Mantenha tudo organizado com as coleções Salve e categorize o conteúdo com base nas suas preferências.

Guia de início rápido do Console do Cloud Functions (segunda geração)

O Cloud Functions é um ambiente de execução sem servidor para criar e conectar serviços em nuvem. Com ele, é possível escrever funções simples que têm uma única finalidade e que são vinculadas a eventos emitidos pela infraestrutura e pelos serviços em nuvem. A função é acionada quando um evento em análise é disparado ou por uma solicitação HTTP.

Nesta página, mostramos como criar e implantar uma função de 2ª geração HTTP usando o console do Google Cloud. Esta página é baseada no Node.js, mas o processo é semelhante a todos os ambientes de execução.

Neste exemplo, usamos a seguinte função, que retorna uma mensagem quando acionada por uma solicitação HTTP:

const functions = require('@google-cloud/functions-framework');

functions.http('helloHttp', (req, res) => {
 res.send(`Hello ${req.query.name || req.body.name || 'World'}!`);
});

Antes de começar

  1. Faça login na sua conta do Google Cloud. Se você começou a usar o Google Cloud agora, crie uma conta para avaliar o desempenho de nossos produtos em situações reais. Clientes novos também recebem US$ 300 em créditos para executar, testar e implantar cargas de trabalho.
  2. No console do Google Cloud, na página do seletor de projetos, selecione ou crie um projeto do Google Cloud.

    Acessar o seletor de projetos

  3. Verifique se o faturamento está ativado para seu projeto na nuvem. Saiba como verificar se o faturamento está ativado em um projeto.

  4. Ative as APIs Cloud Functions, Cloud Build, Artifact Registry, Cloud Run, Logging, and Pub/Sub.

    Ative as APIs

  5. No console do Google Cloud, na página do seletor de projetos, selecione ou crie um projeto do Google Cloud.

    Acessar o seletor de projetos

  6. Verifique se o faturamento está ativado para seu projeto na nuvem. Saiba como verificar se o faturamento está ativado em um projeto.

  7. Ative as APIs Cloud Functions, Cloud Build, Artifact Registry, Cloud Run, Logging, and Pub/Sub.

    Ative as APIs

Crie uma função

  1. Abra a página de visão geral do Functions no console do Google Cloud:

    Acessar a página Visão geral do Cloud Functions

    Verifique se o projeto com o Cloud Functions ativado foi selecionado.

  2. Clique em Criar função.

  3. Em Ambiente, selecione 2a geração.

  4. Nomeie a função, por exemplo, function-1.

    O nome que você atribui à função pode incluir letras minúsculas, números e hífens. O Cloud Functions (segunda geração) não é compatível com letras maiúsculas nos nomes de funções.

  5. No campo Autenticação, selecione Permitir invocações não autenticadas.

  6. Clique em Próxima.

  7. No campo Código-fonte, selecione Editor in-line. Neste exercício, você usará a função padrão fornecida no editor.

  8. Use o menu suspenso Ambiente de execução para selecionar um ambiente de execução que você quer usar. Neste exemplo, usamos o Node.js 16.

Implante a função

  1. Na parte inferior da página, clique em Implantar.

  2. Depois de clicar em Implantar, você será redirecionado do console do Google Cloud para a página de visão geral do Cloud Functions.

    Enquanto a função é implantada, o ícone ao lado dela fica girando. Depois de concluída a implantação, o ícone muda para uma marca de seleção verde.

    Captura de tela que mostra o processo de implantação da função

Teste a função

Para testar a função:

  1. Clique no nome vinculado da função na página "Visão geral do Cloud Functions" para abrir a página Detalhes da função.

  2. Abra a guia Gatilho para encontrar o link do URL da função.

  3. Abra o URL para ver um navegador da Web exibindo a mensagem "Hello World!"

A seguir