Como registrar eventos do aplicativo com Java

Nesta parte do tutorial do Bookshelf para Java, confira como incorporar a geração de registros detalhados em um app para detectar, depurar e monitorar possíveis problemas.

Esta página faz parte de um tutorial com várias páginas. Para começar do início e ver as instruções de configuração, acesse App Bookshelf para Java.

Como executar o aplicativo na máquina local

Para executar o app localmente:

  1. No diretório getting-started-java/bookshelf-standard/5-logging, insira este comando para iniciar um servidor da web local:

    mvn -Plocal clean appengine:devserver -Dbookshelf.bucket=[YOUR-BUCKET]
    Substitua [YOUR_BUCKET] pelo nome do seu intervalo.
  2. Em seu navegador, navegue até http://localhost:8080.

Como implantar o app no ambiente padrão do App Engine

Para implantar no ambiente padrão do App Engine:

  1. Faça um teste completo do aplicativo Bookshelf localmente, inclusive com a criação de pelo menos um livro e um clique em Meus livros. Com isso, você cria um índice obrigatório de Cloud Datastore que é carregado com o Bookshelf. Observe que se você criar o aplicativo usando clean, o índice local será excluído, desse modo, faça isso na versão do aplicativo que vai implantar.
  2. No diretório getting-started-java/bookshelf-standard/5-logging, insira este comando para implantar o app:
    mvn appengine:update -Dappengine.appId=[YOUR-PROJECT-ID] -Dappengine.version=[YOUR-VERSION] -Dbookshelf.bucket=[YOUR-BUCKET].appspot.com
    Substitua [YOUR-PROJECT-ID] pelo código do projeto e [YOUR-VERSION] pela versão, por exemplo, 1, 2 ou outro valor de string que você queira usar.
  3. No navegador da Web, digite este endereço.
    https://[YOUR-PROJECT-ID].appspot.com
    Substitua [YOUR-PROJECT-ID] pelo código do projeto.

Depois de atualizar o app, você poderá implantar novamente a versão atualizada inserindo o mesmo comando usado para implantar o app na primeira vez, especificando o mesmo código de projeto e versão, substituindo assim o app implantando atualmente. Se você especificar uma string de versão diferente na linha de comando de atualização, a nova implantação criará uma nova versão do seu app e a definirá como a versão atual em veiculação.

Reduza custos excluindo as versões do app que não estão veiculadas.

Para excluir uma versão do aplicativo:

  1. No Console do GCP, acesse a página "Versões do App Engine".

    Acessar a página Versões

  2. Clique na caixa de seleção ao lado da versão do aplicativo não padrão que você quer excluir.
  3. Clique no botão Excluir na parte superior da página para excluir a versão do aplicativo.

Para informações detalhadas sobre a remoção de recursos faturáveis, consulte a seção Como fazer a limpeza na etapa final deste tutorial.

Ver registros

Durante a execução do app Bookshelf, ele grava dados da geração de registros coletados e disponibilizados no Console do GCP. É possível utilizar as ferramentas de monitoramento de registros no Console do GCP para analisar os registros diretamente. Se você quiser ver uma análise mais detalhada, use o Console do GCP para fazer streaming ou importar os registros do app para o BigQuery. Também é possível exportá-los para um intervalo do Cloud Storage.

Gerar registros no console

Estrutura do aplicativo

O diagrama a seguir mostra como o aplicativo processa registros quando é implantado no ambiente padrão do App Engine.

Exemplo de estrutura de geração de registros - Ambiente padrão do App Engine

Como entender o código

Há muitos pacotes de registros Java compatíveis com o ambiente padrão do App Engine. Aqui é usado java.util.logging, porque é o pacote mais conhecido. Cada classe precisa de um Logger instanciado da seguinte forma:

private final Logger logger = Logger.getLogger(ReadBookServlet.class.getName());

O método log tem um valor de nível e uma string. Para mais informações, consulte Level Java. Os valores possíveis para o nível são:

Também é possível fazer o registro usando um dos métodos de atalho: config, info, warning ou severe.

logger.log(Level.INFO, "Read book with id {0}", id);

Os níveis de geração de registros geralmente definidos a partir de arquivos de propriedades, também podem ser configurados e alterados em logging.properties :

# A default java.util.logging configuration.
# (All App Engine logging is through java.util.logging by default).

# Set the default logging level for all loggers to INFO
.level = INFO
handlers=java.util.logging.ConsoleHandler
java.util.logging.ConsoleHandler.level=FINEST
java.util.logging.ConsoleHandler.formatter=java.util.logging.SimpleFormatter
java.util.logging.SimpleFormatter.format = [%1$tc] %4$s: %2$s - %5$s %6$s%n

Como entender a configuração da geração de registros

Quando o aplicativo de exemplo é executado no ambiente padrão do App Engine, os registros do aplicativo são coletados automaticamente pelo Cloud Logging e disponibilizados para exibição, pesquisa e exportação no visualizador de registros no Console do GCP.

Neste exemplo, todos os registros são gravados em stderr/stdout.

Como fazer a limpeza

Para evitar que os recursos usados nesse tutorial sejam cobrados na conta do Google Cloud Platform:

Excluir o projeto

O jeito mais fácil de evitar cobranças é excluindo o projeto que você criou para o tutorial.

Para excluir o projeto:

  1. No Console do GCP, acesse a página "Projetos".

    Acessar a página Projetos

  2. Na lista de projetos, selecione um e clique em Excluir projeto.
  3. Na caixa de diálogo, digite o código do projeto e clique em Encerrar para excluí-lo.

Excluir versões não padrão do app

Se você não quer excluir seu projeto, pode reduzir custos excluindo versões não padrão do app.

Para excluir uma versão do aplicativo:

  1. No Console do GCP, acesse a página "Versões do App Engine".

    Acessar a página Versões

  2. Clique na caixa de seleção ao lado da versão do aplicativo não padrão que você quer excluir.
  3. Clique no botão Excluir na parte superior da página para excluir a versão do aplicativo.

Excluir o intervalo do Google Cloud Storage

Para excluir um intervalo do Google Cloud Storage:

  1. No Console do GCP, acesse o navegador do Cloud Storage.

    Acessar o navegador do Cloud Storage

  2. Marque a caixa de seleção ao lado do intervalo que você quer excluir.
  3. Para excluir o intervalo, clique no botão Excluir no topo da página.

Próximas etapas

Saiba mais sobre o uso de Java no ambiente padrão do App Engine.

Conheça outros recursos do Google Cloud Platform. Consulte nossos tutoriais.

Esta página foi útil? Conte sua opinião sobre:

Enviar comentários sobre…