Como treinar o DLRM no Cloud TPU usando PyTorch

Neste tutorial, mostramos como treinar o Facebook Research DLRM em um Cloud TPU.

Objetivos

  • Crie e configure o ambiente PyTorch
  • Executar o job de treinamento com dados falsos
  • (Opcional) Treinar no conjunto de dados do Criteo Kaggle

Custos

Neste tutorial, usamos os seguintes componentes faturáveis do Google Cloud:

  • Compute Engine
  • Cloud TPU

Para gerar uma estimativa de custo baseada na projeção de uso deste tutorial, use a calculadora de preços. Novos usuários do Google Cloud podem estar qualificados para uma avaliação gratuita.

Antes de começar

Antes de começar o tutorial, verifique se o projeto do Google Cloud foi configurado corretamente.

  1. Faça login na sua conta do Google Cloud. Se você começou a usar o Google Cloud agora, crie uma conta para avaliar o desempenho de nossos produtos em situações reais. Clientes novos também recebem US$ 300 em créditos para executar, testar e implantar cargas de trabalho.
  2. No console do Google Cloud, na página do seletor de projetos, selecione ou crie um projeto do Google Cloud.

    Acessar o seletor de projetos

  3. Verifique se o faturamento está ativado para seu projeto na nuvem. Saiba como verificar se o faturamento está ativado em um projeto.

  4. No console do Google Cloud, na página do seletor de projetos, selecione ou crie um projeto do Google Cloud.

    Acessar o seletor de projetos

  5. Verifique se o faturamento está ativado para seu projeto na nuvem. Saiba como verificar se o faturamento está ativado em um projeto.

  6. Este tutorial usa componentes faturáveis do Google Cloud. Consulte a página de preços da Cloud TPU para fazer uma estimativa dos custos. Para evitar cobranças desnecessárias, não se esqueça de apagar os recursos criados ao terminar de usá-los.

Configurar uma instância do Compute Engine

  1. Abra uma janela do Cloud Shell.

    Abra o Cloud Shell

  2. Crie uma variável para o ID do seu projeto.

    export PROJECT_ID=project-id
    
  3. Configure a CLI do Google Cloud para usar o projeto em que você quer criar a Cloud TPU.

    gcloud config set project ${PROJECT_ID}
    

    Na primeira vez que você executar esse comando em uma nova VM do Cloud Shell, será exibida uma página Authorize Cloud Shell. Clique em Authorize na parte inferior da página para permitir que gcloud faça chamadas de API do GCP com suas credenciais.

  4. No Cloud Shell, inicie o recurso do Compute Engine necessário para este tutorial. Observação: use um n1-highmem-96 machine-type se estiver treinando no conjunto de dados do Criteo Kaggle.

    gcloud compute instances create dlrm-tutorial \
    --zone=us-central1-a \
    --machine-type=n1-standard-64 \
    --image-family=torch-xla \
    --image-project=ml-images  \
    --boot-disk-size=200GB \
    --scopes=https://www.googleapis.com/auth/cloud-platform
    
  5. Conecte-se à nova instância do Compute Engine.

    gcloud compute ssh dlrm-tutorial --zone=us-central1-a
    

Iniciar um recurso da Cloud TPU

  1. Inicie um recurso do Cloud TPU na máquina virtual do Compute Engine, usando o seguinte comando:

    (vm) $ gcloud compute tpus create dlrm-tutorial \
    --zone=us-central1-a \
    --network=default \
    --version=pytorch-1.11  \
    --accelerator-type=v3-8
    
  2. Identifique o endereço IP do recurso do Cloud TPU.

    (vm) $ gcloud compute tpus describe dlrm-tutorial --zone=us-central1-a
    

Crie e configure o ambiente PyTorch

  1. Inicie um ambiente conda.

    (vm) $ conda activate torch-xla-1.11
    
  2. Configure variáveis de ambiente para o recurso Cloud TPU.

    (vm) $ export TPU_IP_ADDRESS=ip-address
    
    (vm) $ export XRT_TPU_CONFIG="tpu_worker;0;$TPU_IP_ADDRESS:8470"
    

