Como fazer o escalonamento automático global de um serviço da Web no Compute Engine

Neste tutorial, você verá como configurar um serviço da Web disponível globalmente com grupos de instâncias gerenciadas regionais do Compute Engine que escalonam automaticamente para atender às necessidades de capacidade. Use as técnicas deste tutorial para implementar seu próprio projeto distribuído globalmente e escalonável no Compute Engine.

Objetivos

  • Implantar vários grupos de instâncias gerenciadas regionais do Compute Engine com escalonamento automático ativado.
  • Criar um balanceador de carga entre regiões.
  • Gerar tráfego de teste de diferentes regiões do mundo.
  • Usar o Console do Google Cloud Platform para ver como o balanceador de carga encaminha as solicitações e como os grupos de instâncias fazem escalonamento automático para atender à demanda.

Custos

Neste tutorial, usamos componentes faturáveis do GCP, inclusive os seguintes:

  • Compute Engine

Antes de começar

  1. Selecione ou crie um projeto do GCP.

    Acessar a página Gerenciar recursos

  2. Verifique se o faturamento foi ativado para o projeto.

    Saiba como ativar o faturamento

  3. Ativar Compute Engine API.

    Ativar API

Arquitetura do aplicativo

O aplicativo inclui os seguintes componentes do Compute Engine:

  1. Modelo de instância: um modelo usado para criar cada instância nos grupos de instâncias.
  2. Grupos de instâncias: vários grupos de instâncias que fazem escalonamento automático com base no tráfego de entrada.
  3. Balanceador de carga: um balanceador de carga HTTP que distribui o tráfego entre os grupos de instâncias.
  4. Instâncias: várias instâncias para gerar tráfego de teste de diferentes partes do mundo.

Diagrama de arquitetura do sistema mostrando um balanceador de carga com vários grupos de instâncias regionais

Configurar o serviço da Web

Criar os grupos de instâncias

Console

  1. Crie uma rede para os grupos de instâncias.

    1. Acesse a página Redes VPC no Console do GCP.
      Acesse a página “Redes VPC”
    2. Clique em Criar rede VPC.
    3. Defina o Nome como fortressnet.
    4. Defina o Modo de criação da sub-rede como Automático.
    5. Clique em Criar na parte inferior da página.
  2. Crie uma regra de firewall para a rede. Isso permitirá todas as solicitações HTTP enviadas para as instâncias.

    1. Acesse a página Regras de firewall no Console do GCP.
      Acesse a página "Regras de firewall"
    2. Clique em Criar regra de firewall.
    3. Defina o Nome como fortressnet-allow-http.
    4. Em Rede, selecione fortressnet.
    5. Em Destinos, selecione All instances in the network.
    6. Defina Intervalos de IPs de origem como 0.0.0.0/0.
    7. Em Protocolos e portas, selecione tcp e digite 80.
    8. Clique em Criar.
  3. Crie um modelo de instância. Inclua um script de inicialização que inicie um servidor da Web Apache simples em cada instância.

    1. Acesse a página Modelos de instância no Console do GCP.
      Acesse a página "Modelos de instância"
    2. Clique em Criar modelo de instância.
    3. Defina o Nome como fort-template.
    4. Em Tipo de máquina, selecione micro (f1-micro).
    5. Clique em Gerenciamento, segurança, discos, rede, locatário único para ver configurações avançadas. Serão exibidas várias abas.
    6. Clique na guia Redes.
    7. Em Rede, selecione fortressnet.
    8. Clique na guia Gerenciamento.
    9. Em Automação, insira o seguinte script de inicialização:

      apt-get update && apt-get install -y apache2
      

    10. Clique em Criar na parte inferior da página.

  4. Crie vários grupos de instâncias regionais gerenciadas usando o modelo de instância. Configure o escalonamento automático para cada grupo de instâncias.

    1. Acesse a página Grupos de instâncias no Console do GCP.
      Acesse a página "Grupos de instâncias"
    2. Clique em Criar modelo de grupo de instâncias.
    3. Defina o Nome como us-central1-pool.
    4. Em Local, selecione Multi-zone.
    5. Em Região, selecione us-central1.
    6. Em Modelo de instância, selecione fort-template.
    7. Em Escalonamento automático, selecione Ativado.
    8. Em Escalonamento automático baseado em, selecione HTTP load balancing usage.
    9. Defina Uso do balanceamento de carga de destino como 80.
    10. Defina o Número mínimo de instâncias como 1.
    11. Defina o Número máximo de instâncias como 5.
    12. Clique em Criar.
    13. Repita essas etapas para criar mais dois grupos de instâncias com as seguintes alterações:
      • Crie um grupo com o Nome europe-west1-pool e a Região europe-west1.
      • Crie um grupo com o Nome asia-east1-pool e a Região asia-east1.
  5. (Opcional) Verifique se as instâncias estão íntegras e veiculando tráfego HTTP. Teste o endereço IP externo de uma ou mais instâncias. Talvez seja necessário aguardar alguns minutos até que as instâncias concluam o processo de inicialização.

    1. Acesse a página Instâncias de VMs no Console do GCP.
      Acessar a página "Instâncias de VMs"
    2. Verifique se cada instância em execução tem uma marca de seleção verde na coluna Nome.
    3. Copie o IP externo de uma instância e cole-o em um navegador da Web.

    Você verá a página da Web "Apache2 Debian Default Page".

    Se isso não funcionar, espere alguns minutos.

gcloud

  1. Crie uma rede para os grupos de instâncias.

    gcloud compute networks create fortressnet --subnet-mode auto
    
  2. Crie uma regra de firewall para a rede. Isso permitirá todas as solicitações HTTP enviadas para as instâncias.

    gcloud compute firewall-rules create fortressnet-allow-http \
        --network fortressnet \
        --allow tcp:80
    
  3. Crie um modelo de instância. Inclua um script de inicialização que inicie um servidor da Web Apache simples em cada instância.

    gcloud compute instance-templates create fort-template \
        --machine-type f1-micro \
        --network fortressnet \
        --metadata startup-script='apt-get update && apt-get install -y apache2'
    
  4. Crie vários grupos de instâncias regionais gerenciadas usando o modelo de instância. Configure o escalonamento automático para cada grupo de instâncias.

    gcloud compute instance-groups managed create us-central1-pool \
        --region us-central1 \
        --template fort-template \
        --size 1
    gcloud compute instance-groups managed set-autoscaling us-central1-pool \
        --region us-central1 \
        --min-num-replicas 1 \
        --max-num-replicas 5 \
        --scale-based-on-load-balancing \
        --target-load-balancing-utilization .8
    
    gcloud compute instance-groups managed create europe-west1-pool \
        --region europe-west1 \
        --template fort-template \
        --size 1
    gcloud compute instance-groups managed set-autoscaling europe-west1-pool \
        --region europe-west1 \
        --min-num-replicas 1 \
        --max-num-replicas 5 \
        --scale-based-on-load-balancing \
        --target-load-balancing-utilization .8
    
    gcloud compute instance-groups managed create asia-east1-pool \
        --region asia-east1 \
        --template fort-template \
        --size 1
    gcloud compute instance-groups managed set-autoscaling asia-east1-pool \
        --region asia-east1 \
        --min-num-replicas 1 \
        --max-num-replicas 5 \
        --scale-based-on-load-balancing \
        --target-load-balancing-utilization .8
    
  5. (Opcional) Verifique se as instâncias estão íntegras e veiculando tráfego HTTP. Teste o endereço IP externo de uma ou mais instâncias. Talvez seja necessário aguardar alguns minutos até que as instâncias concluam o processo de inicialização.

    1. Liste suas instâncias.

      gcloud compute instances list
      

    2. Verifique na coluna STATUS se as instâncias estão no status RUNNING.

    3. Consulte o endereço IP da instância na coluna EXTERNAL_IP para verificá-la.

      curl http://[EXTERNAL_IP] | head
      

    Você verá um texto HTML, incluindo a linha <title>Apache2 Debian Default Page: It works</title>.

    Se isso não funcionar, espere alguns minutos.

Configurar o balanceador de carga

O balanceador de carga distribui solicitações de clientes entre vários back-ends.

Console

Como iniciar a configuração do balanceador de carga

  1. Acesse a página Balanceamento de carga no Console do GCP.
    Acesse a página "Balanceamento de carga".
  2. Clique em Criar balanceador de carga.
  3. Em Balanceamento de carga HTTP(S), clique em Iniciar configuração.
  4. Defina o Nome como fortressnet-balancer.

