Analisar e aplicar recomendações

Nesta página, explicamos como visualizar, entender e aplicar recomendações de papel. As recomendações de papéis ajudam a aplicar o princípio do menor privilégio, garantindo que os participantes tenham apenas as permissões de que realmente precisam.

Antes de começar

Permissões do IAM obrigatórias

Nesta seção, descrevemos as permissões do IAM necessárias para trabalhar com recomendações de papéis.

Ver recomendações

Para visualizar as recomendações de papel, você precisa ter as seguintes permissões para o projeto, a pasta ou a organização que está visualizando, em que RESOURCE_TYPE é o tipo de recurso para o qual você está visualizando as recomendações (projects, folders ou organizations).

  • iam.roles.get
  • iam.roles.list
  • recommender.iamPolicyRecommendations.get
  • recommender.iamPolicyRecommendations.list
  • resourcemanager.RESOURCE_TYPE.getIamPolicy

Para receber estas permissões seguindo o princípio do menor privilégio, peça ao administrador para conceder a você os seguintes papéis predefinidos:

  • Leitor de papel (roles/iam.roleViewer)
  • Visualizador do Recomendador do IAM (roles/recommender.iamViewer) ou Revisor de segurança do IAM (roles/iam.securityReviewer)

Como alternativa, o administrador pode conceder a você um papel diferente que inclua as permissões necessárias, como um papel personalizado ou um papel predefinido mais permissivo

Aplicar e dispensar recomendações

Para aplicar e dispensar recomendações de papel de recomendações, você precisa ter as seguintes permissões para o projeto, a pasta ou a organização que está gerenciando, em que RESOURCE_TYPE é o tipo de recurso para o qual você está gerenciando recomendações (projects, folders ou organizations).

  • iam.roles.get
  • iam.roles.list
  • recommender.iamPolicyRecommendations.get
  • recommender.iamPolicyRecommendations.list
  • recommender.iamPolicyRecommendations.update
  • resourcemanager.RESOURCE_TYPE.getIamPolicy
  • resourcemanager.RESOURCE_TYPE.setIamPolicy

Para receber estas permissões seguindo o princípio do menor privilégio, peça ao administrador para conceder a você os seguintes papéis predefinidos:

  • Leitor de papel (roles/iam.roleViewer)
  • Administrador de recomendações do IAM (roles/recommender.iamAdmin)
  • Um dos seguintes papéis, dependendo do tipo de recurso para que você está gerenciando recomendações:

    • Projetos: administrador de IAM do projeto (roles/resourcemanager.projectIamAdmin)
    • Pastas: administrador de IAM da pasta (roles/resourcemanager.folderIamAdmin)
    • Organizações: administrador da organização (roles/resourcemanager.organizationAdmin)

Como alternativa, o administrador pode conceder a você um papel diferente que inclua as permissões necessárias, como um papel personalizado ou um papel predefinido mais permissivo

Analisar e aplicar recomendações

A maneira mais fácil de avaliar e aplicar as recomendações é usando o Console do Google Cloud. Além disso, se você quiser criar um papel personalizado automaticamente ao aplicar uma recomendação, use o Console do Cloud.

Você também pode avaliar e aplicar recomendações com a ferramenta de linha de comando gcloud e a API Recommender.

Console

  1. No Console do Cloud, acesse a página IAM.

    Acessar IAM

  2. Selecione um projeto, pasta ou organização.

  3. Na lista de participantes que têm acesso ao seu projeto, encontre a coluna Permissões analisadas.

    Para cada papel concedido a um participante, essa coluna mostra todos os insights relacionados à segurança. Esses insights destacam padrões na maneira como os participantes acessam os recursos. Por exemplo, alguns insights destacam as permissões em excesso ou as permissões que um membro não precisa:

    Se houver uma recomendação disponível para resolver um insight, o console exibirá o ícone Recomendação disponível .

  4. Se houver recomendações para avaliar, clique em um ícone de Recomendação disponível para ver detalhes da recomendação.

    Se a recomendação for substituir o papel, a recomendação do papel sempre irá sugerir um conjunto de papéis predefinidos que é possível aplicar.

    Em alguns casos, a recomendação do papel também sugere a criação de um novo papel personalizado no nível do projeto. Se uma recomendação de papel personalizado estiver disponível, o Console do Cloud a mostrará por padrão. Para alternar para a recomendação de papel predefinido, clique em Visualizar papel predefinido recomendado.