Executar o job de treinamento com dados falsos

  1. Instale as dependências.

    (vm) $ pip install onnx
    
  2. Executar o modelo em dados aleatórios. Esse processo leva de 5 a 10 minutos.

    (vm) $ python /usr/share/torch-xla-1.11/tpu-examples/deps/dlrm/dlrm_tpu_runner.py \
        --arch-embedding-size=1000000-1000000-1000000-1000000-1000000-1000000-1000000-1000000 \
        --arch-sparse-feature-size=64 \
        --arch-mlp-bot=512-512-64 \
        --arch-mlp-top=1024-1024-1024-1 \
        --arch-interaction-op=dot \
        --lr-num-warmup-steps=10 \
        --lr-decay-start-step=10 \
        --mini-batch-size=2048 \
        --num-batches=1000 \
        --data-generation='random' \
        --numpy-rand-seed=727 \
        --print-time \
        --print-freq=100 \
        --num-indices-per-lookup=100 \
        --use-tpu \
        --num-workers 7 \
        --num-indices-per-lookup-fixed \
        --tpu-model-parallel-group-len=8 \
        --tpu-metrics-debug \
        --tpu-cores=8
    

(Opcional) Treinar no conjunto de dados do Criteo Kaggle

Essas etapas são opcionais. Execute-as somente se quiser treinar no conjunto de dados do Criteo Kaggle.

  1. Faça o download do conjunto de dados.

    Faça o download do conjunto de dados do Criteo Kaggle seguindo estas instruções. Quando o download for concluído, copie o arquivo dac.tar.gz em um diretório chamado ./criteo-kaggle/. Use o comando tar -xzvf para extrair o conteúdo do arquivo tar.gz no diretório ./critero-kaggle.

     (vm) $ mkdir criteo-kaggle
     (vm) $ cd criteo-kaggle
     (vm) $ # Download dataset from above link here.
     (vm) $ tar -xzvf dac.tar.gz
     (vm) $ cd ..
    
  2. Pré-processar o conjunto de dados.

    Inicie esse script para pré-processar o conjunto de dados Criteo. Esse script produz um arquivo chamado kaggleAdDisplayChallenge_processed.npz e leva mais de três horas para pré-processar o conjunto de dados.

    (vm) $ python /usr/share/torch-xla-1.11/tpu-examples/deps/dlrm/dlrm_data_pytorch.py \
        --data-generation=dataset \
        --data-set=kaggle \
        --raw-data-file=criteo-kaggle/train.txt \
        --mini-batch-size=128 \
        --memory-map \
        --test-mini-batch-size=16384 \
        --test-num-workers=4
    
  3. Verifique se o pré-processamento foi bem-sucedido.

    Você verá o arquivo kaggleAdDisplayChallenge_processed.npz no diretório criteo-kaggle.

  4. Execute o script de treinamento no conjunto de dados pré-processado do Kaggle.

    (vm) $ python /usr/share/torch-xla-1.11/tpu-examples/deps/dlrm/dlrm_tpu_runner.py \
        --arch-sparse-feature-size=16 \
        --arch-mlp-bot="13-512-256-64-16" \
        --arch-mlp-top="512-256-1" \
        --data-generation=dataset \
        --data-set=kaggle \
        --raw-data-file=criteo-kaggle/train.txt \
        --processed-data-file=criteo-kaggle/kaggleAdDisplayChallenge_processed.npz \
        --loss-function=bce \
        --round-targets=True \
        --learning-rate=0.1 \
        --mini-batch-size=128 \
        --print-freq=1024 \
        --print-time \
        --test-mini-batch-size=16384 \
        --test-num-workers=4 \
        --memory-map \
        --test-freq=101376 \
        --use-tpu \
        --num-indices-per-lookup=1 \
        --num-indices-per-lookup-fixed \
        --tpu-model-parallel-group-len 8 \
        --tpu-metrics-debug \
        --tpu-cores=8
    

    O treinamento levará mais de duas horas para ser concluído, com a precisão de mais de 78,75%.

Limpar

Execute uma limpeza para evitar cobranças desnecessárias na sua conta depois de usar os recursos criados:

  1. Desconecte-se da instância do Compute Engine, caso ainda não tenha feito isso:

    (vm) $ exit
    

    Agora, o prompt precisa ser user@projectname, mostrando que você está no Cloud Shell.

  2. No Cloud Shell, use a CLI do Google Cloud para excluir a instância do Compute Engine:

    $ gcloud compute instances delete dlrm-tutorial --zone=us-central1-a
    
  3. Use a CLI do Google Cloud para excluir o recurso da Cloud TPU.

    $ gcloud compute tpus delete dlrm-tutorial --zone=us-central1-a
    

A seguir

Teste as colabs do PyTorch: