Gerenciamento de inventário do SO

Nesta página, você encontra uma visão geral do Gerenciamento de inventário do SO. Para informações sobre como configurar e usar o Gerenciamento de inventário do SO, consulte Como ver detalhes do sistema operacional.

Use o Gerenciamento de inventário do SO para coletar informações do sistema operacional e do pacote que são armazenadas como atributos de convidado no servidor de metadados do Compute Engine. Em seguida, consulte esses atributos de convidado para recuperar informações sobre o sistema operacional em execução em uma instância de VM.

Quando usar o Gerenciamento de inventário do SO

O Gerenciamento de inventário do SO pode ser usado para concluir as tarefas a seguir:

  • Identificação de máquinas virtuais que executam uma versão específica de um sistema operacional
  • Visualização de pacotes instalados em uma instância de VM
  • Geração de uma lista de atualizações de pacotes disponíveis para cada instância da VM
  • Identificação de pacotes, atualizações ou correções ausentes para uma instância de VM

Como o Gerenciamento de inventário do SO funciona

Quando o Gerenciamento de inventário do SO é ativado, o agente de configuração do SO executa uma verificação de inventário para coletar dados e, depois, envia essas informações ao servidor de metadados e aos vários streams de registros. Essa verificação é executada a cada 10 minutos na instância da VM.

Como os dados são coletados

Em instâncias do Linux, o agente de configuração do SO é executado na instância e analisa o /etc/os-release ou o arquivo equivalente da distribuição do Linux para coletar detalhes do sistema operacional. O agente de configuração do SO também usa gerenciadores de pacotes, como apt, yum ou GooGet (em inglês), para coletar informações sobre pacotes instalados e atualizações disponíveis para a instância.

Em instâncias do Windows, o agente de configuração do SO usa as bibliotecas do sistema para coletar os detalhes das informações do sistema operacional. Os pacotes instalados e as atualizações disponíveis são coletados consultando as bibliotecas do Windows Update Agent.

Onde os dados são armazenados

Dados de inventário são armazenados como atributos de convidado no namespace guestInventory. O conteúdo para os pacotes instalados e atualizações de pacotes é compactado com gzip e codificado em base64 para economizar espaço.

Logging

Durante a coleta e o armazenamento de dados, o agente de configuração do SO grava registros de atividades nos vários streams de registros no Compute Engine. São eles:

  • A porta serial
  • Registros do sistema: log de eventos do Windows e registro do sistema do Linux
  • Streams padrão: stdout
  • Registros do Cloud Logging: esses registros só estarão disponíveis se o Cloud Logging estiver ativado na instância de VM.

Informações fornecidas pelo Gerenciamento de inventário do SO

Informações do sistema operacional

O Gerenciamento de inventário do SO fornece as informações a seguir sobre o sistema operacional em execução na instância de VM:

  • Nome do host
  • LongName: o nome detalhado do sistema operacional. Por exemplo, Microsoft Windows Server 2016 Datacenter.
  • ShortName: a forma abreviada do nome do sistema operacional. Por exemplo, Windows
  • Versão do kernel
  • Arquitetura do sistema operacional.
  • Versão do SO
  • Versão do agente de configuração do SO
  • Última atualização: um carimbo de data/hora da última vez que o agente verificou com êxito o sistema e atualizou os atributos de convidado com dados de inventário do SO.

Informações do pacote instalado

Na tabela a seguir, há um resumo das informações fornecidas pelo Gerenciamento de inventário do SO sobre os pacotes instalados.

Sistema operacional Gerenciador de pacotes Campos disponíveis
Linux e Windows Server As informações do pacote instalado estão disponíveis nos gerenciadores de pacotes a seguir:
  • RPM para o Red Hat Enterprise Linux (RHEL)
  • DEB para Debian e Ubuntu
  • GooGet para Windows Server
Para cada pacote instalado, são fornecidas as seguintes informações:
  • Nome do pacote
  • Arquitetura
  • Versão
Windows Server Windows Update Agent Os campos a seguir são listados para os pacotes do Windows Update Agent (em inglês):
  • Forma de tratamento
  • Descrição
  • Categorias
  • CategoryIDs1
  • KBArticleIDs
  • SupportURL
  • UpdateID1
  • RevisionNumber1
  • LastDeploymentChangeTime
Windows Server Atualizações do Windows Quick Fix Engineering Os campos a seguir estão listados para os pacotes do QuickFixEngineering (em inglês):
  • Legenda
  • Descrição
  • HotFixID
  • InstalledOn

1Esse campo está oculto na saída de linha de comando gcloud compute instances os-inventory describe padrão. Para visualizar esse campo, é preciso visualizar a saída no formato JSON. Para visualizar a saída no formato JSON, anexe o --format=JSON ao comando gcloud. Para mais informações sobre a formatação de saída, consulte gcloud topic formats.

Informações sobre atualizações de pacotes disponíveis

Na tabela a seguir, há um resumo das informações fornecidas pelo Gerenciamento de inventário do SO sobre a atualização de pacotes.

Sistema operacional Gerenciador de pacotes Campos disponíveis
Linux e Windows Server As informações de atualização de pacotes estão disponíveis nos gerenciadores de pacotes a seguir:
  • Yum para o Red Hat Enterprise Linux (RHEL)
  • Apt para Debian e Ubuntu
  • GooGet para Windows Server
Para cada atualização de pacote disponível, são fornecidas as seguintes informações:
  • Nome do pacote
  • Arquitetura
  • Versão
Windows Server Windows Update Agent Os campos a seguir são listados para os pacotes do Windows Update Agent (em inglês):
  • Título
  • Descrição
  • Categorias
  • CategoryIDs1
  • KBArticleIDs
  • SupportURL
  • UpdateID1
  • RevisionNumber1
  • LastDeploymentChangeTime

1Esse campo está oculto na saída de linha de comando gcloud compute instances os-inventory describe padrão. Para visualizar esse campo, é preciso visualizar a saída no formato JSON. Para visualizar a saída no formato JSON, anexe o --format=JSON ao comando gcloud. Para mais informações sobre a formatação de saída, consulte gcloud topic formats.

A seguir