  5. Avalie a recomendação com atenção e entenda como ela irá alterar o acesso do participantes aos recursos do Google Cloud. Exceto no caso de recomendações para contas de serviço gerenciadas pelo Google, uma recomendação nunca aumenta o nível de acesso de um participante. Consulte Como as recomendações de papel são geradas para mais informações.

    Para saber como analisar as recomendações no console, consulte Revisar recomendações nesta página.

  6. Opcional: se a recomendação for criar um papel personalizado, atualize o Título, a Descrição, o ID e a Etapa de criação do papel conforme necessário.

    Se for necessário adicionar permissões ao papel personalizado, clique em Adicionar permissões.

    Se for necessário remover permissões do papel personalizado, desmarque a caixa de seleção de cada permissão que você queira remover.

  7. Tome providências com relação à recomendação.

    Para aplicar a recomendação, clique em Aplicar ou Criar e aplicar. Se mudar de ideia nos próximos 90 dias, use o histórico de recomendações para reverter a escolha.

    Para dispensar a recomendação, clique em Dispensar e confirme sua escolha. É possível restaurar uma recomendação dispensada, desde que a recomendação ainda seja válida.

  8. Repita as etapas anteriores até ter avaliado todas as recomendações.

gcloud

Revisar suas recomendações:

Para listar as recomendações, execute o comando gcloud recommender recommendations list:

gcloud recommender recommendations list \
    --location=global \
    --recommender=google.iam.policy.Recommender \
    --RESOURCE_TYPE=RESOURCE_ID \
    --format=FORMAT

Substitua os seguintes valores:

  • RESOURCE_TYPE: o tipo de recurso para que você quer listar recomendações. Use o valor project, folder ou organization.
  • RESOURCE_ID: o ID do projeto, da pasta ou da organização do Google Cloud para que você quer listar recomendações. Os IDs do projeto são strings alfanuméricas, como my-project. Os IDs de pastas e organizações são numéricos, como 123456789012.
  • FORMAT: o formato da resposta. Use json ou yaml.

A resposta é semelhante ao exemplo a seguir. Neste exemplo, uma conta de serviço não usou permissões do papel "Administrador" do Compute (roles/compute.admin) nos últimos 90 dias. Assim, a recomendação do papel sugere que você revogue o papel:

[
  {
    "associatedInsights": [
      {
        "insight": "projects/123456789012/locations/global/insightTypes/google.iam.policy.Insight/insights/279ef748-408f-44db-9a4a-1ff8865b9839"
      }
    ],
    "content": {
      "operationGroups": [
        {
          "operations": [
            {
              "action": "remove",
              "path": "/iamPolicy/bindings/*/members/*",
              "pathFilter": {
                "/iamPolicy/bindings/*/condition/expression": "",
                "/iamPolicy/bindings/*/members/*": "serviceAccount:id-1234567890@example-project.iam.gserviceaccount.com",
                "/iamPolicy/bindings/*/role": "roles/compute.admin"
              },
              "resource": "//cloudresourcemanager.googleapis.com/projects/example-project",
              "resourceType": "cloudresourcemanager.googleapis.com/Project"
            }
          ]
        }
      ]
    },
    "description": "This role has not been used during the observation window.",
    "recommenderSubtype": "REMOVE_ROLE",
    "etag": "\"770237e2c0decf40\"",
    "lastRefreshTime": "2020-01-09T06:06:17Z",
    "name": "projects/123456789012/locations/global/recommenders/google.iam.policy.Recommender/recommendations/fb927dc1-9695-4436-0000-f0f285007c0f",
    "primaryImpact": {
      "category": "SECURITY",
      "securityProjection": {
        "details": {
          "revokedIamPermissionsCount": 708
        }
      }
    },
    "priority": "P4",
    "stateInfo": {
      "state": "ACTIVE"
    }
  }
]

Avalie cada recomendação com cuidado e veja como isso mudará o acesso do participante aos recursos do Google Cloud. Para saber como avaliar as recomendações da ferramenta gcloud, consulte Analisar recomendações nesta página.

