Como gerenciar backups de instâncias

Nesta página, descrevemos como usar o Cloud Tools for PowerShell para gerenciar backups de dados. Supondo que você tenha ativado backups automáticos nas configurações de uma instância, é possível usar o Cloud Tools for PowerShell para fazer backups periódicos e automáticos de dados na forma de uma execução de backup. Observe que isso não é o mesmo que a replicação de dados. Em caso de corrupção do banco de dados, ele pode ser restaurado para um backup e qualquer backup afetado pode ser excluído.

Como reverter para um backup

O backup de uma instância pode ser restaurado a fim de reverter os dados para um conjunto anterior. Isso é útil caso algo dê errado durante o processo de envio de dados. A restauração será propagada automaticamente a quaisquer réplicas da instância.

O snippet de código abaixo restaura o backup mais recente da instância gootoso:

# Restore to the last backup run
$backup = Get-GcSqlInstanceBackup "gootoso" | Select-Object -first 1
Restore-GcSqlInstanceBackup $backup.Id "gootoso"

Para saber mais sobre backups e como fazer a restauração deles, consulte Visão geral dos backups e Visão geral da restauração de uma instância.

Como remover execuções de backup

O Cloud SQL mantém até sete execuções de backup para cada instância. Os backups de instâncias de segunda geração ocupam o espaço de armazenamento normal, mas são cobrados a uma taxa reduzida. Caso um backup específico não seja mais necessário para uma instância, convém excluí-lo.

Para mais informações, consulte Preços.

O snippet a seguir remove a execução de backup com o código 203948 da instância gootoso:

Remove-GcSqlBackupRun "gootoso" 203948

Você pode usar Get-GcSqlBackupRun para listar as execuções de backup. Por exemplo, este snippet lista os backups da instância "gootoso":

Get-GcSqlBackupRun "gootoso"
Esta página foi útil? Conte sua opinião sobre:

Enviar comentários sobre…

Cloud Tools for PowerShell