Locais do App Engine

Como o App Engine é regional, a infraestrutura de execução dos aplicativos está localizada em uma determinada região e é gerenciada pelo Google. Assim, ela fica disponível de modo redundante em todas as zonas dessa região.

Atender aos requisitos de latência, disponibilidade ou durabilidade são os principais fatores para selecionar a região de execução dos aplicativos. Geralmente, é possível selecionar a região mais próxima aos usuários do seu aplicativo, mas considere a localização dos outros produtos e serviços do Google Cloud usados pelo seu aplicativo. Usar serviços em vários locais pode afetar a latência do seu aplicativo, bem como preços.

O App Engine está disponível nas regiões a seguir:

  • northamerica-northeast1 (Montreal)
  • us-central (Iowa)
  • us-west2 (Los Angeles)
  • us-west3 (Salt Lake City)
  • us-west4 (Las Vegas)
  • us-east1 (Carolina do Sul)
  • us-east4 (Norte da Virgínia)
  • southamerica-east1 (São Paulo)
  • europe-west (Bélgica)
  • europe-west2 (Londres)
  • europe-west3 (Frankfurt)
  • europe-west6 (Zurique)
  • asia-northeast1 (Tóquio)
  • asia-northeast2 (Osaka)
  • asia-northeast3 (Seul)
  • asia-east2 (Hong Kong)
  • asia-south1 (Mumbai)
  • australia-southeast1 (Sydney)

Não é possível alterar a região de um aplicativo depois de defini-la.

Se você já criou um aplicativo do App Engine, é possível visualizar a região seguindo um destes procedimentos:

Para selecionar uma região, crie um aplicativo do App Engine no projeto do Cloud. Para ver mais detalhes no seu idioma sobre os ambientes padrão ou flexível, consulte Como gerenciar projetos, aplicativos e o faturamento.