Traduzir documentos

A edição Advanced do Cloud Translation oferece uma API Translation para tradução direta de documentos em formatos como PDF e DOCX. Em comparação com traduções de texto simples, a Document Translation preserva a formatação e o layout originais nos documentos traduzidos, ajudando você a reter grande parte do contexto original, como quebras de parágrafo.

As seções a seguir descrevem como traduzir documentos e usar a Document Translation com outros recursos da edição Advanced do Cloud Translation, como glossários e modelos do AutoML Translation. A Document Translation é compatível com solicitações de tradução on-line e em lote.

Formatos de arquivo compatíveis

A Document Translation é compatível com os seguintes tipos de arquivo de entrada e os tipos de arquivo de saída associados.

Entradas Tipo de documento MIME Saída
DOCX application/vnd.openxmlformats-officedocument.wordprocessingml.document DOCX
PDF* application/pdf PDF e DOCX
PPTX application/vnd.openxmlformats-officedocument.presentationml.presentation PPTX
XLSX application/vnd.openxmlformats-officedocument.spreadsheetml.sheet XLSX

*A Document Translation é compatível com documentos PDF nativos e digitalizados com algumas diferenças. Para lidar com o formato, use arquivos PDF nativos sempre que possível. A tradução de arquivos PDF digitalizados resulta em perda de formatação. Layouts complexos em PDF também podem resultar em alguma perda de formatação, o que pode incluir tabelas de dados, layouts de várias colunas e gráficos com rótulos ou legendas.

Se você tiver conteúdo PDF no formato DOCX ou PPTX, recomendamos que você traduza o conteúdo usando esses formatos antes de convertê-los em PDFs. Em geral, a Document Translation preserva o layout e o estilo de um arquivo DOCX e PPTX melhor do que arquivos PDF. Após a tradução de um documento, será possível converter os resultados em arquivos PDF.

Traduções de documentos nativas e digitalizadas em PDF

A Document Translation é compatível com arquivos PDF nativos e digitalizados, incluindo traduções para ou de idiomas da direita para a esquerda. A compatibilidade com a conversão de PDF para DOCX está disponível apenas para traduções de documentos em lote em arquivos PDF nativos. Além disso, a Document Translation preserva hiperlinks, tamanhos e cores de fonte e estilo de fonte somente para arquivos PDF nativos (para traduções síncronas e em lote).

Antes de começar

Antes de começar a usar a API Cloud Translation, é preciso ter um projeto que tenha a API Cloud Translation ativada e uma chave privada com as credenciais apropriadas. Também é possível instalar bibliotecas de cliente para linguagens de programação comuns para ajudar você a fazer chamadas para a API. Para ver mais informações, consulte a página Configuração.

Permissões necessárias

Para solicitações que exigem acesso ao Cloud Storage, como a tradução de documentos em lote, é necessário ter permissões do Cloud Storage para ler arquivos de entrada ou enviar arquivos de saída para um bucket. Por exemplo, para ler arquivos de entrada de um bucket, é preciso ter no mínimo permissões de leitura de objetos, fornecidas pelo papel roles/storage.objectViewer, no bucket. Para mais informações sobre esses papéis, consulte a documentação do Cloud Storage

Traduzir documentos (on-line)

A tradução on-line fornece processamento em tempo real (processamento síncrono) de um único arquivo. Para PDFs, o tamanho do arquivo pode ser de até 20 MB e até 20 páginas. Para outros tipos de documento, os tamanhos dos arquivos podem ser de até 20 MB, sem limites de página.

Traduzir um documento do Cloud Storage

O exemplo a seguir converte um arquivo de um bucket do Cloud Storage e gera o resultado em um bucket do Cloud Storage. A resposta também retorna um fluxo de bytes. É possível especificar o tipo MIME. Caso contrário, a Document Translation determina a extensão usando a extensão do arquivo de entrada.

Observação: se você não especificar um código de idioma de origem, a Document Translation detectará o idioma para você. O idioma detectado está incluído na saída do campo detectedLanguageCode.

