Como configurar um ambiente de desenvolvimento do Python

Neste tutorial, você aprende a preparar sua máquina local para desenvolvimento em Python, inclusive o de aplicativos Python executados no Google Cloud Platform (GCP).

Se você já tiver uma configuração de ambiente de desenvolvimento, consulte Python e Google Cloud Platform para ter uma visão geral de como executar apps Python no GCP.

Objetivos

  • Instalar as versões mais recentes do Python 2 e 3
  • Instalar e usar o virtualenv
  • Instalar um editor (opcional)
  • Instalar o Google Cloud SDK (opcional)
  • Instalar a biblioteca de cliente do Google Cloud para Python (opcional)
  • Instalar outras ferramentas úteis

Como instalar o Python

As instruções de instalação do Python variam de acordo com o sistema operacional. Siga o guia do sistema operacional que você usa na sua máquina de desenvolvimento local.

macOS

Embora o macOS inclui uma versão do Python 2 por padrão, não recomendamos que você use esta versão para desenvolvimento. Como essa instalação do Python é utilizada pelo sistema operacional em benefício próprio, seu uso para o desenvolvimento geralmente pode causar problemas. Também tende a ficar em defasagem com relação à versão upstream do Python. Por esses motivos, é melhor realizar uma instalação separada das versões mais recentes do Python 2 e do Python 3.

Nossa recomendação é usar o homebrew para instalar o Python 2 e o 3.

Você precisará de um compilador para usar o homebrew e instalar o Python e seus pacotes. Portanto, instale as ferramentas de linha de comando do XCode. A maneira mais fácil de fazer isso é executar o seguinte em um terminal:

xcode-select --install

Instale o homebrew seguindo as instruções na página inicial do homebrew e use-o para instalar o Python 2 e o 3:

brew install python@2 python

Depois que as instalações estiverem concluídas, você verá o Python 2 e o 3 instalados e disponíveis como python2 e python3, respectivamente. pip2 (para Python 2) e pip3 (para Python 3) também serão instalados como ferramentas de gerenciamento de pacotes. Para confirmar, execute o seguinte:

$ python2 --version
2.7.13
$ python3 --version
3.6.1
$ pip2 --version
9.0.1
$ pip3 --version
9.0.1

Suas versões do Python podem ser mais recentes do que as exibidas aqui.

Prossiga para instalar e usar o virtualenv.

Windows

Faça o download dos instaladores das versões mais recentes de ambos (Python 3 e Python 2) no site do Python.

Depois de instalar ambos, use o Python Launcher para Windows para acessar a versão do Python que você quer usar:

> py
# Starts the latest version of Python you installed (Python 3.6.3)
> py -2
# Starts the latest version of Python 2 you installed (Python 2.7.13)
> py -3
# Starts the latest version of Python 3 you installed (Python 3.6.3)
> pip --version
pip 9.0.1 from  c:\python27\lib\site-packages (Python 2.7.13)
> pip3 --version
pip 9.0.1 from c:\users\[USERNAME]\appdata\local\programs\python\python36-32\lib\site-packages (python 3.6)

As versões do Python e do pip podem ser mais recentes do que as exibidas aqui.

Prossiga para instalar e usar o virtualenv.

Linux

Há versões recentes do Python na maioria das distribuições Linux. Instale os pacotes apropriados para sua distribuição. Para Debian e Ubuntu, esses pacotes são python, python-dev, python3 e python3-dev:

sudo apt update
sudo apt install python python-dev python3 python3-dev

Você também precisará do pip. O Debian e a maioria das outras distribuições incluem um pacote python-pip, mas recomendamos que você mesmo instale o pip para conseguir a versão mais recente:

wget https://bootstrap.pypa.io/get-pip.py
sudo python get-pip.py

Depois disso, você terá o pip:

$ pip --version
pip 9.0.1 from /usr/local/lib/python2.7/dist-packages (python 2.7)

A versão do pip pode ser mais recente do que a exibida aqui.

Prossiga para instalar e usar o virtualenv.

Como instalar e usar o virtualenv

O virtualenv (abreviação de “ambiente virtual” em inglês) é uma ferramenta que cria ambientes Python isolados. Esses ambientes podem ter suas próprias versões separadas dos pacotes Python, o que permite isolar as dependências de seus projetos das de outros projetos. Recomendamos que você use sempre um virtualenv por projeto ao desenvolver localmente com o Python.

Será necessário instalar o virtualenv globalmente para poder usá-lo. Não importa se ele é instalado com Python 2 ou Python 3:

pip install --upgrade virtualenv

Depois de instalar o virtualenv, será possível criar um virtualenv no projeto. Use a sinalização --python para informar ao virtualenv qual versão do Python deve ser usada:

cd your-project
virtualenv --python python3 env

Caso você use o Windows, talvez precise especificar o caminho completo para o diretório de instalação do Python:

virtualenv --python "c:\python36\python.exe" env

O virtualenv criará uma cópia virtual de toda a instalação do Python na pasta env.

Após a criação da cópia, será necessário "ativar" o virtualenv. Isso informa ao shell que ele deve usar os caminhos do virtualenv para o Python.

Para macOS e Linux:

source env/bin/activate

Para Windows:

.\env\Scripts\activate

Agora você pode instalar pacotes e ter certeza de que eles não afetarão outros projetos ou sua instalação global do Python:

pip install google-cloud-storage

Caso queira parar de usar o virtualenv e voltar para seu Python global, basta desativá-lo:

deactivate

Leia mais sobre o virtualenv no guia do Python ou na documentação do virtualenv.

Instalar um editor

Os editores em alta usados para desenvolver aplicativos Python incluem, sem limitação e sem uma ordem específica:

Instalar o Google Cloud SDK

O Google Cloud SDK é um conjunto de ferramentas para o Google Cloud Platform. Nele estão incluídos gcloud, gsutil e bq, que você pode usar para acessar o Google Compute Engine, o Google Cloud Storage, o Google BigQuery e outros produtos e serviços pela linha de comando. Execute essas ferramentas interativamente ou nos scripts automatizados.

Instalar a biblioteca de cliente do Google Cloud para Python

A biblioteca de cliente do Google Cloud para Python é a forma idiomática de os desenvolvedores do Python se integrarem aos serviços do Google Cloud Platform, como Cloud Datastore e Cloud Storage. Você pode instalar o pacote para uma API individual (como Cloud Storage, por exemplo):

pip install --upgrade google-cloud-storage

Próximas etapas

Esta página foi útil? Conte sua opinião sobre:

Enviar comentários sobre…