Consultas básicas de registros

Neste guia, você verá como consultar entradas de registro por pesquisa de texto ou rótulo na interface de consulta básica do visualizador de registros (clássico). Para opções de consulta de registros mais avançados usando o visualizador de registros (clássico), consulte Consultas de registros avançados.

Para exportar entradas de registro, consulte Como exportar com o visualizador de registros. Para ler as entradas usando a API, consulte entries.list. Para ler entradas de registros com o SDK, consulte esta página.

Primeiros passos com consultas básicas

  1. Vá para a página Geração de registros do pacote de operações do Google Cloud > Registros (Visualizador de registros) no Console do Cloud:

    Acessar a página "Visualizador de registros"

  2. Selecione um projeto atual do Google Cloud na parte superior da página.

  3. Usando o menu suspenso , selecione o recurso que contém os registros que você quer visualizar.

A captura de tela a seguir mostra a interface de consulta básica. Quatro entradas de registro de um aplicativo do App Engine são mostradas. A segunda entrada foi expandida clicando na seta de expansão

A interface do usuário mostrando as opções básicas de consultas de registros.

A interface de consulta básica tem os seguintes componentes principais (indicados por números vermelhos na captura de tela), alguns sendo compartilhados com a interface de consulta avançada:

  1. As guias de janela permitem escolher Registros (Visualizador de registros), Métricas (consulte Métricas com base em registros), Exportações (consulte Como exportar registros) e Processamento de registros (consulte Exclusões de registros).
  2. A caixa de consulta de pesquisa na interface básica de consulta de registros permite consultar entradas de registro por pesquisa de texto ou de rótulo. A interface de consulta básica é exibida, e o menu suspenso permite trocar para a interface de consulta avançada ou conseguir um link para sua consulta. As consultas de registro são rotuladas como "filtros" na interface do usuário, porque permitem que você selecione um conjunto específico de entradas.
  3. Os menus de seleção básicos permitem selecionar recursos, registros e níveis de gravidade a serem exibidos.

    • Recursos: os recursos disponíveis no seu projeto atual.
    • Registros: os tipos de registro disponíveis para os recursos atuais no projeto.
    • Gravidade do registro: os níveis de gravidade do registro.
  4. Os menus suspensos de seleção de intervalo de tempo permitem consultar datas e horas específicas nos registros.

  5. O seletor de streaming, na parte superior da página, controla se as novas entradas de registro são exibidas à medida que chegam.

  6. A tabela de entrada de registro contém as entradas de registro disponíveis de acordo com suas consultas atuais e campos personalizados.

  7. A seta de expansão na frente de cada entrada de registro permite ver o conteúdo completo da entrada. Para mais informações, acesse expandir entradas de registro nesta página.

  8. O menu Ver opções tem outras opções de exibição.

  9. O menu Fazer o download de registros permite que você faça o download de um conjunto de entradas de registro.

  10. As opções Mais exibidas com cada entrada de registro permitem colocar um alfinete na entrada de registro, mostrar a entrada de registro no contexto do recurso e copiar um URL da entrada de registro para a área de transferência.

Por fim, o visualizador de registros usa a posição do cursor para destacar a entrada de registro associada e colocar um símbolo de alfinete (📌) ao lado das opções Mais .

Pesquisas básicas

Na interface de consulta básica, insira seu texto na caixa de consulta de pesquisa e selecione ENTER. A pesquisa retorna todas as entradas de registro que incluem os termos de pesquisa em qualquer lugar, em qualquer campo (exceto timestamp) e em letras maiúsculas e/ou minúsculas. A palavra text: que o visualizador de registros adiciona antes dos termos de pesquisa indica que essa é uma pesquisa para "todos os campos".

Veja a seguir algumas pesquisas comuns e outras que não atendem às expectativas.

Exemplos comuns de pesquisa básica

Unicorn (text:Unicorn)

Encontra todas as entradas de registro que contêm unicorn, em qualquer campo e em letras maiúsculas e minúsculas.

unicorn phoenix (text:unicorn text:phoenix)

Encontra todas as entradas de registro que contêm unicorn ou phoenix, no mesmo campo ou em diferentes. Se você quiser entradas de registro que contenham ambos os termos, use a interface de consulta avançada.

"unicorn phoenix" (text:"unicorn phoenix")

Encontra todas as entradas de registro que contêm unicorn e phoenix no mesmo campo, em letras maiúsculas e/ou minúsculas, separadas por exatamente um espaço. A interface de consulta de registros básica não é compatível com a pesquisa de "unicorn e phoenix" em qualquer lugar no mesmo campo, mas a interface de consulta avançada é compatível.

-unicorn (-text:unicorn)

Encontra todas as entradas de registro que contêm unicorn em qualquer campo e em letras maiúsculas e/ou minúsculas e as exclui das entradas exibidas. A interface de consulta de registros básica não é compatível com a pesquisa de "-unicorn e -phoenix" nos campos iguais ou diferentes, mas a interface de consulta de registros avançada é compatível.

2345 (text:2345)

Encontra todas as entradas de registro que contêm a string 2345. Os números nas entradas geralmente são representados como strings. Portanto, isso corresponde a 123456, por exemplo.