REST e LINHA DE CMD

Antes de usar os dados da solicitação abaixo, faça estas substituições:

  • PROJECT_NUMBER_OR_ID: pelo número ou ID do seu projeto do Google Cloud
  • LOCATION: região em que você quer executar a operação. Por exemplo, us-central1.
  • SOURCE_LANGUAGE: (opcional) o código do idioma do documento de entrada. Se possível, defina um dos códigos de idioma listados em Suporte a idiomas.
  • TARGET_LANGUAGE: o idioma de chegada para o qual traduzir o documento de entrada. Defina como um dos códigos de idioma listados em Suporte a idiomas.
  • INPUT_FILE_PATH: o local do Cloud Storage e o nome do arquivo do documento de entrada.
  • OUTPUT_FILE_PREFIX: o local do Cloud Storage em que o documento de saída será armazenado.

Método HTTP e URL:

POST https://translation.googleapis.com/v3/projects/PROJECT_NUMBER_OR_ID/locations/LOCATION:translateDocument

Corpo JSON da solicitação:

{
  "source_language_code": "SOURCE_LANGUAGE",
  "target_language_code": "TARGET_LANGUAGE",
  "document_input_config": {
    "gcsSource": {
      "inputUri": "gs://INPUT_FILE_PATH"
    }
  },
  "document_output_config": {
    "gcsDestination": {
      "outputUriPrefix": "gs://OUTPUT_FILE_PREFIX"
    }
  }
}

Para enviar a solicitação, expanda uma destas opções:

Você receberá uma resposta JSON semelhante a esta:

{
  "documentTranslation": {
    "byteStreamOutputs": ["BYTE_STREAM"],
    "mimeType": "MIME_TYPE"
  },
  "model": "projects/PROJECT_NUMBER/locations/LOCATION/models/general/nmt"
}

Node.js

Antes de testar esta amostra, siga as instruções de configuração para Node.js no Guia de início rápido do Translation: como usar bibliotecas de cliente. Saiba mais na documentação de referência da API Translation para Node.js.

/**
 * TODO(developer): Uncomment these variables before running the sample.
 */
// const projectId = 'YOUR_PROJECT_ID';
// const location = 'global';
// const inputUri = 'path_to_your_file';

// Imports the Google Cloud Translation library
const {TranslationServiceClient} = require('@google-cloud/translate').v3beta1;

// Instantiates a client
const translationClient = new TranslationServiceClient();

const documentInputConfig = {
  gcsSource: {
    inputUri: inputUri,
  },
};

async function translateDocument() {
  // Construct request
  const request = {
    parent: translationClient.locationPath(projectId, location),
    documentInputConfig: documentInputConfig,
    sourceLanguageCode: 'en-US',
    targetLanguageCode: 'sr-Latn',
  };

  // Run request
  const [response] = await translationClient.translateDocument(request);

  console.log(
    `Response: Mime Type - ${response.documentTranslation.mimeType}`
  );
}

translateDocument();

Traduzir um documento in-line

O exemplo a seguir envia um documento in-line como parte da solicitação. É necessário incluir o tipo MIME para traduções de documentos in-line.

Se você não especificar um código de idioma de origem, a Document Translation detectará o idioma para você. O idioma detectado está incluído na saída do campo detectedLanguageCode.

REST e LINHA DE CMD

Antes de usar os dados da solicitação abaixo, faça estas substituições:

  • PROJECT_NUMBER_OR_ID: pelo número ou ID do seu projeto do Google Cloud
  • LOCATION: região em que você quer executar a operação. Por exemplo, us-central1.
  • SOURCE_LANGUAGE: (opcional) o código do idioma do documento de entrada. Se possível, defina um dos códigos de idioma listados em Suporte a idiomas.
  • TARGET_LANGUAGE: o idioma de chegada para o qual traduzir o documento de entrada. Defina como um dos códigos de idioma listados em Suporte a idiomas.
  • MIME_TYPE: o formato do documento de origem, como application/pdf.
  • INPUT_BYTE_STREAM: o conteúdo do documento de entrada representado como um stream de bytes.
  • OUTPUT_FILE_PREFIX: o local do Cloud Storage em que o documento de saída será armazenado.

