de credencial da conta de serviço, consulte Como criar e gerenciar chaves da conta de serviço.

--enable_mount_directory

Como alternativa, ative todo o sistema de arquivos no diretório /transfer_root do contêiner do Docker, em vez de especificar ativações de volume -v do Docker (em inglês) individuais. Ao usar essa sinalização, não é necessário adicionar o prefixo /transfer_root ao diretório de registros ou ao caminho do arquivo de credenciais da conta de serviço. Além disso, /transfer_root não é visível em registros de transferência ou amostras de erro de GUI.

--help

Exibe uma breve ajuda de uso.

--hostname=hostname

Define o nome do host em que o agente está sendo executado. Usado para informar o nome do host da máquina em que um determinado agente está sendo executado.

--log-dir=logs-directory

Um diretório opcional em que o agente grava registros. O diretório padrão é /tmp/.

--max-physical-memory=maximum-memory

Por padrão, os agentes usam no máximo 8 GiB de memória do sistema. Se isso não se encaixar no seu ambiente, será possível especificar um uso máximo de memória relevante nos seguintes formatos:

Valor de max-physical-memory Configuração máxima de memória
6g 6 gigabytes
6gb 6 gigabytes
6GiB 6 gibibytes
--project-id=project-id

String obrigatória do ID do projeto que hospeda os recursos de transferência e do Pub/Sub que foram criados e faturados.

--version

Exibe a versão atual do agente.