Configuração de back-end

  1. Na página Novo balanceador de carga HTTP(S), clique em Configuração de back-end.
  2. No menu suspenso Criar ou selecionar serviços e intervalos de back-end, selecione Serviços de back-end. Em seguida, clique em Criar um serviço de back-end. Você verá a caixa de diálogo Criar serviço de back-end.
  3. Defina o Nome do serviço de back-end como fortressnet-backend-service.
  4. Na caixa de diálogo Novo back-end, defina Grupo de instâncias como asia-east1-pool.
  5. Em Modo de balanceamento, selecione Taxa.
  6. Defina o RPS máximo como 100 RPS por instância.
  7. Clique em Concluído.
  8. Clique em Adicionar back-end.
  9. Na caixa de diálogo Novo back-end, defina Grupo de instâncias como europe-west1-pool.
  10. Em Modo de balanceamento, selecione Taxa.
  11. Defina o RPS máximo como 100 RPS por instância.
  12. Clique em Concluído.
  13. Clique em Adicionar back-end.
  14. Na caixa de diálogo Novo back-end, defina Grupo de instâncias como us-central1-pool.
  15. Em Modo de balanceamento, selecione Taxa.
  16. Defina o RPS máximo como 100 RPS por instância.
  17. Clique em Concluído.
  18. Em Verificação de integridade, selecione Criar verificação de integridade.
  19. Defina o Nome como http-basic-check.
  20. Em Protocolo, selecione HTTP.
  21. Defina Porta como 80.
  22. Clique em Salvar e continuar.
  23. Clique em Criar.

Regras de host e caminho

  1. No painel esquerdo da página Novo balanceador de carga HTTP(S), clique em Regras de host e caminho.
    Neste exemplo, não é necessário configurar regras de host ou de caminho porque todo o tráfego seguirá a regra padrão. Basta aceitar os valores padrão preenchidos previamente.

Configuração de front-end

  1. No painel esquerdo da página Novo balanceador de carga HTTP(S), clique em Configuração de front-end.
  2. Defina o Nome como fortressnet-http-rule.
  3. Em Versão IP, selecione IPv4.
  4. Em Endereço IP, selecione Criar endereço IP.
  5. Na caixa de diálogo Reservar um novo IP estático, defina o Nome como fortressnet-ip.
  6. Clique em Reservar e aguarde alguns instantes.
  7. Clique em Concluído na parte inferior da caixa de diálogo Novo IP e nova porta de front-end.
  8. Clique em Adicionar IP e porta de front-end.
  9. Defina o Nome como fortressnet-http-ipv6-rule.
  10. Em Versão IP, selecione IPv6.
  11. Em Endereço IP, selecione Criar endereço IP.
  12. Na caixa de diálogo, defina o Nome como fortressnet-ipv6.
  13. Clique em Reservar e aguarde alguns instantes.
  14. Clique em Concluído na parte inferior da caixa de diálogo Novo IP e nova porta de front-end.

Revisar e finalizar

  1. No painel esquerdo da página Novo balanceador de carga HTTP(S), clique em Analisar e finalizar.
  2. Compare as configurações com o que você pretendia criar.
  3. Se as configurações estiverem corretas, clique em Criar na parte inferior do painel esquerdo. Você voltará para a tela "Balanceamento de carga". Depois que o balanceador de carga for criado, uma marca de seleção verde ao lado dele indicará que ele está em execução.

gcloud

Configuração de back-end

  1. Crie uma verificação de integridade básica. Ela verificará se um back-end do balanceador de carga está respondendo a solicitações HTTP.

    gcloud compute health-checks create http http-basic-check
    

  2. Crie um serviço de back-end global. Esse serviço receberá o tráfego HTTP do balanceador de carga.

    gcloud compute backend-services create fortressnet-backend-service 
    --protocol HTTP
    --health-checks http-basic-check
    --global

  3. Adicione os grupos de instâncias como back-ends regionais do serviço de back-end. Essa configuração distribuirá o tráfego entre os back-ends com base em um número máximo de solicitações por segundo (RPS, na sigla em inglês) por instância.

    gcloud compute backend-services add-backend fortressnet-backend-service 
    --balancing-mode RATE
    --max-rate-per-instance 100
    --instance-group us-central1-pool
    --instance-group-region us-central1
    --global gcloud compute backend-services add-backend fortressnet-backend-service
    --balancing-mode RATE
    --max-rate-per-instance 100
    --instance-group europe-west1-pool
    --instance-group-region europe-west1
    --global gcloud compute backend-services add-backend fortressnet-backend-service
    --balancing-mode RATE
    --max-rate-per-instance 100
    --instance-group asia-east1-pool
    --instance-group-region asia-east1
    --global

Regras de host e caminho

  1. Defina um mapa de URL. Os mapas de URL encaminham URLs diferentes para serviços de back-end distintos. Como há apenas um serviço de back-end, simplesmente o definiremos como o serviço padrão para todos os URLs.