Método HTTP e URL:

POST https://translation.googleapis.com/v3/projects/PROJECT_NUMBER_OR_ID/locations/LOCATION:translateDocument

Corpo JSON da solicitação:

{
  "source_language_code": "SOURCE_LANGUAGE",
  "target_language_code": "TARGET_LANGUAGE",
  "document_input_config": {
    "mimeType": "MIME_TYPE",
    "content": "INPUT_BYTE_STREAM"
  },
  "document_output_config": {
    "gcsDestination": {
      "outputUriPrefix": "gs://OUTPUT_FILE_PREFIX"
    }
  }
}

Para enviar a solicitação, expanda uma destas opções:

Você receberá uma resposta JSON semelhante a esta:

{
  "documentTranslation": {
    "byteStreamOutputs": ["BYTE_STREAM"],
    "mimeType": "MIME_TYPE"
  },
  "model": "projects/PROJECT_NUMBER/locations/LOCATION/models/general/nmt"
}

Python

Antes de testar esta amostra, siga as instruções de configuração para Python no Guia de início rápido do Translation: como usar bibliotecas de cliente. Saiba mais na documentação de referência da API Translation para Python.

from google.cloud import translate_v3beta1 as translate

def translate_document(project_id: str, file_path: str):

    client = translate.TranslationServiceClient()

    location = "us-central1"

    parent = f"projects/{project_id}/locations/{location}"

    # Supported file types: https://cloud.google.com/translate/docs/supported-formats
    with open(file_path, "rb") as document:
        document_content = document.read()

    document_input_config = {
        "content": document_content,
        "mime_type": "application/pdf",
    }

    response = client.translate_document(
        request={
            "parent": parent,
            "target_language_code": "fr-FR",
            "document_input_config": document_input_config,
        }
    )

    # To view translated document, write `response.document_translation.byte_stream_outputs` to file.
    # If not provided in the TranslationRequest, the translated file will only be returned through a byte-stream
    # and its output mime type will be the same as the input file's mime type
    print("Response: Detected Language Code - {}".format(response.document_translation.detected_language_code))

Usar um modelo ou um glossário do AutoML

Em vez do modelo gerenciado pelo Google, é possível usar seus modelos do AutoML Translation para traduzir documentos. Além de especificar um modelo, também é possível incluir um glossário para lidar com a terminologia específica do domínio. Se você especificar um modelo ou um glossário, precisará especificar o idioma de origem. No exemplo a seguir, usamos um modelo do AutoML e um glossário. Se o modelo ou o glossário estiver em um projeto diferente, será preciso ter a permissão correspondente do IAM para acessar esses recursos.

REST e LINHA DE CMD

Antes de usar os dados da solicitação abaixo, faça estas substituições:

  • PROJECT_NUMBER_OR_ID: pelo número ou ID do seu projeto do Google Cloud.
  • LOCATION: região em que você quer executar essa operação, como us-central1. O local precisa corresponder à região em que seu modelo e/ou glossário estão localizados.
  • SOURCE_LANGUAGE: o código do idioma do documento de entrada. Defina como um dos códigos de idioma listados em Suporte a idiomas.
  • TARGET_LANGUAGE: o idioma de chegada para o qual traduzir o documento de entrada. Defina como um dos códigos de idioma listados em Suporte a idiomas.
  • INPUT_FILE_PATH: o local do Cloud Storage e o nome do arquivo do documento de entrada.
  • OUTPUT_FILE_PREFIX: o local do Cloud Storage em que o documento de saída será armazenado.
  • MODEL_PROJECT_ID: o ID do projeto em que o modelo está localizado.
  • MODEL_LOCATION: a região em que o modelo está localizado.
  • MODEL_ID: o ID do modelo a ser usado.
  • GLOSSARY_PROJECT_ID: o ID do projeto em que o glossário está localizado.
  • GLOSSARY_LOCATION: a região em que o glossário está localizado.
  • GLOSSARY_ID: o ID do glossário a ser usado.

Método HTTP e URL:

POST https://translation.googleapis.com/v3/projects/PROJECT_NUMBER_OR_ID/locations/LOCATION:translateDocument

Corpo JSON da solicitação:

{
  "source_language_code": "SOURCE_LANGUAGE",
  "target_language_code": "TARGET_LANGUAGE",
  "document_input_config": {
    "gcsSource": {
      "inputUri": "gs://INPUT_FILE_PATH"
    }
  },
  "document_output_config": {
    "gcsDestination": {
      "outputUriPrefix": "gs://OUTPUT_FILE_PREFIX"
    }
  },
  "model": "projects/MODEL_PROJECT_ID/locations/MODEL_LOCATION/models/MODEL_ID",
  "glossary_config": {
    "glossary": "projects/GLOSSARY_PROJECT_ID/locations/MODEL_LOCATION/glossaries/GLOSSARY_ID"
  }
}

Para enviar a solicitação, expanda uma destas opções:

Você receberá uma resposta JSON semelhante a esta:

