Migrate for AnthosBeta

Como levar o poder dos contêineres para as cargas de trabalho existentes.

Migrar e modernizar a imagem

Migre e modernize simultaneamente

Use o Migrate for Anthos para mover e converter cargas de trabalho diretamente em contêineres no Google Kubernetes Engine (GKE). As cargas de trabalho de destino podem incluir servidores físicos e VMs em execução no local, no Compute Engine ou em outras nuvens, oferecendo flexibilidade para transformar a infraestrutura existente com facilidade.

Criar a imagem ideal da jornada de migração

Crie sua jornada de migração ideal

A maioria das transformações digitais será uma mistura de estratégias. Para as cargas de trabalho que se beneficiarão dos contêineres, o Migrate for Anthos oferece um caminho rápido e suave para a modernização. Para outras cargas de trabalho mais adequadas como uma VM, basta movê-las como estão com o Migrate for Compute Engine. Não se contente em ficar preso à infraestrutura existente ou a um caminho de migração. Com o Google, execute suas cargas de trabalho como quiser, onde quiser.

Criar a imagem ideal da jornada de migração

Faça upgrade para contêineres com facilidade

Algumas cargas de trabalho são simplesmente descartadas pela TI como "incapazes de fazer upgrade". Mas o Migrate for Anthos reduz o esforço manual, fazendo da migração e da modernização uma possibilidade para essas cargas de trabalho, mesmo com equipes de TI pequenas. Com testes incorporados e tecnologia de migração de streaming que carregam cargas de trabalho na nuvem rapidamente, você eliminará as lacunas de complexidade e conhecimento que antes impediam que as empresas conseguissem se modernizar.

Capitalize os benefícios dos contêineres

Com o upgrade feito de cargas de trabalho para contêineres, a TI pode eliminar a manutenção, o patch e a segurança no nível do SO, como era necessário anteriormente para as VMs. Além disso, após o upgrade, as empresas estão bem posicionadas para adotar facilmente ainda mais tecnologias, como Anthos, GKE, Istio e muito mais.

Como funciona

  • Etapa 1

    Identifique quais cargas de trabalho você quer migrar de fontes que abrangem as VMs no local, no Compute Engine, em outras nuvens ou em servidores físicos.
  • Etapa 2

    Orquestre a migração do GKE, aproveitando uma política de implantação em que as cargas de trabalho com estado são transformadas automaticamente para serem executadas como contêineres nos pods do GKE.
  • Etapa 3

    Depois que seu aplicativo monolítico com estado for executado em um contêiner, você poderá aproveitar todos os serviços gerenciados do GCP: Anthos, GKE, Gerenciamento de Serviços, Stackdriver e outras ferramentas nativas da nuvem. Seu aplicativo, agora, trabalhará em conjunto com outros microsserviços modernos implantados em um cluster do GKE.

Preços

O Migrate for Anthos está disponível gratuitamente para ser usado na migração de cargas de trabalho para o GCP. Os outros serviços utilizados, como computação, armazenamento, GKE, etc, ainda serão cobrados, mas o uso da ferramenta de migração (Migrate for Anthos) não gera custo adicional. Qualquer cliente pode usar o Migrate for Anthos, com ou sem uma assinatura do Anthos.

Recursos

Google Cloud

Primeiros passos

Migrate for Anthos

Como levar o poder dos contêineres para as cargas de trabalho existentes.

Precisa de mais ajuda?

Nossos especialistas ajudarão você a criar a solução certa ou encontrar o parceiro ideal para suas necessidades.

Este produto está na versão Beta. Para mais informações sobre as etapas de lançamento dos nossos produtos, veja este link.

Enviar comentários sobre…