Você está visualizando a documentação de uma versão anterior do Migrate for Compute Engine (antigo Velostrata). Você escolhe se quer continuar usando esta versão ou usar a versão atual.

Como desinstalar o Migrate for Compute Engine

O método de desinstalação do Google Cloud Migrate for Compute Engine (antigo Velostrata) depende de como você o usava. Se você estava migrando de outra nuvem para o GCP, consulte Como instalar o Migrate for Compute Engine (migrações de nuvem para nuvem). Se você estava migrando do local para o GCP, consulte Como desinstalar o Migrate for Compute Engine do local).

Como desinstalar o Migrate for Compute Engine (migrações de nuvem para nuvem)

Para desinstalar o Migrate for Compute Engine usando o Migrate for Compute Engine Web Manager:

  1. Faça login e clique em Nuvem de destino.
  2. Selecione a extensão do Cloud aplicável e clique em Excluir. Se houver alguma carga de trabalho gerenciada pelo Migrate for Compute Engine nessa extensão de nuvem, a operação será cancelada e você terá uma opção de como proceder. É possível separar e limpar ou mover as cargas de trabalho de volta para a nuvem de origem usando o gerenciamento do Wave. Repita a operação de exclusão da extensão da nuvem.
  3. Repita a etapa anterior para todas as extensões do Cloud.
  4. Exclua a instância do Compute Engine Manager com o Console do GCP.

Como desinstalar o Migrate for Compute Engine do local

Para desinstalar o Migrate for Compute Engine do local:

  1. Verifique se não há cargas de trabalho no ambiente gerenciadas pelo Migrate for Compute Engine. O plug-in Migrate for Compute Engine adiciona colunas à visualização de Máquinas Virtuais do vCenter, nas quais é possível filtrar máquinas virtuais e identificá-las pelos atributos do Migrate for Compute Engine.
    Captura de tela da lista de VMs (clique para ampliar)
    Captura de tela da lista de VMs (clique para ampliar)
  2. Mova as cargas de trabalho gerenciadas pelo Migrate for Compute Engine de volta para o local. Para mais instruções, consulte Movimentação de uma VM de volta para o local.
  3. Navegue até o Data Center Virtual do vSphere no qual as extensões do Cloud foram criadas.
  4. Visualize o portlet de Resumo do Data Center Virtual para verificar se existe uma extensão do Cloud.
    Captura de tela do Resumo do Data Center Virtual (clique para ampliar)
    Captura de tela do Resumo do Data Center Virtual (clique para ampliar)
  5. Exclua todas as extensões do Cloud. Para mais instruções, consulte Exclusão de uma extensão do Cloud.
  6. Para cancelar a inscrição do plug-in Migrate for Compute Engine do vCenter, siga as instruções abaixo.
  7. Exclua o back-end do Migrate for Compute Engine que foi implantado no vCenter (OVF).

Como remover componentes do Migrate for Compute Engine do Google Cloud

  1. Exclua todas as extensões do Cloud. Para mais instruções, consulte a seção com o Migrate for Compute Engine Manager em Como excluir uma extensão do Cloud. Caso veja o seguinte erro, é porque ainda haverá VMs usando uma extensão do Cloud:
    Cloud Extension has running virtual machines. VMs: [LIST]
  2. Depois que todas as extensões do Cloud forem excluídas, apague a instância do Compute Engine Manager do GCP.
  3. Exclua as contas de serviço, as funções e as permissões do Google Cloud IAM que o Migrate for Compute Engine estava usando.

Como cancelar a inscrição do plug-in Migrate for Compute Engine do vSphere

  1. Abra o Migrate for Compute Engine Manager.
  2. Clique no ícone Configurações do sistema (System Settings).
  3. Clique na guia Plug-in do vCenter.
  4. Clique no botão Cancelar inscrição do plug-in do vCenter.
  5. Confirme seu nome de usuário e senha do vCenter e clique em Cancelar inscrição.