Google is committed to advancing racial equity for Black communities. See how.

Alterações nos preços e no faturamento

Fizemos alterações nos preços e no faturamento. Saiba mais.

Perguntas gerais sobre preços

Qual foi a mudança nos preços?

Há um novo plano de preços de pagamento por utilização em vigor para Maps, Routes e Places. Ele oferece mais flexibilidade e controle sobre nossas APIs para que você pague apenas pelo que usa no mês. Também alteramos os preços dos nossos produtos Maps, Routes e Places. Para mais informações sobre as alterações, consulte Alterações no faturamento específicas da API e o guia Noções básicas de faturamento.

Sou cliente de um plano Premium. O que preciso fazer para migrar para o novo plano de preços?

A partir de 1º de novembro de 2018, os clientes do Plano Premium poderão migrar para o novo plano de preços de pagamento por utilização da Plataforma Google Maps quando o contrato atual do plano expirar. Somente contratos com data de término em 1º de novembro de 2018 ou posterior estão qualificados para migrar para a Plataforma Google Maps. Os contratos que expirarem antes dessa data precisarão ser renovados no Plano Premium. Para mais informações, consulte o Guia de migração da Plataforma Google Maps.

Ainda posso usar a Plataforma Google Maps gratuitamente?

Sim. Quando você ativa o faturamento, ganha US$ 200 de uso gratuito todo mês para o Maps, Routes ou Places. Entre os milhões de usuários que usam nossas APIs hoje, a maioria continua usando a Plataforma Google Maps gratuitamente com esse crédito.

Quais produtos posso usar com o crédito gratuito mensal de US$ 200?

O crédito se aplica aos nossos principais produtos Maps, Routes e Places.

Qual é o preço depois que eu ultrapassar o crédito gratuito mensal de US$ 200?

Você só paga pelo que usa. No Console do Google Cloud Platform, é possível ver as taxas e seus gastos a qualquer momento e definir cotas diárias para evitar cobranças inesperadas. Também é possível definir alertas de faturamento para receber notificações por e-mail quando os gastos atingirem um limite predefinido.

Moro na Índia, o que preciso fazer para continuar usando a Plataforma Google Maps?
A Plataforma Google Maps foi lançada no dia 18 de novembro de 2019 na Índia. Os serviços da Plataforma Google Maps na Índia não podem ser cobrados por meio da mesma conta de faturamento que os serviços do Google Cloud Platform. Os clientes que ainda não criaram uma nova conta de faturamento capaz de realizar pagamentos do Maps precisarão seguir as etapas de desempenho do guia de migração para continuar usando a Plataforma Google Maps. Eles receberão erros do tipo "OVER_QUERY_LIMIT" se não migrarem os projetos. Caso tenha outras dúvidas, consulte estas Perguntas frequentes.
Eu recebi uma mensagem informando que meu projeto está vinculado à "conta de transição da Plataforma Google Maps", mas não tenho acesso a essa conta. O que devo fazer?

A "conta de transição da Plataforma Google Maps" foi criada para ajudar alguns clientes na transição para o nosso novo plano de preços de pagamento por utilização. Com essa transição, o Google dá a esses clientes um crédito único para que possam continuar usando a Plataforma Google Maps até o limite do nível gratuito de US$ 200. Quando esse limite for excedido, a conta de faturamento será encerrada e você perderá o acesso ao serviço. Para evitar interrupções no serviço, defina sua própria conta de faturamento e continue aproveitando o nível gratuito mensal de US$ 200. Para mudar a conta de faturamento do seu projeto:

  1. Crie uma nova conta de faturamento (caso já tenha uma, ignore esta etapa).
  2. Associe a conta de faturamento ao seu projeto.
Como posso estimar meu faturamento?

Se você estiver usando uma chave de API, leia o e-mail que enviamos. Nele é possível ver uma estimativa geral sobre alterações futuras no faturamento. Em seguida, consulte a seção "Relatórios de faturamento" do Console do Google Cloud Platform para entender seu uso atual por SKU. Por último, use a calculadora de preços e as informações detalhadas sobre SKUs, fornecidas no guia Noções básicas de faturamento, para calcular seus novos custos com base no histórico de uso.