Para aplicar uma recomendação:

  1. Use o comando gcloud recommender recommendations mark-claimed para alterar o estado da recomendação para CLAIMED,, o que impede que a recomendação seja alterada enquanto você a aplica:

    gcloud recommender recommendations mark-claimed \
        RECOMMENDATION_ID \
        --location=global \
        --recommender=google.iam.policy.Recommender \
        --RESOURCE_TYPE=RESOURCE_ID \
        --format=FORMAT \
        --etag=ETAG \
        --state-metadata=STATE_METADATA
    

    Substitua os seguintes valores:

    • RECOMMENDATION_ID: o identificador exclusivo da recomendação. Esse valor é exibido no final do campo name na recomendação. No exemplo mostrado acima, o ID é fb927dc1-9695-4436-0000-f0f285007c0f.
    • RESOURCE_TYPE: o tipo de recurso para que você quer gerenciar recomendações. Use o valor project, folder ou organization.
    • RESOURCE_ID: o ID do projeto, da pasta ou da organização do Google Cloud para que você quer gerenciar recomendações. Os IDs do projeto são strings alfanuméricas, como my-project. Os IDs de pastas e organizações são numéricos, como 123456789012.
    • FORMAT: o formato da resposta. Use json ou yaml.
    • ETAG: o valor do campo etag na recomendação, como "dd0686e7136a4cbb". Observe que esse valor pode incluir aspas.
    • STATE_METADATA: opcional. Pares de chave-valor separados por vírgula que contenham a opção de metadados sobre a recomendação. Por exemplo, --state-metadata=reviewedBy=alice,priority=high. Os metadados substituem o campo stateInfo.stateMetadata na recomendação.

    Se o comando for bem-sucedido, a resposta mostrará a recomendação em um estado CLAIMED, conforme mostrado no exemplo a seguir. Para esclarecer, o exemplo omite a maioria dos campos:

    [
      {
        "description": "This role has not been used during the observation window.",
        "recommenderSubtype": "REMOVE_ROLE",
        "etag": "\"df7308cca9719dcc\"",
        "name": "projects/123456789012/locations/global/recommenders/google.iam.policy.Recommender/recommendations/fb927dc1-9695-4436-0000-f0f285007c0f",
        "stateInfo": {
          "state": "CLAIMED",
          "stateMetadata": {
            "reviewedBy": "alice",
            "priority": "high"
          }
        }
      }
    ]
  2. Veja a política do IAM do projeto e, em seguida, modifique a política para que ela reflita a recomendação.

  3. Se você tiver conseguido aplicar a recomendação, atualize o estado dela para SUCCEEDED. Caso contrário, atualize o estado para FAILED:

    gcloud recommender recommendations COMMAND \
        RECOMMENDATION_ID \
        --location=global \
        --recommender=google.iam.policy.Recommender \
        --RESOURCE_TYPE=RESOURCE_ID \
        --format=FORMAT \
        --etag=ETAG \
        --state-metadata=STATE_METADATA
    

    Substitua os seguintes valores:

    • COMMAND: use mark-succeeded se tiver conseguido aplicar a recomendação. Caso contrário, use mark-failed.
    • RECOMMENDATION_ID: o identificador exclusivo da recomendação. Esse valor é exibido no final do campo name na recomendação. No exemplo mostrado acima, o ID é fb927dc1-9695-4436-0000-f0f285007c0f.
    • RESOURCE_TYPE: o tipo de recurso para que você quer gerenciar recomendações. Use o valor project, folder ou organization.
    • RESOURCE_ID: o ID do projeto, da pasta ou da organização do Google Cloud para que você quer gerenciar recomendações. Os IDs do projeto são strings alfanuméricas, como my-project. Os IDs de pastas e organizações são numéricos, como 123456789012.
    • FORMAT: o formato da resposta. Use json ou yaml.
    • ETAG: o valor do campo etag na recomendação, como "dd0686e7136a4cbb". Observe que esse valor pode incluir aspas.
    • STATE_METADATA: opcional. Pares de chave-valor separados por vírgula que contenham a opção de metadados sobre a recomendação. Por exemplo, --state-metadata=reviewedBy=alice,priority=high. Os metadados substituem o campo stateInfo.stateMetadata na recomendação.

