Dados do Landsat

Landsat é um programa contínuo de missões de satélites de observação da Terra desenvolvido em conjunto pelo USGS e pela NASA (ambos os links em inglês). As missões do Landsat, iniciadas em 1972 com o satélite Landsat 1, fornecem o mais extenso registro contínuo de dados sobre a superfície da Terra captados do espaço. A partir do lançamento do Landsat 4, cada um dos satélites usou instrumentos multiespectrais e térmicos para gerar imagens da superfície terrestre em uma resolução de 30 metros a cada duas semanas.

Essa coleção inclui o arquivo completo do USGS gerado pelos satélites Landsat 4, 5, 7 e 8. Ela inclui o tempo operacional completo, com mais de quatro milhões de cenas únicas ao longo de 35 anos:

  • Landsat 4: 1982 a 1993
  • Landsat 5: 1984 a 2013
  • Landsat 7: 1999 até o presente
  • Landsat 8: 2013 até o presente

Os dados da Landsat definiram o padrão no que refere a dados de observação da Terra devido à extensão da missão e aos dados valiosos fornecidos pelos sensores multiespectrais. Os dados da Landsat são de valor inestimável para a agricultura, geologia, silvicultura, planejamento regional, educação, além do mapeamento e rastreamento de mudanças globais. As imagens da Landsat também são inestimáveis para possibilitar respostas emergenciais e ajuda humanitária em caso de desastres.

Graças à política de dados abertos do USGS e da NASA, esse conjunto de dados está disponível gratuitamente no programa Google Public Cloud Data. Ele pode ser usado por qualquer pessoa como parte do Google Cloud.

Estrutura do conjunto de dados

As imagens do Landsat são processadas no nível 1, o que significa que elas são ortorretificadas e projetadas em mapas que contêm dados calibrados radiometricamente. Consulte a página de produtos de dados padrão nível 1 do Landsat (em inglês), especialmente os manuais de usuários de dados, para mais detalhes.

As imagens são armazenadas no formato de arquivo GeoTIFF(em inglês), e cada faixa espectral é armazenada em um arquivo separado para facilitar o acesso. As imagens são organizadas no Worldwide Reference System (WRS-2) (em inglês), que é uma grade global que divide o mundo em 251 faixas orbitais e 248 linhas. Diferentes satélites Landsat usaram sensores com características um pouco diferentes. Assim, o Cloud Storage organiza os dados por sensor na seguinte estrutura de diretório:

/[SENSOR_ID]/01/[PATH]/[ROW]/[SCENE_ID]/

Os componentes desse caminho são:

  • [SENSOR_ID]: um identificador do satélite e do sensor da câmera específicos;
  • 01: um indicador de que os dados fazem parte da Landsat Collection 1 (em inglês);
  • [PATH]: o número do caminho do WRS;
  • [ROW]: o número da linha do WRS;
  • [SCENE_ID]: o ID de cena único.

Como exemplo, veja a seguir uma imagem da Califórnia gerada pelo Landsat 8:

gs://gcp-public-data-landsat/LC08/01/044/034/LC08_L1GT_044034_20130330_20170310_01_T2/

Acesso ao conjunto de dados

Os dados das imagens podem ser usados facilmente com qualquer software que reconheça arquivos GeoTIFF. Além disso, cada cena inclui um arquivo de texto com os metadados.

Para facilitar a localização dos dados do seu interesse, há disponível um arquivo CSV de índice dos dados do Landsat. Esse arquivo CSV lista as propriedades básicas das imagens disponíveis, incluindo as datas de aquisição e a extensão espacial, como latitudes e longitudes mínimas e máximas. O arquivo está no seguinte bucket do Landsat no Cloud Storage:

gs://gcp-public-data-landsat/index.csv.gz

Como alternativa, esses dados de índice também estão disponíveis no BigQuery, e você pode consultá-los facilmente usando o SQL. Para usar o BigQuery é necessário ter uma Conta do Google e criar um projeto do GCP.

Google Earth Engine

Também é possível consultar, visualizar e analisar os dados do Landsat usando o Google Earth Engine (em inglês). Lá, os dados estão disponíveis nas coleções de imagens da pasta LANDSAT/.

Sobre o conjunto de dados

Origem do conjunto de dados: U.S. Geological Survey (em inglês).

Categoria: imagens de satélite, dados geográficos.

Termos de serviço: consulte a página de destino da Landsat no Console do Cloud (em inglês).

Frequência de atualização: novas imagens do Landsat são adicionadas diariamente à medida que são disponibilizadas. Normalmente, os dados ficam disponíveis um ou dois dias após a publicação pelo USGS. É possível que atrasos eventuais ocorram devido a manutenções planejadas ou não.

Formato: GeoTIFF, além de dados complementares.

Local no Cloud Storage: gs://gcp-public-data-landsat (localizado na multirregião US).