    gcloud compute url-maps create fortressnet-balancer 
    --default-service fortressnet-backend-service

  2. Crie uma rota de proxy HTTP. Essas rotas aceitam solicitações HTTP e as encaminham de acordo com seu mapa de URLs. Nesse caso, enviará todas as solicitações para seu único serviço de back-end.

    gcloud compute target-http-proxies create fortressnet-http-proxy 
    --url-map fortressnet-balancer

Configuração de front-end

  1. Crie dois endereços IP externos estáticos globais: um para IPV4 e outro para IPV6. Esses serão os endereços IP externos globais do balanceador de carga.

    gcloud compute addresses create fortressnet-ip 
    --ip-version IPV4
    --global gcloud compute addresses create fortressnet-ipv6
    --ip-version IPV6
    --global

  2. Pesquise os endereços IP externos do balanceador de carga.

    gcloud compute addresses list
    

  3. Crie regras de encaminhamento globais para os endereços IP externos. Assim, as solicitações HTTP IPV4 e IVP6 serão encaminhadas para seu proxy HTTP.

    gcloud compute forwarding-rules create fortressnet-http-rule 
    --global
    --target-http-proxy fortressnet-http-proxy
    --ports 80
    --address [LOAD_BALANCER_IP_ADDRESS]
    gcloud compute forwarding-rules create fortressnet-http-ipv6-rule 
    --global
    --target-http-proxy fortressnet-http-proxy
    --ports 80
    --address [LOAD_BALANCER_IPV6_ADDRESS]

(Opcional) Verifique se o balanceador de carga está funcionando. Talvez seja necessário esperar alguns minutos.

Console

  1. Acesse a página Balanceamento de carga no Console do GCP.
    Acessar a página "Balanceamento de carga".
  2. Aguarde até que o fortressnet-balancer tenha uma marca de seleção verde na coluna Back-ends.
  3. Clique em fortressnet-balancer.
  4. Em Front-end, copie o endereço IPV4 na coluna IP:Porta. Os endereços IPV4 estão no formato www.xxx.yyy.zzz. O número final da porta :nn não é necessário. Se a seção Front-end não estiver disponível, aguarde alguns minutos e recarregue a página da Web.
  5. Digite o endereço IP em um navegador da Web.

Você verá a página da Web "Apache2 Debian Default Page".

Se você receber uma página "Erro 404 (não encontrado)", aguarde mais alguns minutos.

gcloud

  1. Pesquise os endereços IP externos do balanceador de carga.

    gcloud compute addresses list
    

  2. Consulte o endereço IPV4. Os endereços IPV4 têm o formato www.xxx.yyy.zzz.

    curl http://[LOAD_BALANCER_IP_ADDRESS] | head
    

Você verá um texto HTML, incluindo a linha <title>Apache2 Debian Default Page: It works</title>.

Se, em vez disso, for exibido <title>Error 404 (Not Found)!!1</title>, aguarde mais alguns minutos.

Prática recomendada: crie um firewall seguro para permitir somente tráfego interno do balanceador de carga e da verificação de integridade. Em seguida, exclua o firewall original que permitiu solicitações HTTP. Isso evita que instâncias individuais sejam acessadas por clientes externos.

Console

  1. Crie um novo firewall que permita apenas tráfego do balanceador de carga e da verificação de integridade.

    1. Acesse a página Regras de firewall no Console do GCP.
      Acesse a página "Regras de firewall"
    2. Clique em Criar regra de firewall.
    3. Defina o Nome como fortressnet-allow-load-balancer.
    4. Em Rede, selecione fortressnet.
    5. Em Destinos, selecione All instances in the network.
    6. Em Intervalos de IP de origem, digite 130.211.0.0/22 e pressione a tecla Enter. Em seguida, digite 35.191.0.0/16 e pressione Enter novamente.
    7. Em Protocolos e portas, selecione tcp e digite 80.
    8. Clique em Criar.
  2. Exclua o antigo firewall "permitir tudo".