    Por exemplo, se você tiver marcado a recomendação como bem-sucedida, a resposta mostrará a recomendação em um estado SUCCEEDED. Para esclarecer, este exemplo omite a maioria dos campos:

    [
      {
        "description": "This role has not been used during the observation window.",
        "recommenderSubtype": "REMOVE_ROLE",
        "etag": "\"dd0686e7136a4cbb\"",
        "name": "projects/123456789012/locations/global/recommenders/google.iam.policy.Recommender/recommendations/fb927dc1-9695-4436-0000-f0f285007c0f",
        "stateInfo": {
          "state": "SUCCEEDED",
          "stateMetadata": {
            "reviewedBy": "alice",
            "priority": "high"
          }
        }
      }
    ]

REST

Estas instruções presumem que você tenha se autenticado e definido a variável de ambiente GOOGLE_APPLICATION_CREDENTIALS.

Revisar suas recomendações:

O método recommendations.list da API Recommender lista todas as recomendações disponíveis para seu projeto.

Antes de usar os dados da solicitação abaixo, faça as substituições a seguir:

  • RESOURCE_TYPE: o tipo de recurso para que você quer gerenciar recomendações. Use o valor projects, folders ou organizations.
  • RESOURCE_ID: o ID do projeto, da pasta ou da organização do Google Cloud para que você quer gerenciar recomendações. Os IDs do projeto são strings alfanuméricas, como my-project. Os IDs de pastas e organizações são numéricos, como 123456789012.
  • PAGE_SIZE: opcional. O número máximo de resultados a serem retornados a partir dessa solicitação. Se não especificado, o servidor determinará o número de resultados a serem retornados. Se o número de recomendações for maior que o tamanho da página, a resposta conterá um token de paginação que é possível usar para recuperar a próxima página de resultados.
  • PAGE_TOKEN: opcional. O token de paginação retornado em uma resposta anterior desse método. Se especificada, a lista de recomendações começará onde a solicitação anterior foi finalizada.
  • FILTER: opcional. Uma expressão de filtro para restringir as recomendações retornadas. É possível filtrar as recomendações com base no campo stateInfo.state. Por exemplo, stateInfo.state:"DISMISSED" ou stateInfo.state:"FAILED".

Método HTTP e URL:

GET https://recommender.googleapis.com/v1/RESOURCE_TYPE/RESOURCE_ID/locations/global/recommenders/google.iam.policy.Recommender/recommendations?pageSize=PAGE_SIZE&pageToken=PAGE_TOKEN&filter=FILTER

Para enviar a solicitação, expanda uma destas opções:

A resposta é semelhante ao exemplo a seguir. Neste exemplo, uma conta de serviço no projeto example-project não usou nenhuma permissão do papel Administrador do Compute (roles/compute.admin) nos últimos 90 dias. Assim, o Recomendador sugere que você revogue o papel:

{
  "recommendations": [
    "name": "projects/123456789012/locations/global/recommenders/google.iam.policy.Recommender/recommendations/fb927dc1-9695-4436-0000-f0f285007c0f",
    "description": "This role has not been used during the observation window.",
    "lastRefreshTime": "2020-01-09T06:06:17Z",
    "primaryImpact": {
      "category": "SECURITY",
      "securityProjection": {
        "details": {
          "revokedIamPermissionsCount": 708
        }
      }
    },
    "priority": "P4",
    "content": {
      "operationGroups": [
        {
          "operations": [
            {
              "action": "remove",
              "path": "/iamPolicy/bindings/*/members/*",
              "pathFilter": {
                "/iamPolicy/bindings/*/condition/expression": "",
                "/iamPolicy/bindings/*/members/*": "serviceAccount:id-1234567890@example-project.iam.gserviceaccount.com",
                "/iamPolicy/bindings/*/role": "roles/compute.admin"
              },
              "resource": "//cloudresourcemanager.googleapis.com/projects/example-project",
              "resourceType": "cloudresourcemanager.googleapis.com/Project"
            }
          ]
        }
      ]
    },
    "stateInfo": {
      "state": "ACTIVE"
    }
    "etag": "\"770237e2c0decf40\"",
    "recommenderSubtype": "REMOVE_ROLE",
    "associatedInsights": [
      {
        "insight": "projects/123456789012/locations/global/insightTypes/google.iam.policy.Insight/insights/279ef748-408f-44db-9a4a-1ff8865b9839"
      }
  ]
}

Avalie cada recomendação com cuidado e veja como isso mudará o acesso do participante aos recursos do Google Cloud. Para saber como analisar as recomendações da API REST, consulte Revisar recomendações nesta página.

