Início rápido

Nesta página, mostramos como realizar operações básicas para um projeto que está usando o Stackdriver Trace.

O Trace é ativado automaticamente para todos os aplicativos em execução no ambiente padrão do App Engine. Para aplicativos em execução em uma VM ou em um contêiner, incluindo instâncias de VM do ambiente flexível do Compute Engine e do App Engine e contêineres no Google Kubernetes Engine, consulte a página Como configurar o Stackdriver Trace para ver detalhes sobre como instrumentar seu aplicativo em vários ambientes e idiomas.

Antes de começar

  1. Faça login na sua Conta do Google.

    Se você ainda não tiver uma, inscreva-se.

  2. Selecione ou crie um projeto do Google Cloud Platform.

    Acessar a página Gerenciar recursos

  3. Verifique se o faturamento foi ativado no projeto do Google Cloud Platform.

    Saiba como ativar o faturamento

Consultar a visão geral do trace

A visão geral do trace é a visualização padrão no Trace. Nesta página, são exibidos dados de latência e informações de resumo, como o número de períodos de trace ingeridos no mês atual e no mês anterior.

Acesse o Stackdriver > Trace:

Acessar a visão geral do trace

Encontrar um trace

Acesse a página Lista de traces para ver uma lista de solicitações recentes do seu aplicativo.

A lista de traces permite que você navegue e filtre todos os traces associados por URI, módulo, versão, período e outros parâmetros. Você pode usar a lista de traces para encontrar detalhes sobre o que quer visualizar:

Lista do Stackdriver Trace

Visualizar detalhes do trace

Clique no URI de qualquer trace exibido na lista. Os detalhes do trace aparecem no Console do Google Cloud Platform.

A visualização detalhada mostra um resumo dos detalhes sobre a solicitação, uma linha de tempo gráfica que mostra a extensão da raiz para a solicitação de ponta a ponta e subextensões para qualquer chamada de RPC e uma visão detalhada dos dados de latência coletados para as extensões:

Detalhes do Stackdriver Trace

Criar um relatório de análise

Um relatório de análise mostra uma visão geral da latência de um conjunto de solicitações para seu aplicativo.

Para criar um relatório de análise, faça o seguinte:

  1. No painel de navegação no lado esquerdo, clique em Relatórios de análise. Se você tiver algum relatório, ele será listado:

    Detalhes do Stackdriver Trace

  2. Na parte superior da página de relatórios de análise, clique em Novo relatório.

  3. Para incluir todas as solicitações no relatório, insira o nome do período raiz no campo Filtro da solicitação. Na figura anterior, o nome do período raiz é /. Também é possível inserir termos de filtro nesse campo para selecionar um subconjunto de traces do relatório de análise. Consulte os relatórios de análise para ver mais informações.

  4. Aceite o restante das configurações padrão para o relatório. Para o intervalo de tempo, o padrão é a hora anterior a quando o relatório foi criado.

  5. Clique em Enviar para criar o relatório. O novo relatório aparece na lista de relatórios de análise.

Visualizar um relatório de análise

Para visualizar um relatório de análise, clique no nome do relatório na lista descrita acima:

Relatório de análise do Stackdriver Trace

  • Para exibir a distribuição de solicitações ao longo de um eixo logarítmico de tempos médios de latência, clique no botão Distribuição de densidade, que fica na extremidade direita do painel.

  • Para visualizar a porcentagem de solicitações ao longo de um eixo logarítmico de tempos médios de latência, clique no botão Distribuição cumulativa.

O painel Latência abaixo do gráfico mostra os tempos médios de latência por porcentagem com links para traces. Para visualizar detalhes de trace de amostras representativas de solicitações em diferentes percentis, clique em um número na coluna Traces de amostra.

O Trace tenta identificar gargalos de desempenho e informá-los a você em um painel Gargalos. Para visualizar detalhes de trace para amostras representativas de solicitações em que os gargalos reportados foram detectados, clique em um número na coluna Traces de amostra.

O que vem a seguir

Esta página foi útil? Conte sua opinião sobre:

Enviar comentários sobre…

Documentação do Stackdriver Trace