{
  "documentTranslation": {
    "byteStreamOutputs": ["BYTE_STREAM"],
    "mimeType": "MIME_TYPE"
  },
  "glossary_document_translation": {
    "byteStreamOutputs": ["BYTE_STREAM_USING_GLOSSARY"],
    "mimeType": "MIME_TYPE"
  },
  "model": "projects/MODEL_PROJECT_ID/locations/MODEL_LOCATION/models/MODEL_ID",
  "glossaryConfig": {
    "glossary": "projects/GLOSSARY_PROJECT_ID/locations/MODEL_LOCATION/glossaries/GLOSSARY_ID"
  }
}

Traduzir documentos (lote)

A tradução em lote permite que você traduza vários arquivos em vários idiomas em uma única solicitação. Para cada solicitação, é possível enviar até 100 arquivos com tamanho de conteúdo total de até 1 GB ou 100 milhões de pontos de código Unicode, o limite que for atingido primeiro. É possível especificar um modelo de tradução específico para cada idioma.

Traduzir vários documentos

O exemplo a seguir inclui várias configurações de entrada. Cada configuração de entrada é um ponteiro para um arquivo em um bucket do Cloud Storage.

REST e LINHA DE CMD

Antes de usar os dados da solicitação abaixo, faça estas substituições:

  • PROJECT_NUMBER_OR_ID: pelo número ou ID do seu projeto do Google Cloud.
  • LOCATION: região em que você quer executar a operação. Por exemplo, us-central1.
  • SOURCE_LANGUAGE: o código do idioma dos documentos de entrada. Defina como um dos códigos de idioma listados em Suporte a idiomas.
  • TARGET_LANGUAGE: os idiomas de chegada para os quais os documentos de entrada serão traduzidos. Use os IDs de idioma listados em Suporte a idiomas.
  • INPUT_FILE_PATH: o local do Cloud Storage e o nome do arquivo de um ou mais documentos de entrada.
  • OUTPUT_FILE_PREFIX: o local do Cloud Storage em que todos os documentos de saída são armazenados.

Método HTTP e URL:

POST https://translation.googleapis.com/v3/projects/PROJECT_NUMBER_OR_ID/locations/LOCATION:batchTranslateDocument

Corpo JSON da solicitação:

{
  "source_language_code": "SOURCE_LANGUAGE",
  "target_language_codes": ["TARGET_LANGUAGE", ...],
  "input_configs": [
    {
      "gcsSource": {
        "inputUri": "gs://INPUT_FILE_PATH_1"
      }
    },
    {
      "gcsSource": {
        "inputUri": "gs://INPUT_FILE_PATH_2"
      }
    },
    ...
  ],
  "output_config": {
    "gcsDestination": {
      "outputUriPrefix": "gs://OUTPUT_FILE_PREFIX"
    }
  }
}

Para enviar a solicitação, expanda uma destas opções:

A resposta contém o ID de uma [operação de longa duração](/translate/docs/advanced/long-running-operation).
{
  "name": "projects/PROJECT_NUMBER/locations/LOCATION/operations/OPERATION_ID",
  "metadata": {
    "@type": "type.googleapis.com/google.cloud.translation.v3.BatchTranslateDocumentMetadata",
    "state": "RUNNING"
  }
}

Node.js

Antes de testar esta amostra, siga as instruções de configuração para Node.js no Guia de início rápido do Translation: como usar bibliotecas de cliente. Saiba mais na documentação de referência da API Translation para Node.js.

/**
 * TODO(developer): Uncomment these variables before running the sample.
 */
// const projectId = 'YOUR_PROJECT_ID';
// const location = 'us-central1';
// const inputUri = 'path_to_your_files';
// const outputUri = 'path_to_your_output_bucket';

// Imports the Google Cloud Translation library
const {TranslationServiceClient} = require('@google-cloud/translate').v3beta1;

// Instantiates a client
const translationClient = new TranslationServiceClient();

const documentInputConfig = {
  gcsSource: {
    inputUri: inputUri,
  },
};

async function batchTranslateDocument() {
  // Construct request
  const request = {
    parent: translationClient.locationPath(projectId, location),
    documentInputConfig: documentInputConfig,
    sourceLanguageCode: 'en-US',
    targetLanguageCodes: ['sr-Latn'],
    inputConfigs: [
      {
        gcsSource: {
          inputUri: inputUri,
        },
      },
    ],
    outputConfig: {
      gcsDestination: {
        outputUriPrefix: outputUri,
      },
    },
  };