Para aplicar uma recomendação:

  1. Marque a recomendação como CLAIMED:

    O método recommendations.markClaimed da API Recommender marca uma recomendação como CLAIMED, o que impede que a recomendação seja alterada enquanto você a aplica.

    Antes de usar os dados da solicitação abaixo, faça as substituições a seguir:

    • RESOURCE_TYPE: o tipo de recurso para que você quer gerenciar recomendações. Use o valor projects, folders ou organizations.
    • RESOURCE_ID: o ID do projeto, da pasta ou da organização do Google Cloud para que você quer gerenciar recomendações. Os IDs do projeto são strings alfanuméricas, como my-project. Os IDs de pastas e organizações são numéricos, como 123456789012.
    • RECOMMENDATION_ID: o identificador exclusivo da recomendação. Esse valor é exibido no final do campo name na recomendação. Por exemplo, se o campo name for projects/example-project/locations/global/recommenders/google.iam.policy.Recommender/recommendations/fb927dc1-9695-4436-0000-f0f285007c0f, o ID de recomendação será fb927dc1-9695-4436-0000-f0f285007c0f.
    • ETAG: o valor do campo etag na recomendação, como "dd0686e7136a4cbb". Use barras invertidas para escapar das aspas, por exemplo, "\"df7308cca9719dcc\"".
    • STATE_METADATA: opcional. Um objeto que contém pares de chave-valor com a opção de metadados sobre a recomendação. Por exemplo, {"reviewedBy": "alice", "priority": "high"}. Os metadados substituem o campo stateInfo.stateMetadata na recomendação.

    Método HTTP e URL:

    POST https://recommender.googleapis.com/v1/RESOURCE_TYPE/RESOURCE_ID/locations/global/recommenders/google.iam.policy.Recommender/recommendations/RECOMMENDATION_ID:markClaimed

    Corpo JSON da solicitação:

    {
      "etag": "ETAG"
      "stateMetadata": {
        "STATE_METADATA"
    }
    

    Para enviar a solicitação, expanda uma destas opções:

    A resposta mostra a recomendação em um estado CLAIMED, conforme mostrado no exemplo a seguir. Para esclarecer, este exemplo omite a maioria dos campos:

    {
      "description": "This role has not been used during the observation window.",
      "stateInfo": {
        "state": "CLAIMED",
        "stateMetadata": {
          "reviewedBy": "alice",
          "priority": "high"
        }
      }
      "etag": "\"dd0686e7136a4cbb\"",
      "recommenderSubtype": "REMOVE_ROLE"
    }
    

  2. Veja a política do IAM do projeto e, em seguida, modifique a política para que ela reflita a recomendação.

  3. Se você tiver conseguido aplicar a recomendação, atualize o estado dela para SUCCEEDED. Caso contrário, atualize o estado para FAILED:

    SUCCEEDED

    O método recommendations.markSucceeded da API Recommender marca uma recomendação como SUCCEEDED, indicando que você conseguiu aplicá-la.

    Antes de usar os dados da solicitação abaixo, faça as substituições a seguir:

    • RESOURCE_TYPE: o tipo de recurso para que você quer gerenciar recomendações. Use o valor projects, folders ou organizations.
    • RESOURCE_ID: o ID do projeto, da pasta ou da organização do Google Cloud para que você quer gerenciar recomendações. Os IDs do projeto são strings alfanuméricas, como my-project. Os IDs de pastas e organizações são numéricos, como 123456789012.
    • RECOMMENDATION_ID: o identificador exclusivo da recomendação. Esse valor é exibido no final do campo name na recomendação. Por exemplo, se o campo name for projects/example-project/locations/global/recommenders/google.iam.policy.Recommender/recommendations/fb927dc1-9695-4436-0000-f0f285007c0f, o ID de recomendação será fb927dc1-9695-4436-0000-f0f285007c0f.
    • ETAG: o valor do campo etag na recomendação, como "dd0686e7136a4cbb". Use barras invertidas para escapar das aspas, por exemplo, "\"df7308cca9719dcc\"".
    • STATE_METADATA: opcional. Um objeto que contém pares de chave-valor com a opção de metadados sobre a recomendação. Por exemplo, {"reviewedBy": "alice", "priority": "high"}. Os metadados substituem o campo stateInfo.stateMetadata na recomendação.

    Método HTTP e URL:

    POST https://recommender.googleapis.com/v1/RESOURCE_TYPE/RESOURCE_ID/locations/global/recommenders/google.iam.policy.Recommender/recommendations/RECOMMENDATION_ID:markSucceeded

    Corpo JSON da solicitação:

    {
      "etag": "ETAG"
      "stateMetadata": {
        "STATE_METADATA"
    }
    

    Para enviar a solicitação, expanda uma destas opções:

    A resposta mostra a recomendação em um estado SUCCEEDED, conforme mostrado no exemplo a seguir. Para esclarecer, este exemplo omite a maioria dos campos:

    {
      "description": "This role has not been used during the observation window.",
      "stateInfo": {
        "state": "SUCCEEDED",
        "stateMetadata": {
          "reviewedBy": "alice",
          "priority": "high"
        }
      }
      "etag": "\"dd0686e7136a4cbb\"",
      "recommenderSubtype": "REMOVE_ROLE"
    }
    

    FAILED

    O método recommendations.markFailed da API Recommender marca uma recomendação como FAILED, indicando que não foi possível aplicá-la.

    Antes de usar os dados da solicitação abaixo, faça as substituições a seguir:

    • RESOURCE_TYPE: o tipo de recurso para que você quer gerenciar recomendações. Use o valor projects, folders ou organizations.
    • RESOURCE_ID: o ID do projeto, da pasta ou da organização do Google Cloud para que você quer gerenciar recomendações. Os IDs do projeto são strings alfanuméricas, como my-project. Os IDs de pastas e organizações são numéricos, como 123456789012.
    • RECOMMENDATION_ID: o identificador exclusivo da recomendação. Esse valor é exibido no final do campo name na recomendação. Por exemplo, se o campo name for projects/example-project/locations/global/recommenders/google.iam.policy.Recommender/recommendations/fb927dc1-9695-4436-0000-f0f285007c0f, o ID de recomendação será fb927dc1-9695-4436-0000-f0f285007c0f.
    • ETAG: o valor do campo etag na recomendação, como "dd0686e7136a4cbb". Use barras invertidas para escapar das aspas, por exemplo, "\"df7308cca9719dcc\"".
    • STATE_METADATA: opcional. Um objeto que contém pares de chave-valor com a opção de metadados sobre a recomendação. Por exemplo, {"reviewedBy": "alice", "priority": "high"}. Os metadados substituem o campo stateInfo.stateMetadata na recomendação.

    Método HTTP e URL:

    POST https://recommender.googleapis.com/v1/RESOURCE_TYPE/RESOURCE_ID/locations/global/recommenders/google.iam.policy.Recommender/recommendations/RECOMMENDATION_ID:markFailed

    Corpo JSON da solicitação:

    {
      "etag": "ETAG"
      "stateMetadata": {
        "STATE_METADATA"
    }
    

    Para enviar a solicitação, expanda uma destas opções:

    A resposta mostra a recomendação em um estado FAILED, conforme mostrado no exemplo a seguir. Para esclarecer, este exemplo omite a maioria dos campos:

    {
      "description": "This role has not been used during the observation window.",
      "stateInfo": {
        "state": "FAILED",
        "stateMetadata": {
          "reviewedBy": "alice",
          "priority": "high"
        }
      }
      "etag": "\"dd0686e7136a4cbb\"",
      "recommenderSubtype": "REMOVE_ROLE"
    }
    

Revisar recomendações

Console

Para ajudar você a entender o impacto da recomendação, o Console do Cloud mostra uma lista de permissões codificadas por cores e símbolos. Essa lista indica como as permissões do participante serão alteradas se você aplicar a recomendação.

Os tipos de permissão associados a cada cor e símbolo são os seguintes:

  • cinza sem símbolo: permissões que estão no papel atual do participante e nos papéis recomendados.

  • Vermelho com um sinal de menos : permissões que estão no papel atual do membro, mas não nos papéis recomendados porque o participante não os usou nos últimos 90 dias.

  • Verde com um sinal de adição : permissões que não estão no papel atual do participante, mas estão nos papéis recomendados. Esse tipo de permissão aparece somente em recomendações para contas de serviço gerenciadas pelo Google.

  • Azul com um ícone de Machine learning : permissões que estão no papel atual do participante e nos papéis recomendados, não porque o participante usou as permissões nos últimos 90 dias, mas porque o recomendador determinou por meio do machine learning que ele provavelmente precisará dessas permissões no futuro.

gcloud

Para detalhes sobre os campos de uma recomendação, consulte a referência Recommendation.