Pesquisas que não atendem às expectativas

uni* (text:uni*)
Esta não é uma pesquisa de caracteres curinga de expressão regular. Ela encontra todas as entradas de registro que contêm a string de quatro caracteres "uni*". A interface de consulta básica não é compatível com pesquisas de expressões regulares, e não é possível aplicar caracteres curinga especiais, como * ou ?. Para usar expressões regulares na interface de consulta avançada, consulte Como consultar entradas usando expressões regulares.
2017-02-05 (text:2017-02-05)
Isso não corresponde aos carimbos de data/hora da entrada de registro. Essa pesquisa encontra todas as entradas de registro que contêm a string 2017-02-05 em qualquer campo , exceto timestamp. É possível pesquisar as entradas de registro se elas tiverem strings de data no payload ou em outros campos. Também é possível usar o menu Pular para data. A interface de consultas avançadas de registros permite usar pesquisas que especificam um intervalo de carimbo de data/hora.
200..299 (text:200..299)
Nenhuma correspondência encontrada para 250 A pesquisa da interface de consulta básica encontra entradas de registro que contêm a string de oito caracteres "200..299". Essa notação de intervalo só é permitida em pesquisas restritas a campos com números inteiros. Acesse Como pesquisar campos específicos nesta página.
unicorn NOT phoenix (text:unicorn text:NOT text:phoenix)
unicorn OR phoenix (text:unicorn text:OR text:phoenix)
Essas não são pesquisas de texto booleanas porque a inclusão de operadores booleanos (AND, OR, NOT ou AND NOT) não é compatível com pesquisas de texto na consulta de registros básica. Se você incluir vários termos de pesquisa de texto, os termos serão implicitamente vinculados por OR. Em vez do operador booleano NOT, é possível usar o operador - (menos). Para detalhes, consulte Exemplos comuns de pesquisa básica nesta página.

Como pesquisar campos específicos

É possível restringir a pesquisa a um campo específico: basta adicionar o nome do campo e um sinal de dois pontos na frente dos termos de pesquisa. O nome do campo substitui text: em pesquisas de todos os campos. Conforme você digita na caixa de consulta de pesquisa, você vê uma lista de campos correspondentes:

A caixa de consulta de pesquisa mostrando os campos correspondentes.

Nos exemplos a seguir, status: é o código de status HTTP de número inteiro e path: é o caminho HTTP na solicitação:

path:query
Encontra entradas de registro com caminho HTTP que contém query em letras maiúsculas e/ou minúsculas, por exemplo, /query ou /App/Query/17.
path:*
Encontra entradas de registro que contém um campo path. Esse é um uso especial do caractere asterisco (*). Geralmente, ele não é tratado como um caractere especial.
status:200
Exibe entradas de registro com um status de exatamente 200. A pesquisa não corresponde, por exemplo, a um status de 2000. Como status é conhecido como um campo de número inteiro, a comparação é numérica.
status:abc
Inválido porque status é conhecido por conter um número inteiro.
status:400..499
Encontra entradas de registro com um status HTTP de 400 até 499. Os intervalos só estão disponíveis para campos que contêm números inteiros. Se você usa um intervalo em outros campos, ele é interpretado como uma única string que contém caracteres ..
path:query unicorn
Encontra entradas de registro com campos path que contêm query e que contêm unicorn em qualquer campo. Como unicorn não é precedido por um nome de campo, é como se você tivesse escrito text:unicorn. Quando você inclui termos de pesquisa em campos diferentes, ou em campos e text:, os termos são implicitamente relacionados a e.
path:query path:status
Encontra entradas de registro com campo path que contém query ou status. Os termos de pesquisa são implicitamente relacionados a ou quando você inclui vários deles.
path:query status:200 path:status status:500..502
Encontra entradas de registro com caminhos que contêm query ou status, e que têm status valores de 200, 500, 501, ou 502. Em outras palavras, or se vincula mais do que e, e a ordem dos termos de pesquisa não importa.

Solução de problemas

Se você não souber ao certo por que sua pesquisa não está funcionando na interface de consultas básicas de registros, alterne rapidamente para a interface de consulta avançada:

  1. Selecione Converter para filtro avançado usando o menu suspenso na caixa de consulta de pesquisa.

  2. Observe a caixa de consulta de pesquisa para ver se ela é a que você precisa.

  3. Retorne à interface de consulta básica usando o botão Voltar do navegador. Ao selecionar essa opção, você volta para as seleções anteriores na interface de consulta básica.

  4. Se você tiver identificado consultas não intencionais na etapa 2, será possível alterá-las ou limpá-las na caixa de consulta de pesquisa, no menu de seleção básico ou no menu de seleção de intervalo de tempo.

A seguir, você vê outros motivos para não visualizar todas as entradas de registro esperadas.

  • Não é possível ver entradas de registro anteriores ao período de armazenamento do Logging. Para o período de armazenamento de registros ativo, veja esta página.

  • Durante períodos de muita atividade, pode haver um tempo de espera no envio de registros para o Logging ou no recebimento e exibição dos registros.

  • O visualizador de registros não mostra as entradas de registro que têm carimbo de data/hora no futuro até que esses momentos cheguem. Essa é uma situação incomum causada provavelmente por um desvio no tempo do aplicativo que envia os registros.