Limites de CPU

Nesta página, descrevemos como especificar o número de CPUs a serem usadas para cada instância de contêiner do Cloud Run. Por padrão, as instâncias de contêiner do Cloud Run estão limitadas a 1 instância de CPU. É possível mudar esse número.

Como configurar e atualizar os limites de CPU

Qualquer mudança na configuração leva à criação de uma nova revisão. As próximas revisões também recebem automaticamente essa configuração, a menos que você faça atualizações explícitas para alterá-la.

Por padrão, cada instância de contêiner é limitada a 1 CPU. É possível definir limites de CPU usando o Console do Cloud, a linha de comando gcloud ou um arquivo YAML ao criar um novo serviço ou implantar uma nova revisão:

Console

  1. Acessar o Cloud Run

  2. Clique em Criar serviço se estiver configurando um novo serviço em que fará uma implantação. Se você estiver configurando um serviço atual, clique nele e em Editar e implantar nova revisão.

  3. Se você estiver configurando um novo serviço, preencha a página inicial de configurações de serviço conforme desejado e clique em Avançar > Configurações avançadas para acessar a página de configuração de serviço.

  4. Clique na guia Contêiner.

    imagem

  5. Selecione o limite de CPU que você quer na lista suspensa. Selecione um valor de vCPUs 1, 2 ou 4. Observe que o uso de quatro vCPUs requer o uso de pelo menos 2 GiB de memória.

  6. Clique em Criar ou Implantar.

Linha de comando

É possível atualizar os limites de CPU de um determinado serviço usando o seguinte comando:

gcloud run services update SERVICE --cpu CPU

Substitua SERVICE pelo nome do seu serviço e CPU pelo limite de CPU desejado. Especifique o valor de vCPUs 1, 2 ou 4. Observe que o uso de quatro vCPUs requer o uso de pelo menos 2 GiB de memória.

Também é possível definir o limite de CPU durante a implantação usando este comando:

gcloud run deploy --image IMAGE_URL --cpu CPU

Substituir

  • IMAGE_URL por uma referência à imagem de contêiner. Por exemplo, us-docker.pkg.dev/cloudrun/container/hello:latest;
  • CPU pelos valores descritos acima.

YAML

É possível fazer o download e ver a configuração do serviço atual usando o comando gcloud run services describe --format export, que produz resultados limpos no formato YAML. Em seguida, modifique os campos descritos abaixo e faça upload do YAML modificado usando o comando gcloud run services replace. Modifique os campos somente conforme documentado.

  1. Para visualizar e fazer o download da configuração:

    gcloud run services describe SERVICE --format export > service.yaml
  2. Atualize o atributo cpu:

    apiVersion: serving.knative.dev/v1
    kind: Service
    metadata:
      name: SERVICE
    spec:
      template:
        spec:
          containers:
          - image: IMAGE
            resources:
              limits:
                cpu: CPU

    Substitua:

    • SERVICE pelo nome do serviço do Cloud Run;
    • IMAGE pelo URL da imagem de contêiner.
    • CPU pelo valor do limite de CPU desejado. Especifique o valor de vCPUs 1, 2 ou 4. Observe que o uso de quatro vCPUs requer o uso de pelo menos 2 GiB de memória.
  3. Substitua o serviço pela nova configuração usando o seguinte comando:

    gcloud run services replace service.yaml

Como visualizar as configurações da CPU

Para ver as configurações de CPU atuais do serviço:

Console

  1. Acesse o Cloud Run

  2. Clique no serviço de seu interesse para abrir a página Detalhes do serviço.

  3. Clique na guia Revisões.

  4. No painel de detalhes à direita, a configuração da CPU está listada na guia Contêiner.

Linha de comando

  1. Use o comando a seguir:

    gcloud run services describe SERVICE
  2. Localize a configuração de CPU na configuração retornada.