Para ver o uso da permissão na qual essa recomendação se baseia, consulte os insights associados a ela. Esses insights são listados no campo associatedInsights. Para visualizar um insight de política associado à recomendação, faça o seguinte:

  • Identifique quais insights no campo associatedInsights são insights de política Os insights de política têm o tipo de insight google.iam.policy.insight Esse tipo aparece depois de insightTypes no campo insight.
  • Copie o ID do insight de política. O ID é tudo depois de insights/ no campo insight. No exemplo anterior, o ID do insight é 279ef748-408f-44db-9a4a-1ff8865b9839.
  • Siga as instruções para receber um insight de política usando o ID do insight que você copiou.

Algumas recomendações também são associadas a insights de movimento lateral, que identificam papéis que permitem que contas de serviço em um projeto personifiquem contas de serviço em outro. Esses insights são listados no campo associatedInsights. Para visualizar um insight de movimento lateral associado à recomendação, faça o seguinte:

  • Identifique quais insights no campo associatedInsights são insights de movimento lateral. Os insights de movimento lateral têm o tipo de insight google.iam.policy.LateralMovementInsight. Esse tipo aparece depois de insightTypes no campo insight.
  • Copie o ID do insight de política. O ID é tudo depois de insights/ no campo insight. No exemplo anterior, o ID do insight é 279ef748-408f-44db-9a4a-1ff8865b9839.
  • Siga as instruções para receber um insight de movimento lateral, usando o ID do insight que você copiou.

REST

Para detalhes sobre os campos de uma recomendação, consulte a referência Recommendation.

Para ver o uso da permissão na qual essa recomendação se baseia, consulte os insights associados a ela. Esses insights são listados no campo associatedInsights. Para visualizar um insight de política associado à recomendação, faça o seguinte:

  • Identifique quais insights no campo associatedInsights são insights de política Os insights de política têm o tipo de insight google.iam.policy.insight Esse tipo aparece depois de insightTypes no campo insight.
  • Copie o ID do insight de política. O ID é tudo depois de insights/ no campo insight. No exemplo anterior, o ID do insight é 279ef748-408f-44db-9a4a-1ff8865b9839.
  • Siga as instruções para receber um insight de política usando o ID do insight que você copiou.

Algumas recomendações também são associadas a insights de movimento lateral, que identificam papéis que permitem que contas de serviço em um projeto personifiquem contas de serviço em outro. Esses insights são listados no campo associatedInsights. Para visualizar um insight de movimento lateral associado à recomendação, faça o seguinte:

  • Identifique quais insights no campo associatedInsights são insights de movimento lateral. Os insights de movimento lateral têm o tipo de insight google.iam.policy.LateralMovementInsight. Esse tipo aparece depois de insightTypes no campo insight.
  • Copie o ID do insight de política. O ID é tudo depois de insights/ no campo insight. No exemplo anterior, o ID do insight é 279ef748-408f-44db-9a4a-1ff8865b9839.
  • Siga as instruções para receber um insight de movimento lateral, usando o ID do insight que você copiou.

Ver, reverter e restaurar alterações

Depois de aplicar ou descartar uma recomendação para vinculação no nível do projeto, essa ação será exibida no histórico de recomendações.

Para ver o histórico, siga estas etapas:

  1. No Console do Cloud, acesse a página IAM.

    Acessar IAM

  2. Selecione um projeto, pasta ou organização.

  3. Próximo à parte superior da tela, clique em Histórico de recomendações.

    O Console do Cloud mostra uma lista de ações anteriores nas recomendações do IAM.

  4. Para visualizar detalhes sobre uma recomendação, clique na seta expansora .

    O Console do Cloud mostra detalhes sobre a ação que foi realizada, inclusive o participante que executou a ação:

  5. (Opcional) Se necessário, é possível reverter a recomendação, o que desfará as alterações feitas. Também é possível restaurar uma recomendação dispensada.

    Para reverter uma alteração aplicada anteriormente a uma recomendação, clique em Reverter. O Console do Cloud reverte as alterações para os papéis do participante. A recomendação não aparece mais no Console do Cloud.

    Para restaurar uma recomendação dispensada, clique em Restaurar. A recomendação ficará visível na página IAM do Console do Cloud. Nem papéis nem permissões são alterados.

A seguir