  // Batch translate documents using a long-running operation.
  // You can wait for now, or get results later.
  const [operation] = await translationClient.batchTranslateDocument(request);

  // Wait for operation to complete.
  const [response] = await operation.promise();

  console.log(`Total Pages: ${response.totalPages}`);
}

batchTranslateDocument();

Python

Antes de testar esta amostra, siga as instruções de configuração para Python no Guia de início rápido do Translation: como usar bibliotecas de cliente. Saiba mais na documentação de referência da API Translation para Python.


from google.cloud import translate_v3beta1 as translate

def batch_translate_document(
    input_uri: str,
    output_uri: str,
    project_id: str,
    timeout=180,
):

    client = translate.TranslationServiceClient()

    # The ``global`` location is not supported for batch translation
    location = "us-central1"

    # Google Cloud Storage location for the source input. This can be a single file
    # (for example, ``gs://translation-test/input.docx``) or a wildcard
    # (for example, ``gs://translation-test/*``).
    # Supported file types: https://cloud.google.com/translate/docs/supported-formats
    gcs_source = {"input_uri": input_uri}

    batch_document_input_configs = {
        "gcs_source": gcs_source,
    }
    gcs_destination = {"output_uri_prefix": output_uri}
    batch_document_output_config = {"gcs_destination": gcs_destination}
    parent = f"projects/{project_id}/locations/{location}"

    # Supported language codes: https://cloud.google.com/translate/docs/language
    operation = client.batch_translate_document(
        request={
            "parent": parent,
            "source_language_code": "en-US",
            "target_language_codes": ["fr-FR"],
            "input_configs": [batch_document_input_configs],
            "output_config": batch_document_output_config,
        }
    )

    print("Waiting for operation to complete...")
    response = operation.result(timeout)

    print("Total Pages: {}".format(response.total_pages))

Traduzir e converter um arquivo PDF nativo

O exemplo a seguir traduz e converte um arquivo PDF nativo em um arquivo DOCX. Você pode especificar várias entradas de vários tipos de arquivo. Nem todos precisam ser arquivos PDF nativos. No entanto, os arquivos PDF digitalizados não podem ser incluídos ao incluir uma conversão: a solicitação será rejeitada, e nenhuma tradução será feita. Somente arquivos PDFs nativos são traduzidos e convertidos em arquivos DOCX. Por exemplo, se você incluir arquivos PPTX, eles serão traduzidos e retornados como arquivos PPTX.

Se você traduz regularmente uma combinação de arquivos PDF nativos e digitalizados, recomendamos organizá-los em buckets separados do Cloud Storage. Dessa forma, ao solicitar uma conversão e uma tradução em lote, é possível excluir facilmente o bucket que contém arquivos PDF digitalizados em vez de excluir arquivos individuais.

REST e LINHA DE CMD

Antes de usar os dados da solicitação abaixo, faça estas substituições:

  • PROJECT_NUMBER_OR_ID: pelo número ou ID do seu projeto do Google Cloud.
  • LOCATION: região em que você quer executar a operação. Por exemplo, us-central1.
  • SOURCE_LANGUAGE: o código do idioma dos documentos de entrada. Defina como um dos códigos de idioma listados em Suporte a idiomas.
  • TARGET_LANGUAGE: os idiomas de chegada para os quais os documentos de entrada serão traduzidos. Use os IDs de idioma listados em Suporte a idiomas.
  • INPUT_FILE_PATH: o local do Cloud Storage e o nome de um ou mais arquivos PDF nativos.
  • OUTPUT_FILE_PREFIX: o local do Cloud Storage em que todos os documentos de saída são armazenados.

Método HTTP e URL:

POST https://translation.googleapis.com/v3/projects/PROJECT_NUMBER_OR_ID/locations/LOCATION:batchTranslateDocument

Corpo JSON da solicitação:

{
  "source_language_code": "SOURCE_LANGUAGE",
  "target_language_codes": ["TARGET_LANGUAGE", ...],
  "input_configs": [
    {
      "gcsSource": {
        "inputUri": "gs://INPUT_FILE_PATH_1"
      }
    },
    {
      "gcsSource": {
        "inputUri": "gs://INPUT_FILE_PATH_2"
      }
    },
    ...
  ],
  "output_config": {
    "gcsDestination": {
      "outputUriPrefix": "gs://OUTPUT_FILE_PREFIX"
    }
  },
  "format_conversions": {
    "application/pdf": "application/vnd.openxmlformats-officedocument.wordprocessingml.document"
  }
}

