Configurações do agente

Nesta página, descrevemos as várias configurações que podem ser aplicadas a um agente. Para acessá-las:

  1. acesse o Console do Dialogflow (em inglês);
  2. selecione seu agente próximo à parte superior do menu da barra lateral à esquerda;
  3. clique no botão de configurações settings ao lado do nome do agente.

Edição do agente

O padrão dos agentes é Dialogflow Standard Edition. Para alterar a edição de um agente:

  1. Role até a parte inferior do menu da barra lateral esquerda, onde a edição do agente é exibida
  2. Clique no link Editar ou Fazer upgrade.
  3. Selecione um plano.

Edição do Dialogflow

Se você usar vários projetos, o projeto do cliente será usado para determinar a edição.

Geral

Para acessar as configurações gerais, clique na guia General.

As seguintes configurações estão disponíveis:

  • Description: descrição do agente.
  • Fuso horário padrão: fuso horário padrão do agente.
  • Projeto do Google:
  • Versão da API: versão da API para o agente.
  • Recursos Beta: alterne para ativar os recursos Beta do agente.
  • Configuração de registros:
    • Registrar interações no Dialogflow: leia mais em Histórico e Treinamento.
    • Registrar interações no Google Cloud: leia mais sobre o Google Stackdriver. Essa opção estará disponível apenas se a opção Registrar interações no Dialogflow forem ativadas. A desativação da geração de registros do Dialogflow também desativa essa configuração.
  • Excluir agente: exclui completamente o agente. Essa ação não pode ser desfeita. Se o agente estiver compartilhado com outros usuários, é necessário removê-los do agente antes da exclusão. Consulte Gerenciamento de agentes.

Idiomas

Para acessar as configurações de idioma, clique na guia Language.

É possível definir o idioma padrão e vários idiomas adicionais. Para alguns idiomas raiz, também é possível adicionar uma ou mais localidades. Para mais informações, consulte Agentes multilíngues.

Configurações de machine learning (ML)

Para acessar as configurações de machine learning, clique na guia Configurações de ML.

Os agentes do Dialogflow usam algoritmos de machine learning para entender expressões de usuários finais, combiná-las com intents e extrair dados estruturados. Um agente aprende com frases de treinamento fornecidas por você e com os modelos de linguagem incorporados ao Dialogflow. Com base nesses dados, ele cria um modelo para tomar decisões sobre qual intent deve ser combinada com uma expressão do usuário final. Esse modelo é exclusivo para seu agente.

Por padrão, o Dialogflow atualiza o modelo de machine learning do agente sempre que você faz alterações em intents e entidades, importa, restaura ou treina um agente.

As seguintes configurações estão disponíveis:

  • Modo de correspondência: esta configuração define os algoritmos que precisam ser usados para correspondência em todas as intents em que o machine learning está ativado. Você pode selecionar um dos dois modos:

    • Híbrido: primeiro, este modo testa uma correspondência gramatical baseada em regras. Se uma correspondência não for feita, ele alternará para a correspondência de ML. Esse modo é o mais adequado para a maioria dos casos.
    • Somente ML: esse modo executa apenas a correspondência de ML.
  • Limiar de classificação de ML: para remover do filtro os resultados de falsos positivos e extrair uma variedade de entradas de linguagem natural correspondentes para o agente, ajuste o limiar de classificação de machine learning. Essa configuração controla a confiança de detecção de intent mínima necessária para uma correspondência de intent.

  • Correção ortográfica automática:

    Se esse recurso estiver ativado, e a entrada do usuário tiver um erro ortográfico ou gramatical, uma intent será escolhida como se a entrada estivesse correta. A resposta do intent de detecção conterá a entrada de usuário corrigida. Por exemplo, se um usuário digitar "Quero uma mçã", a frase será processada como se o usuário tivesse digitado "Quero uma maçã". Isso também se aplica a correspondências que envolvem entidades do sistema e personalizadas.

    A correção ortográfica está disponível para todos os idiomas aceitos no Dialogflow.

    Avisos e práticas recomendadas:

    • A correção ortográfica não corrige erros de reconhecimento de fala automático (ASR, na sigla em inglês). Portanto, não recomendamos ativá-la para agentes que usam entradas de ASR.
    • É possível que a entrada corrigida corresponda à intent errada. Isso pode ser corrigido com a inclusão de frases normalmente divergentes em exemplos negativos.
    • A correção ortográfica aumenta um pouco o tempo de resposta do agente.
    • A correção ortográfica não deve ser usada com o Actions on Google.
    • A correção ortográfica é treinada em consultas gerais do usuário. Se um agente for definido usando jargão específico do domínio, as correções poderão ser indesejadas.
  • Treinamento automático: ative ou desative o treinamento automático do agente sempre que ele for modificado.

  • Validação de agente: consulte o guia de validação de agente.

Exportar e importar

Para acessar as configurações de exportação e importação, clique na guia Exportar e Importar.

Esse recurso permite exportar/importar um agente para/de um arquivo zip para fazer backup de agentes ou transferi-los de uma conta para outra. É possível editar os arquivos JSON diretamente e importá-los novamente, mas a edição precisa ser feita no console ou na API do Dialogflow. Isso garante que as alterações sejam validadas pelo sistema e a solução de problemas seja mínima.

As seguintes opções estão disponíveis:

  • Exportar como ZIP: exporta o agente como um arquivo zip.
  • Restaurar do ZIP: substitui o agente atual pelo arquivo zip fornecido.
  • Importar do ZIP: adiciona intents e entidades ao agente atual a partir do arquivo zip fornecido. Se alguma intent ou entidade tiver o mesmo nome que o arquivo zip, ela será substituída.

Os itens a seguir não são incluídos na exportação de um agente e não são substituídos durante processos de importação ou restauração:

Ambientes

Para acessar as configurações dos ambientes, clique na guia Ambientes.

Versões e ambientes permitem que você implante várias versões do agente em ambientes separados e personalizáveis. Para mais informações, consulte Versões e ambientes.

Voz

Para acessar as configurações de fala, clique na guia Fala.

Estas são as configurações de reconhecimento de fala e síntese de fala. As seguintes configurações estão disponíveis:

  • Melhorar a qualidade de reconhecimento de fala
  • Conversão de texto em voz
    • Ativar a conversão automática de texto em voz: converte automaticamente as respostas de texto padrão para voz em todas as conversas. Consulte Detectar intent com saída de áudio.
    • Configuração de voz:
      • Idioma do agente: escolha o idioma padrão para síntese de voz.
      • Voz: escolha um modelo de síntese de voz.
      • Taxa de fala: ajusta a taxa de fala da voz.
      • Tom: ajusta o tom de voz.
      • Ganho de volume: ajusta o ganho de volume do áudio.
      • Perfil de efeitos de áudio: selecione os perfis de efeitos de áudio que você quer aplicar à voz sintetizada. O áudio de fala é otimizado nos dispositivos associados aos perfis selecionados. Por exemplo, fones de ouvido, alto-falante grande e chamada telefônica. Para uma lista de perfis disponíveis, consulte Como usar perfis de dispositivos para áudio gerado na documentação da Conversão de texto em voz.

Compartilhar

Para acessar as configurações de compartilhamento, clique na guia Compartilhar.

Estas configurações são usadas para compartilhar o acesso ao agente com outros desenvolvedores. Consulte Controle de acesso para mais informações.

Avançado

Para acessar as configurações avançadas, clique na guia Avançado.

Atualmente, há apenas um recurso controlado por estas configurações. Para mais informações, consulte Análise de sentimento.