Guia de início rápido do Compute Engine

Nesta página, você vê como monitorar uma instância de máquina virtual (VM, na sigla em inglês) do Compute Engine com o Stackdriver Monitoring. Se você quiser monitorar uma instância de VM do Amazon EC2, consulte o Guia de início rápido do Amazon EC2.

Neste guia de início rápido, você fará as ações a seguir:

  1. Criar uma instância de VM do Compute Engine.
  2. Instalar o servidor HTTP Apache.
  3. Instalar os agentes do Stackdriver Monitoring e Logging.
  4. Criar uma verificação de tempo de atividade com uma política de alertas.
  5. Criar um painel e um gráfico personalizados.
  6. Ver seus registros.
  7. Fazer a limpeza.

Antes de começar

Para usar o Stackdriver Monitoring, você precisa criar um projeto do Google Cloud, ativar o faturamento dele e associá-lo a um espaço de trabalho.

Para criar um projeto e ativar o faturamento, faça o seguinte:

  1. No Console do Cloud, acesse Novo projeto:

    Crie um novo projeto

  2. No campo Nome do projeto, insira Quickstart e clique em Criar.

  3. Acesse o Faturamento:

    Acessar "Faturamento"

  4. Escolha o projeto Quickstart se ele ainda não estiver selecionado na parte superior da página.

  5. Você precisará escolher um perfil para pagamentos atual ou criar um novo.

Criar uma instância do Compute Engine

  1. No Console do Cloud, acesse Compute e selecione Compute Engine:

    Acessar o Compute Engine

  2. Para criar uma instância de VM, clique em Criar.

  3. Preencha os campos da instância da seguinte forma:

    • No campo Nome, insira lamp-1-vm.
    • Em Tipo de máquina, selecione Pequeno.
    • Em Firewall, selecione Permitir tráfego HTTP e Permitir tráfego HTTPS.

    Não altere os valores padrão dos outros campos.

  4. Clique em Criar. Aguarde alguns minutos para que a instância seja iniciada na página "Instâncias de VM".

  5. Para abrir um terminal na instância, na coluna Conectar, clique em SSH.

  6. Atualize as listas de pacotes na instância.

    sudo apt-get update
    
  7. Configure o servidor HTTP Apache2.

    sudo apt-get install apache2 php7.0
    
  8. Abra o navegador e conecte-se ao servidor HTTP Apache2 usando o URL http://[External IP]. Substitua [External IP] pelo endereço IP externo da instância do Compute Engine. Você verá a página padrão do Apache2:

    Exibição da página padrão do Apache2.

Instalar agentes

Os agentes do Stackdriver Monitoring e do Logging transferem registros e métricas da instância de VM para o Monitoring e o Logging:

  1. Mude para o terminal conectado à instância de VM ou crie um novo.

  2. Instale o agente do Stackdriver Monitoring.

    curl -sSO https://dl.google.com/cloudagents/install-monitoring-agent.sh
    sudo bash install-monitoring-agent.sh
    
  3. Instale o agente do Stackdriver Logging.

    curl -sSO https://dl.google.com/cloudagents/install-logging-agent.sh
    sudo bash install-logging-agent.sh --structured
    

    Com a sinalização --structured, o agente do Logging envia dados estruturados ao Stackdriver Logging. Para mais informações, consulte Operações de geração de registros estruturados.

Criar uma verificação de tempo de atividade

As verificações de tempo de atividade conferem se o servidor da Web for acessível em locais do mundo todo. A política de alertas controla quem será notificado se as verificações falharem.

Para criar uma verificação de tempo de atividade, faça o seguinte:

  1. Acesse o Monitoring:

    Acessar o Monitoring

    Na primeira vez que você acessar o Monitoring para um projeto do Google Cloud, ele criará um espaço de trabalho e o associará ao projeto. Esse processo é automático, a menos que você tenha um espaço de trabalho de vários projetos. Nesse caso, uma caixa de diálogo é exibida solicitando que você selecione entre a criação de um espaço de trabalho ou a adição do projeto a um espaço de trabalho atual. Selecione a opção para criar um espaço de trabalho.

  2. Se o convite Create an Uptime Check aparecer no painel, clique nele. Caso contrário, acesse Uptime Checks e selecione Create Uptime Check.

  3. Preencha os campos a seguir da verificação de tempo de atividade:

    • Em Title, insira My Uptime Check.
    • No menu Check type, selecione HTTP.
    • No menu Resource Type, selecione Instance.
    • Em Applies To, insira Single, lamp-1-vm.
    • Não altere os valores padrão dos outros campos.

      Exibição da caixa de diálogo

  4. Para conferir se a verificação de tempo de atividade está funcionando, clique em Test. Se a mensagem "Connection error - refused" for exibida, talvez você não tenha instalado o servidor HTTP Apache ou tenha especificado o tipo de verificação HTTPS em vez de HTTP. Para outros erros, consulte Conferir a verificação de tempo de atividade.