Para enviar a solicitação, expanda uma destas opções:

A resposta contém o ID de uma [operação de longa duração](/translate/docs/advanced/long-running-operation).
{
  "name": "projects/PROJECT_NUMBER/locations/LOCATION/operations/OPERATION_ID",
  "metadata": {
    "@type": "type.googleapis.com/google.cloud.translation.v3.BatchTranslateDocumentMetadata",
    "state": "RUNNING"
  }
}

Usar um modelo ou um glossário do AutoML

Em vez do modelo gerenciado pelo Google, é possível usar seus modelos do AutoML Translation para traduzir documentos. Além de especificar um modelo, também é possível incluir um glossário para lidar com a terminologia específica do domínio. Se você especificar um modelo ou um glossário, precisará especificar o idioma de origem. No exemplo a seguir, usamos um modelo do AutoML e um glossário. É possível especificar até 10 idiomas de chegada com os próprios modelos e glossário deles.

Se você especificar um modelo para alguns idiomas de chegada e não para outros, a Document Translation usará o modelo gerenciado pelo Google para os idiomas não especificados. Da mesma forma, se você especificar um glossário para alguns idiomas de destino, a Document Translation não usará nenhum glossário para os idiomas não especificados.

REST e LINHA DE CMD

Antes de usar os dados da solicitação abaixo, faça estas substituições:

  • PROJECT_NUMBER_OR_ID: pelo número ou ID do seu projeto do Google Cloud.
  • LOCATION: região em que você quer executar essa operação, como us-central1. O local precisa corresponder à região em que seu modelo e/ou glossário estão localizados.
  • SOURCE_LANGUAGE: o código do idioma dos documentos de entrada. Defina como um dos códigos de idioma listados em Suporte a idiomas.
  • TARGET_LANGUAGE: os idiomas de chegada para os quais os documentos de entrada serão traduzidos. Use os IDs de idioma listados em Suporte a idiomas.
  • INPUT_FILE_PATH: o local do Cloud Storage e o nome do arquivo de um ou mais documentos de entrada.
  • OUTPUT_FILE_PREFIX: o local do Cloud Storage em que todos os documentos de saída são armazenados.
  • MODEL_PROJECT_ID: o ID do projeto em que o modelo está localizado.
  • MODEL_LOCATION: a região em que o modelo está localizado.
  • MODEL_ID: o ID do modelo a ser usado.
  • GLOSSARY_PROJECT_ID: o ID do projeto em que o glossário está localizado.
  • GLOSSARY_LOCATION: a região em que o glossário está localizado.
  • GLOSSARY_ID: o ID do glossário a ser usado.

Método HTTP e URL:

POST https://translation.googleapis.com/v3/projects/PROJECT_NUMBER_OR_ID/locations/LOCATION:translateDocument

Corpo JSON da solicitação:

{
  "source_language_code": "SOURCE_LANGUAGE",
  "target_language_codes": "[TARGET_LANGUAGE, ...]",
  "input_configs": [
    {
      "gcsSource": {
        "inputUri": "gs://INPUT_FILE_PATH"
      }
    }
  ],
  "output_config": {
    "gcsDestination": {
      "outputUriPrefix": "gs://OUTPUT_FILE_PREFIX"
    }
  },
  "models": {
    "TARGET_LANGUAGE": "projects/MODEL_PROJECT_ID/locations/MODEL_LOCATION/models/MODEL_ID",
    ...
  },
  "glossaries": {
    "TARGET_LANGUAGE": {
      "glossary": "projects/GLOSSARY_PROJECT_ID/locations/MODEL_LOCATION/glossaries/GLOSSARY_ID"
    },
    ...
  }
}

Para enviar a solicitação, expanda uma destas opções:

A resposta contém o ID de uma [operação de longa duração](/translate/docs/advanced/long-running-operation).
{
  "name": "projects/PROJECT_NUMBER/locations/LOCATION/operations/OPERATION_ID",
  "metadata": {
    "@type": "type.googleapis.com/google.cloud.translation.v3.BatchTranslateDocumentMetadata",
    "state": "RUNNING"
  }
}

A seguir

  • O preço do Document Translation é determinado por página. Para saber mais informações, consulte Preços.