Visão geral do agente de operações

Entre em contato com nossa equipe pelo e-mail google-cloud-ops-agent@google.com se tiver alguma dúvida, precisar de suporte ou quiser enviar feedback.

O agente de operações combina a geração de registros e as métricas em um único agente e é direcionado a cargas de trabalho especializadas de geração de registros que exigem maior capacidade e/ou eficiência de recursos melhorada em comparação com o agente padrão do Cloud Logging. Escolha o agente de operações se tiver essa carga de trabalho e o conjunto de recursos compatíveis do agente corresponder às suas necessidades. Caso contrário, use os agentes padrão do Logging e do Monitoring.

Recursos do agente de operações

Os recursos gerais incluem:

Os recursos do Logging incluem:

  • Registros padrão do sistema (/var/log/syslog e /var/log/messages para Linux, log de eventos do Windows) coletados sem configuração.
  • alta capacidade, aproveitando ao máximo a arquitetura de vários núcleos;
  • gerenciamento eficiente de recursos (como memória e CPU);
  • arquivos de registros personalizados;
  • registros JSON;
  • registros de texto simples;
  • análise baseada em regex;
  • análise baseada em JSON;
  • compatibilidade com formatos de arquivo de registros predefinidos, incluindo aplicativos de terceiros padrão, como nginx.

Os recursos do Monitoring incluem:

Instâncias de máquina virtual

É possível instalar o agente de operações em instâncias do Compute Engine.

Para criar uma instância do Compute Engine, consulte o guia de primeiros passos do Compute Engine.

Sistemas operacionais

O agente de operações é compatível com os sistemas operacionais a seguir em instâncias de VM compatíveis.

Sistemas operacionais Linux

O agente é compatível com os sistemas operacionais Linux a seguir:

  • CentOS 7
  • CentOS 8
  • RHEL 7: rhel-7, rhel-7-4-sap, rhel-7-6-sap-ha e rhel-7-7-sap-ha
  • RHEL 8: rhel-8 e rhel-8-1-sap
  • Debian 9 (Stretch)
  • Debian 10 (Buster)
  • SLES 12: sles-12, sles-12-sp2-sap, sles-12-sp3-sap, sles-12-sp4-sap, e sles-12-sp5-sap
  • SLES 15: sles-15, sles-15-sap, sles-15-sp1-sap e sles-15-sp2-sap
  • Ubuntu LTS 16.04 (Xenial Xerus): ubuntu-1604-lts e ubuntu-minimal-1604-lts
  • Ubuntu LTS 18.04 (Bionic Beaver): ubuntu-1804-lts, ubuntu-minimal-1804-lts
  • Ubuntu LTS 20.04 (Focal Fossa): ubuntu-2004-lts, ubuntu-minimal-2004-lts

Sistemas operacionais Windows:

O agente é compatível com os sistemas operacionais Windows a seguir:

  • Windows Server: windows-2012-r2, windows-2016, windows-2019
  • Windows Server Core: windows-2012-r2-core, windows-2016-core, windows-2019-core, windows-1909-core

Requisitos de acesso do agente

Para instalar o agente, é preciso ter acesso ao seguinte nome de DNS:

  • Repositório de pacotes do Google Cloud: packages.cloud.google.com

Para executar o agente, é preciso ter acesso aos seguintes nomes DNS:

  • Servidor de token OAuth2: www.googleapis.com

  • APIs do Monitoring: monitoring.googleapis.com

  • APIs do Logging: logging.googleapis.com

Política de suspensão de uso

O agente de operações está sujeito à Política de suspensão de uso de agentes.

Para informações sobre a suspensão de uso de recursos e versões legadas, consulte Suspensão de uso do pacote de operações do Google Cloud.

A seguir