Como configurar o gerenciamento de tráfego para balanceadores de carga HTTP(S) externos

O balanceamento de carga HTTP(S) externo é compatível com vários tipos de gerenciamento de tráfego, como redirecionamentos e regravações de URL. Você aprenderá a usar o gerenciamento de tráfego em alguns casos específicos. Outros casos de uso são possíveis.

  • Redirecionamento de URL. O redirecionamento de URL (às vezes chamado de encaminhamento de URL) redireciona os visitantes do seu domínio para um URL diferente. Por exemplo, é possível responder a todas as solicitações HTTP recebidas com respostas instruindo o cliente a converter para solicitações HTTPS. Os redirecionamentos usam códigos de status HTTP, como 301 e 302.
  • Regravação de URL. Com as regravações de URL, os usuários e mecanismos de pesquisa podem usar URLs mais fáceis de lembrar e encontrar. Por exemplo, é possível permitir que os usuários usem um URL como www.mydomain.com/static/images/, mesmo que o conteúdo real esteja hospedado em www.myorigin.com/august_snapshot/images/.
  • Roteamento baseado em cabeçalhos e parâmetros de consulta. Com o roteamento baseado em cabeçalho e em parâmetros de consulta, o balanceador de carga pode rotear o tráfego de forma inteligente com base em cabeçalhos HTTP e parâmetros de URL de solicitação.

Para entender como o gerenciamento de tráfego funciona para o balanceamento de carga HTTP(S), consulte Visão geral do gerenciamento de tráfego.

Para ver exemplos detalhados, consulte os seguintes guias: