Diretrizes de nomenclatura de bucket

Nesta página, descrevemos as diretrizes de nomenclatura que você deve seguir ao criar buckets no Cloud Storage. Para saber como criar um bucket, consulte o guia Como criar buckets de armazenamento.

Requisitos para nome de bucket

Os nomes dos seus buckets precisam atender aos requisitos a seguir:

  • Precisam conter apenas letras minúsculas, números, traços (-), sublinhados (_) e pontos (.). Não é permitido usar espaços. Precisam ser verificados caso incluam pontos.
  • Precisam começar e terminar com um número ou uma letra.
  • Precisam ter de 3 a 63 caracteres. Ter até 222 caracteres caso incluam pontos, mas cada componente separado por ponto não pode ter mais do que 63 caracteres.
  • Nomes de bucket não podem ser representados como um endereço IP na notação decimal com pontos (por exemplo, 192.168.5.4).
  • Nomes de bucket não podem começar com o prefixo "goog".
  • Não podem conter a palavra "google" ou aproximações dela, como "g00gle".

Considerações sobre nomes de bucket

  • Os nomes de bucket residem em um único namespace do Cloud Storage.

    Isso significa que:

    • cada nome de bucket precisa ser exclusivo;
    • os nomes de bucket são visíveis publicamente.

    Se você tentar criar um bucket com um nome que já pertence a outro, o Cloud Storage responderá com uma mensagem de erro. No entanto, depois de excluir um bucket, você ou outro usuário poderá reutilizar o nome dele para um novo bucket. O nome de um bucket excluído costuma levar segundos para ser disponibilizado novamente. No entanto, se você excluir o projeto que contém o bucket, que também o exclui efetivamente, o nome dele poderá não ficar disponível durante semanas ou até mais.

  • Um nome de bucket só pode ser atribuído durante a criação.

    Não é possível alterar o nome de um intervalo existente. Em vez disso, crie um novo bucket com o nome desejado e mova o conteúdo do antigo para o novo. Consulte Como mover e renomear buckets para um guia passo a passo.

  • É possível usar um nome de bucket em um registro DNS como parte de um redirecionamento CNAME ou A.

    Para isso, o nome do bucket precisa estar em conformidade com as convenções de nomenclatura de DNS padrão. Isso significa que o nome do bucket não pode usar sublinhados (_) ou ter um ponto ao lado de outro ponto ou traço. Por exemplo, ".." não é válido nomes DNS e tampouco sinais como "-". ou ".-".

Consulte também a seção Práticas recomendadas de nomenclatura, que inclui recomendações sobre como excluir informações reservadas de nomes de buckets.

Exemplos de nomes de bucket

Veja a seguir exemplos de nomes de buckets válidos:

  • my-travel-maps
  • 0f75d593-8e7b-4418-a5ba-cb2970f0b91e
  • test.example.com (verificação de propriedade obrigatória para example.com)

Veja a seguir exemplos de nomes de buckets inválidos:

  • My-Travel-Maps (contém letras maiúsculas)
  • my_google_bucket (contém "google")
  • test bucket (contém um espaço)

A seguir