Cotas

Este documento descreve os limites da cota do Google Cloud Functions.

As cotas do Google Cloud Functions incluem três áreas:

  • Limites de recurso

    Afetam a quantidade total de recursos que as funções podem consumir.

  • Limites de tempo

    Afetam o tempo que algo pode ser executado.

  • Limites de taxa

    Afetam a taxa em que você pode chamar a API Cloud Functions e/ou usar recursos. Pense nas cotas de taxa como "recursos ao longo do tempo".

Veja abaixo mais detalhes sobre os diferentes tipos de limites.

Limites de recurso

Cota Descrição Limite Pode aumentar? Escopo
Número de funções O número total de funções que podem ser implantadas por projeto. 1.000 Não Por projeto
Tamanho máximo da implantação O tamanho máximo da implantação de uma única função. 100 MB (compactado) para fontes
500 MB (descompactado) para a soma de fontes com módulos
Não Por função
Tamanho máximo da solicitação HTTP descompactada Os dados enviados a funções HTTP em uma solicitação HTTP. 10 MB Não Por invocação
Tamanho máximo da resposta HTTP descompactada Os dados enviados a partir de funções HTTP em uma resposta HTTP. 10 MB Não Por invocação
Tamanho máximo dos eventos de funções em segundo plano Os dados enviados nos eventos para funções em segundo plano. 10 MB Não Por evento
Memória máxima da função Quantidade de memória que uma função pode usar. 2.048 MB Não Por função

Limites de tempo

Cota Descrição Limite Pode aumentar? Escopo
Duração máxima da função A quantidade máxima de tempo pelo que uma função pode ser executada antes de ser encerrada à força. 540 segundos Não Por invocação
Tempo máximo de criação O tempo máximo permitido para todas as criações. A criação da função é realizada durante a implantação. 120 minutos por dia Sim Por projeto

Limitações de taxa

Cota Descrição Limite Pode aumentar? Escopo
Invocações de função por segundo O número de invocações de função em um segundo. Se for excedido, todas as funções serão pausadas até o próximo período da cota. 100.000.000 a cada 100 segundos Sim Por região
GHz por segundo O número de GHz por segundo consumidos por todas as funções em execução. Por exemplo, uma função com 256 MB de memória, que corresponde a uma CPU de 400 MHz (consulte os preços do tempo de computação), consumirá 0,4 segundos de GHz se executada por 1 segundo. O tempo de uma função em execução é arredondado para cima em múltiplos de 100 ms. 100.000 segundos de GHz a cada 100 segundos Sim Por região
GHz por segundo a cada dia O número de segundos de GHz consumido por todas as funções em execução a cada dia. 10.000.000 de segundos de GHz a cada dia Sim Por projeto
Chamadas de API (READ) Chamadas para descrever ou listar funções por meio da API Cloud Functions. 5.000 a cada 100 segundos Sim Por projeto
Chamadas de API (WRITE) Chamadas para implantar ou excluir funções por meio da API Cloud Functions. 80 a cada 100 segundos Não 1 Por projeto
Chamadas de API (CALL) Chamadas para a API "call". 16 a cada 100 segundos Não 2 Por projeto
Dados de saída do soquete Transferência de dados a partir de todas as funções em execução, excluindo os dados de resposta HTTP. 10 GB a cada 100 segundos Sim Por região

Escalonabilidade

As Funções do Cloud invocadas por HTTP são escalonadas rapidamente para lidar com o tráfego de entrada, enquanto as funções em segundo plano têm um escalonamento mais gradual. O escalonamento de uma função é determinado por alguns fatores, incluindo:

  • o tempo necessário para a execução da função ser concluída (o escalonamento de funções de curta duração geralmente acontece para que seja possível lidar com solicitações simultâneas);
  • o tempo necessário para uma função ser inicializada em uma inicialização a frio (link em inglês);
  • limitações de taxa, conforme descrito acima;
  • a taxa de erro da sua função;
  • fatores temporários, como a carga regional e a capacidade do data center.
Funções de segundo plano (link em inglês) apresentam também os limites explicados abaixo. Esses limites não se aplicam a funções HTTP.

Outras cotas para funções de segundo plano

Cota Descrição Limite Pode aumentar? Escopo
Máximo de invocações simultâneas O número máximo de invocações simultâneas de uma única função
Exemplo: se o processamento de cada evento demorar 100 segundos, a taxa de invocação será limitada a 10 por segundo em média.
1.000 Não Por função
Taxa de invocação máxima A taxa máxima de eventos sendo processados por uma única função
Exemplo: se o processamento de um evento demorar 100 ms, a taxa de invocação será limitada a 1000 por segundo, mesmo que apenas 100 solicitações, em média, sejam processadas em paralelo.
1.000 por segundo Não Por função
Tamanho máximo de dados de eventos simultâneos O tamanho máximo total de eventos recebidos para invocações simultâneas de uma única função
Exemplo: se os eventos tiverem 1 MB e o processamento deles levar 10 segundos, em média, a taxa será de 1 evento por segundo, porque o 11º evento não será processado até que seja concluído o processamento de um dos 10 primeiros eventos.
10 MB Não Por função
Capacidade máxima de eventos recebidos A capacidade máxima de eventos recebidos para uma única função
Exemplo: se os eventos tiverem 1 MB, a taxa de invocação poderá ser no máximo 10 por segundo, mesmo se as funções forem concluídas com 100 ms.
10 MB por segundo Não Por função

Quando você atingir um limite da cota

Quando todo o recurso alocado é consumido por uma função, ele fica indisponível até que você renove ou aumente a cota. Isso significa que a função não será executada enquanto isso, assim como todas as outras funções no mesmo projeto. Uma função retorna um código de erro HTTP 500 quando um dos recursos excede a cota, e a função não pode ser executada.

Para aumentar as cotas acima dos padrões listados nesta página, acesse a Página de cotas do Cloud Functions e selecione as cotas que você quer modificar. Em seguida, clique em EDITAR COTAS, forneça as informações do usuário se for necessário e insira o novo limite para cada cota.

Esta página foi útil? Conte sua opinião sobre:

Enviar comentários sobre…

Documentação do Cloud Functions