Como criar um cluster

Esta página mostra como criar um cluster de zona única usando os recursos padrão ativados do Google Kubernetes Engine. Para saber como ativar ou configurar um recurso específico do GKE no cluster, consulte a documentação desse recurso. Outra sugestão é ler mais sobre os tipos de clusters que podem ser criados.

Depois de criar um cluster, não é possível alterá-lo de regional para zonal.

Antes de começar

Prepare-se para a tarefa seguindo essas etapas:

  • Verifique se você ativou a API Google Kubernetes Engine.
  • Ativar a API do Google Kubernetes Engine
  • Verifique se o SDK do Cloud está instalado.
  • Defina o ID do projeto padrão:
    gcloud config set project [PROJECT_ID]
  • Se você estiver trabalhando com clusters zonais, defina a zona do Compute padrão:
    gcloud config set compute/zone [COMPUTE_ZONE]
  • Se você estiver trabalhando com clusters regionais, defina a região do Compute padrão:
    gcloud config set compute/region [COMPUTE_REGION]
  • Atualize gcloud para a versão mais recente:
    gcloud components update

Como criar um cluster de zona única

É possível criar um cluster de zona única usando gcloud ou o Console do Google Cloud.

gcloud

Para criar um cluster com a ferramenta de linha de comando gcloud, use um dos comandos gcloud container clusters a seguir.

Substitua os valores de rótulo, como [CLUSTER_NAME], pelos valores apropriados.

Como usar um canal de lançamento:

Substitua [CHANNEL] pelo nome do canal de lançamento, um entre stable, regular ou rapid. Os clusters inscritos no canal rapid não são compatíveis com as cargas de trabalho de produção.

gcloud beta container clusters create [CLUSTER_NAME] \
    --zone [COMPUTE_ZONE] \
    --release-channel [CHANNEL]

Como usar a versão padrão:

gcloud container clusters create [CLUSTER_NAME] \
    --zone [COMPUTE_ZONE]

Como usar uma versão específica:

Substitua [VERSION] por uma versão específica.

gcloud container clusters create [CLUSTER_NAME] \
    --zone [COMPUTE_ZONE] \
    --cluster-version [VERSION]

Para ver a lista completa de sinalizações opcionais, consulte a documentação de gcloud container clusters create.

Console

Para criar um cluster de zona única usando o Console do Cloud:

  1. Acesse o menu do Google Kubernetes Engine no Console do Cloud.

    Acessar o menu do Google Kubernetes Engine

  2. Clique em Criar cluster.

  3. Escolha o Cluster padrão ou um modelo apropriado para a carga de trabalho.

  4. Escolha a versão do cluster selecionando uma destas opções:

    • Escolha o canal de lançamento em que o cluster está inscrito. Seu cluster e os pools de nós receberão upgrade automático nesse canal.
    • Escolha uma versão específica do GKE. O upgrade automático é ativado por padrão, e seu cluster e os respectivos pools de nós receberão upgrade automático quando a versão atual for selecionada para o upgrade automático.
    • Escolha a versão padrão. O upgrade automático é ativado por padrão, e seu cluster e os respectivos pools de nós receberão upgrade automático quando a versão atual for selecionada para o upgrade automático.

    Recomenda-se o uso de canais de lançamento. Se você precisar especificar uma versão, é recomendável deixar o upgrade automático ativado.

  5. Personalize o modelo se necessário. Os seguintes campos são obrigatórios:

    • Nome: o nome que você escolheu para o cluster. Ele precisa ser exclusivo no projeto e na zona.
    • Tipo de local: define se todos os nós no cluster estão na mesma zona ou podem estar em qualquer zona de uma determinada região.
    • Zona: a zona do Compute Engine em que o cluster será criado se Tipo de local for Zonal.
    • Região: a zona do Compute Engine em que o cluster será criado se o Tipo de local for Regional.
    • Pool de nós:
      • Tamanho do cluster: o número de nós a serem criados no cluster. É preciso ter uma cota de recursos disponível para os nós e os respectivos recursos, como rotas de firewall.
      • Tipo de máquina: o tipo de máquina do Compute Engine a ser usado nas instâncias. A cobrança varia de acordo com cada tipo de máquina. O tipo de máquina padrão é n1-standard-1. Para informações sobre preços de tipos de máquina, consulte a tabela de preços.
  6. Clique em Criar.

Depois de criar um cluster, é preciso configurar a kubectl antes de interagir com o cluster a partir da linha de comando.

A seguir