Google Cloud e o meio ambiente

Desenvolvimento sustentável no Google Cloud Platform

Relatório ambiental Avaliação gratuita

Energia 100% renovável

Em 2017, o Google usará 100% de energia renovável nas operações globais e manterá o compromisso com a neutralidade de carbono. Isso inclui nossos data centers e o Google Cloud. Assim, ao escolher o Google Cloud Platform para executar tarefas de computação, armazenar dados e desenvolver aplicativos, você compensa sua pegada ecológica com energia limpa e reduz o impacto que exerce sobre o meio ambiente.
Alcançando nossa meta de compra de energia 100% renovável

Emissões reduzidas

Benefícios para os clientes
Você precisa pensar em muitos fatores ao escolher uma plataforma de nuvem: preço, segurança, abertura e, é claro, os produtos disponíveis. Acreditamos que o meio ambiente também é um fator importante. Uma nuvem sustentável não é apenas boa para o meio ambiente, mas também para seus negócios.
Redução das emissões computacionais para zero
Ao migrar a execução de um data center autogerenciado ou de uma instalação de localização para o GCP, a emissão diretamente associada ao armazenamento de dados e aos processos computacionais da sua empresa será nula.
Inicie uma VM sustentável
Seja produtivo e sustentável
As empresas que migraram para produtos do G Suite, como Gmail, Google Agenda, Documentos, Drive e Meet, relataram reduções no uso de energia de TI e nas emissões de carbono de 65% a 85%.
Ferramentas de colaboração responsável

Eficiência energética em alta velocidade

Aprendizado intensivo com menor gasto de energia
As cargas de trabalho de aprendizado de máquina exigem cálculos complexos que normalmente consomem muita energia. As TPUs do Google Cloud são projetadas com foco na eficiência do uso de energia, especificamente para acelerar as cargas de trabalho de aprendizado profundo em mais teraflops por watt se comparado aos processadores de uso geral.
Conheça nosso mecanismo de aprendizado de máquina
Arquivamento eficiente em termos de energia
O Google não apenas potencializa de maneira eficiente o armazenamento de dados de backup frio que você precisa manter em longo prazo, como também os disponibiliza na mesma velocidade de um backup quente.
Crie um intervalo neutro em carbono

Por que o Google Cloud Platform?

Nosso compromisso
Em 2017, o Google atingirá a meta de comprar energia renovável suficiente para suprir o consumo de todas as nossas operações globais. O Google comprará uma quantidade equivalente (ou mais) de energia renovável para cada unidade de eletricidade que usaremos como empresa. Também estamos comprometidos com manter operações neutras em carbono.
LEIA SOBRE NOSSO PROGRESSO

Compra de energia

O Google exige um alto padrão de qualidade para o tipo de energia renovável comprada por meio de contratos de compra de energia. Nós nos esforçamos para comprar energia renovável de projetos novos, o que substituirá e reduzirá a quantidade de energia não renovável usada na rede. Na verdade, o Google é o maior comprador corporativo de energia renovável do mundo.
Saiba mais sobre como tornamos a rede mais sustentável

Projetos de energia renovável do Google

EÓLICA
SOLAR

Data centers eficientes

O Google Cloud foi criado com foco em eficiência. Na maioria dos data centers, o uso de energia não associada à computação (ou "indireta", como resfriamento e conversão de energia) é quase equivalente ao uso resultante do abastecimento dos servidores. No Google, reduzimos essa sobrecarga para apenas 12%.
Saiba como isso é possível

Data centers mais inteligentes

Com o aprendizado de máquina do Google, podemos fazer a análise de grandes quantidades de dados do data center operacional para criar recomendações acionáveis, controles automatizados e 15% de eficiência energética adicional.
Saiba como usamos aprendizado de máquina nos nossos data centers
Resíduos
86% Resíduos desviados
36% de servidores remanufaturados
22% de componentes recondicionados
Energia
50% menos energia
1,12 PUE
Certificações
Certificação ISO 50001

Liderança no setor

Relatório do Greenpeace

O setor de TI é um grande consumidor de eletricidade e deve crescer exponencialmente no futuro. A decisão de usar um provedor de nuvem que compra grandes quantidades de energia renovável está nas suas mãos. Felizmente, o Greenpeace criou um comparativo de mercado para cada nuvem e deu ao Google uma classificação A em 2016.
Leia o relatório aqui

Outros recursos