Observe que foram introduzidas várias novas SKUs:

  • Dynamic Street View
  • Directions Advanced
  • Distance Matrix Advanced
  • Places Details: não será dividida pelos campos retornados
  • Find Place
  • Autocomplete by Session

Saiba mais sobre as novas SKUs.

Existem outras APIs ou SDKs que podem ser usadas gratuitamente?

Sim. Além do crédito gratuito mensal de US$ 200, todos os usuários recebem os seguintes benefícios:

  • Uso gratuito do Maps para Embed (apenas exibição de mapas)
  • URLs gratuitos do Maps
Posso testar a Plataforma Google Maps antes da compra?

Sim. Queremos que você teste a velocidade, a precisão e a cobertura abrangente do Maps, do Routes e do Places. Para começar, você precisa de uma conta de faturamento. No entanto, os primeiros US$ 200 de uso mensal são gratuitos, e é possível definir limites de uso para garantir que esse valor não seja excedido.

É necessário ter um cartão de crédito ou uma conta de faturamento?

Mesmo que os primeiros US$ 200 de uso mensal sejam gratuitos, todos os serviços da Plataforma Google Maps exigem um cartão de crédito e uma conta de faturamento para cobrir qualquer valor gasto que exceda esse crédito gratuito. Se houver faturamento, creditaremos na sua conta os primeiros US$ 200 de uso mensal. Se você optar por não adicionar uma conta de faturamento, é possível que a implementação da API Maps seja prejudicada ou que outras solicitações da API apresentem erros quando seu uso exceder US$ 200 em um mês específico. Se o uso estimado for superior a US$ 200 por mês e você não tiver cartão de crédito nem de débito para configurar uma conta de faturamento, peça ajuda de um parceiro do Google Maps.

Quando uma conta corporativa é necessária?

As empresas que usam uma grande quantidade de dados e querem receber descontos por volume, suporte ao cliente corporativo e/ou contratos off-line precisam falar conosco para configurar uma conta corporativa.

Como funciona a definição de preços para o produto Maps?

O custo por carregamento varia dependendo do uso de mapas estáticos ou dinâmicos ou da visualização estática ou dinâmica do Street View. Seus usuários podem movimentar, aumentar e diminuir o zoom e alterar as camadas sem custo adicional.

As organizações sem fins lucrativos ou outras empresas que têm benefícios do Google continuarão recebendo esses benefícios da Plataforma Google Maps?

Com certeza. Estamos expandindo a disponibilidade da Plataforma Google Maps para programas públicos do Google que apoiam organizações sem fins lucrativos, startups, apoio em emergências e organizações de mídia de notícias. Os atuais usuários do Google para organizações sem fins lucrativos que têm benefícios farão a transição para os créditos da Plataforma Google Maps. Saiba como se inscrever para receber créditos da Plataforma Google Maps aqui (link em inglês).

Posso aplicar meu novo crédito do Google Cloud Platform (GCP) à Plataforma Google Maps?

Sim, os clientes que criam uma nova conta no GCP podem usar o crédito de US$ 300 na Plataforma Google Maps.

Alterações no faturamento de recursos e API

Houve alterações no faturamento ou nos preços em quais APIs e recursos?

Em 11 de junho de 2018, lançamos a nova funcionalidade do Maps, Routes e Places que muda o faturamento de determinadas APIs e recursos. Em 16 de julho de 2018, todos os preços de APIs e recursos foram alterados para que fiquem alinhados com nossa tabela de preços. A seção abaixo explica as alterações e como você será afetado por elas. Para mais informações, veja também essas atualizações importantes.

Siga estas etapas para verificar se a conta está atualizada:

Quais são as alterações específicas de preço por API e recurso?

API Distance Matrix

As solicitações da API Distance Matrix que usam modelos de tráfego em tempo real são faturadas a uma taxa maior. Para mais detalhes, consulte a nova tabela de preços e o guia Noções básicas de faturamento.

API Directions

As alterações no faturamento da API Directions foram:

  • O número máximo permitido de waypoints foi aumentado para 25. Antes, as chamadas eram limitadas a 10 ou 23 waypoints.
  • As solicitações de Directions são faturadas a uma taxa menor para chamadas com até 10 waypoints e a uma taxa maior para aquelas com 11 a 25 waypoints.
  • As solicitações de Directions Advanced que usam otimização de waypoint e modelos de tráfego também são faturadas a uma taxa maior.

Para mais detalhes, consulte a nova tabela de preços e o guia Noções básicas de faturamento.

Dynamic Maps e Dynamic Street View

As solicitações de Dynamic Maps e Dynamic Street View (panoramas do Street View) são faturadas a uma taxa maior do que as solicitações de Static Maps e Static Street View. As imagens de Dynamic Maps e Dynamic Street View respondem à entrada do usuário. As versões Static não. Consulte a seção Alterações de nomes de produtos e marcas para ver descrições dessas SKUs.

Na API Maps JavaScript, são faturados apenas os panoramas de Street View gerados com o objeto StreetViewPanorama. A experiência incorporada do Street View que se baseia no controle do Pegman no Street View e no StreetViewService não será cobrada.

O Street View é faturado separadamente do Maps. Essa alteração afeta as seguintes APIs da Plataforma Google Maps: API Maps JavaScript, API Maps Static, API Street View, SDK do Maps para Android e SDK do Maps para iOS. Para mais detalhes, consulte a tabela de preços e o guia Noções básicas de faturamento.

API Embed

O Embed with Dynamic Maps, ou mapa com um marcador, continuará sendo gratuito e com uso ilimitado. Solicitações de API incorporadas que usam os modos vista da rua, de rotas ou pesquisa agora são faturadas. Para mais detalhes, consulte a tabela de preços e o guia Noções básicas de faturamento.

Place Autocomplete

O Autocomplete (Serviço da Web e JavaScript) e o widget do JavaScript Autocomplete foram atualizados para usar o faturamento com base em sessão. Uma sessão consiste nas atividades necessárias para resolver a entrada do usuário em um local. Com o faturamento baseado em sessão, a taxa de Autocomplete não é mais por digitação do usuário final, mas depois de retornar um resultado completo de preenchimento automático. Para mais detalhes, consulte a tabela de preços e o guia Noções básicas de faturamento.

Para usar o faturamento baseado em sessão, inclua um token de sessão nas suas solicitações de Autocomplete. Se você não incluir um token de sessão, seu código continuará funcionando, mas as cobranças continuarão sendo feitas por solicitação (como acontece atualmente). Para fazer uma chamada usando um token de sessão, siga estas etapas (exemplo da API JavaScript).

  1. Crie um novo token de sessão:
    var sessionToken = new google.maps.places.AutocompleteSessionToken();
  2. Transmita o token para o serviço Autocomplete:
        var autocompleteService = new google.maps.places.AutocompleteService();
        autocompleteService.getQueryPredictions({
          input: 'pizza near Syd',
          sessionToken: sessionToken
        },
        displaySuggestions);
  1. Transmita o mesmo token de sessão para sua solicitação do Place Details:
        var request = {
          placeId: placePredictions[0].place_id,
          sessionToken: sessionToken
        };
        var service = new google.maps.places.PlacesService(map);
        service.getDetails(request, callback);

Observação: não é necessária nenhuma mudança de código para o widget do Autocomplete em JavaScript, já que ele gerencia automaticamente as sessões para você.

API Roads

As solicitações da API Roads que usam os recursos Snap to Roads e/ou Nearest Road são faturadas a uma taxa maior. Para mais detalhes, consulte a nova tabela de preços e o guia Noções básicas de faturamento.

API Maps JavaScript

Em junho de 2016, anunciamos uma atualização da nossa política de solicitações do lado do cliente. Desde setembro de 2018, todas as solicitações do lado do cliente que fizeram parte do anúncio de junho de 2016 serão faturadas de acordo com o novo plano de preços lançado em 16 de julho de 2018. Entendemos que isso é uma mudança e, se você tiver um desses projetos, entraremos em contato nas próximas semanas para ajudar nessa transição.

Ative a Plataforma Google Maps

Para ativar APIs ou configurar o faturamento, faça o seguinte:

  1. Escolha um ou mais produtos abaixo
  2. Selecione um projeto
  3. Configure seu faturamento

Ofereça experiências personalizadas com mapas que mostram o mundo real aos seus usuários.

Ofereça aos usuários o melhor trajeto até o destino final.

Ajude os usuários a descobrir o mundo com muitos detalhes.

Continuar