  5. Quando você clica em Save, a caixa de diálogo a seguir é exibida:

    Exibição da caixa de diálogo

Criar uma política de alertas

  1. No painel Uptime Check Created, clique em Create Alerting Policy.

  2. No campo Untitled Condition, insira um título para a condição da política de alertas. Todos os outros campos no painel de condições são preenchidos automaticamente com base na verificação de tempo de atividade criada.

    Exibição da caixa de diálogo

  3. Clique em Save.

  4. Insira My Uptime Check Policy como o Name da política de alertas.

    Exibição da caixa de diálogo

  5. Opcional: para configurar uma notificação por e-mail, clique em Add notification channel, selecione Email no menu, insira seu endereço de e-mail e clique em Add.

  6. Clique em Save. Você verá um resumo da política.

Criar um painel e um gráfico

Para exibir as métricas coletadas pelo Monitoring, crie um gráfico e um painel:

  1. Acesse o Monitoring:

    Acessar o Monitoring

  2. Selecione Dashboards e clique em Create dashboard.

  3. Insira Quickstart dashboard como o nome do painel e clique em Confirm.

  4. Clique em Add Chart.

  5. Certifique-se de que a guia Metric esteja selecionada.

    Exibição da caixa de diálogo

  6. No cabeçalho Find resource type and metric, clique em instance, cpu, usage, etc.:

    • Selecione GCE VM Instance no tipo de recurso.
    • Insira CPU e selecione CPU load(1m) na métrica.
  7. Clique em Save.

    Exibição do gráfico configurado.

  8. Para criar outro gráfico, clique em Add Chart.

  9. Certifique-se de que a guia Metric esteja selecionada.

  10. No cabeçalho Find resource type and metric, clique em instance, cpu, usage, etc.:

    • Selecione GCE VM Instance no tipo de recurso.
    • Selecione Received bytes na métrica.
  11. Clique em Save.

Testar a verificação e o alerta

Este procedimento pode demorar até quarenta minutos. Foi incluída uma amostra de cronograma para sua referência. Nela, a hora atual é 12h.

12h: espera.

Acesse o Monitoring. No bloco Uptime checks, aguarde até que o ícone de My Uptime Check mude para um círculo verde com uma marca de seleção. O tempo máximo de espera nesse estágio é de cinco minutos:

Verificação de tempo de atividade aprovada.

12h15: o ícone My Uptime Check está verde. Teste a verificação e o alerta.

Acesse a página Instâncias de VM, selecione a instância e clique em Parar.

12h25: notificação de alerta recebida.

Corrija o "problema" reiniciando a VM. Volte à página Instâncias de VM, selecione a instância e clique em Iniciar.

12h40: incidente resolvido.

Recebida a segunda notificação de alerta.

Ver os registros

O Monitoring e o Logging são totalmente integrados.

Para visualizar os registros dos recursos exibidos em um gráfico, faça o seguinte:

  1. Acesse o painel que exibe o gráfico relevante.

  2. No gráfico, clique em More e selecione View logs:

    Exibição da seleção de

Se preferir, acesse o Logging e especifique os parâmetros de filtro:

  1. No Console do Cloud, acesse o Logging:

    Acessar o Logging

  2. Altere as configurações do Logs Viewer para ver os registros que você quer:

    • Na primeira lista suspensa, selecione G​C​E VM Instance, lamp-1-vm.
    • Na segunda lista suspensa, selecione syslog e clique em OK.
    • Não altere os valores padrão dos outros campos. Os registros da instância de VM são exibidos.

      Visualização de registros do console.

Fazer a limpeza

Para evitar cobranças na sua conta do Google Cloud pelos recursos usados neste guia de início rápido, siga estas etapas:

Excluir o projeto

Se você criou um novo projeto neste guia de início rápido, é necessário excluí-lo. Caso contrário, pule esta seção.

  1. No Console do GCP, acesse a página Gerenciar recursos.

    Acessar a página Gerenciar recursos

  2. Na lista de projetos, selecione o projeto que você quer excluir e clique em Excluir .
  3. Na caixa de diálogo, digite o ID do projeto e clique em Encerrar para excluí-lo.

Excluir recursos do guia de início rápido

Se você usou um projeto atual neste guia de início rápido, exclua a política de alertas, verificações de tempo de atividade, painel e instância de VM:

  1. Acesse o Monitoring:

    Acessar o Monitoring

  2. Exclua a política de alertas:

    1. Selecione Alerting.
    2. Selecione My Uptime Check Policy e clique em Delete .
  3. Exclua a verificação de tempo de atividade:

    1. Selecione Uptime Checks.
    2. Selecione My Uptime check e clique em Delete .
  4. Exclua o painel:

    1. Selecione Dashboards.
    2. Em Quickstart dashboard, clique em Delete . Confirme a operação de exclusão.
  5. Exclua a instância de VM criada:

    1. No Console do GCP, acesse a página Instâncias de VMs.

      Acessar a página "Instâncias de VMs"

    2. Marque a caixa de seleção da sua instância a instância que você quer excluir.
    3. Clique em Excluir para excluir a instância.

A seguir