    1. Selecione a marca de seleção ao lado de fortressnet-allow-http.
    2. Clique em Excluir na parte superior da página.
    3. Na caixa de diálogo, clique em Excluir.

gcloud

  1. Crie um novo firewall que permita apenas tráfego do balanceador de carga e da verificação de integridade.

    gcloud compute firewall-rules create fortressnet-allow-load-balancer 
    --network fortressnet
    --source-ranges 130.211.0.0/22,35.191.0.0/16
    --allow tcp:80

  2. Exclua o antigo firewall "permitir tudo".

    gcloud compute firewall-rules delete fortressnet-allow-http -q
    

(Opcional) Verificar se o escalonamento automático e o balanceamento de carga funcionam

Gerar tráfego de teste

Imagine que é de manhã na Europa e seu serviço da Web de repente se tornou viral na Internet. Gere um grande número de solicitações de clientes de uma só vez da Europa.

Console

  1. Crie uma instância instalada com a ferramenta de teste de carga Siege.

    1. Acesse a página Instâncias de VMs no Console do GCP.
      Acessar a página Instâncias de VMs
    2. Clique em Criar instância.
    3. Defina o Nome como europe-loadtest.
    4. Em Região, selecione europe-west1.
    5. Clique em Gerenciamento, segurança, discos, rede, locatário único para ver configurações avançadas. Serão exibidas várias abas.
    6. Clique na guia Gerenciamento.
    7. Em Automação, insira o seguinte script de inicialização:

      apt-get install -y siege
      

    8. Clique em Criar na parte inferior da página.

  2. Receba o endereço IPV4 do balanceador de carga.

    1. Acesse a página Balanceamento de carga no Console do GCP.
      Acesse a página "Balanceamento de carga".
    2. Clique em fortressnet-balancer.
    3. Em Front-end, copie o endereço IPV4 na coluna IP:Porta. (Os endereços IPV4 estão no formato www.xxx.yyy.zzz.)
  3. Conecte-se via SSH à instância de teste de carga.

    1. Acesse a página Instâncias de VMs no Console do GCP.
      Acessar a página "Instâncias de VMs"
    2. Aguarde até que a instância europe-loadtest tenha uma marca de seleção verde na coluna Nome.
    3. Clique em SSH em europe-loadtest na coluna Conectar.
  4. Inicie o Siege. Indique o endereço IPV4 do balanceador de carga.

    siege -c150 http://[LOAD_BALANCER_IP_ADDRESS]
    

gcloud

  1. Crie uma instância instalada com a ferramenta de teste de carga Siege.

    gcloud compute instances create europe-loadtest \
        --network default \
        --zone europe-west1-c \
        --metadata startup-script='apt-get -y install siege'
    
  2. Receba o endereço IPV4 do balanceador de carga.

    gcloud compute addresses list
    
  3. Abra uma nova sessão de shell em que o comando gcloud esteja disponível.

    1. Na nova sessão de shell, conecte-se via SSH à instância de teste de carga.

      gcloud compute ssh --zone europe-west1-c europe-loadtest
      
    2. Inicie o Siege. Indique o endereço IPV4 do balanceador de carga.

      siege -c150 http://[LOAD_BALANCER_IP_ADDRESS]
      

Depois de executar o comando siege, você verá a saída com a declaração The server is now under siege...

[alert] Zip encoding disabled; siege requires zlib support to enable it
** SIEGE 4.0.2
** Preparing 150 concurrent users for battle.
The server is now under siege...

Monitorar o balanceamento de carga e o escalonamento automático

  1. Acesse a página Balanceamento de carga no Console do GCP.
    Acesse a página "Balanceamento de carga"
  2. Clique no balanceador de carga chamado fortressnet-balancer.
  3. Clique na guia Monitoramento.
  4. Na lista suspensa Back-end, selecione fortressnet-backend-service.

Pode levar até dez minutos para que dados suficientes sejam exibidos. Em breve, você verá uma exibição semelhante à seguinte:

Exibição de monitoramento do Console do GCP mostrando solicitações da Europa distribuídas igualmente entre os três back-ends

O que está acontecendo:

  1. O teste de carga começa a enviar uma grande quantidade de tráfego de uma só vez. Inicialmente, o balanceador de carga distribui solicitações igualmente entre os três back-ends. O número de solicitações excede rapidamente os limites de escalonamento automático, o que pode fazer com que os servidores retornem Backend 5xx errors, que serão exibidos na tela de monitoramento. O autoescalador começa a ativar instâncias adicionais conforme necessário.

  2. O escalonamento automático alcança as necessidades de capacidade. Para minimizar a latência da solicitação, os balanceadores de carga do Compute Engine tentam encaminhar solicitações para o back-end mais próximo do cliente. Nesse caso, como o tráfego do teste de carga é originário da Europa, o balanceador de carga prefere encaminhar mais solicitações para o back-end da Europa. Como resultado, o escalonamento automático pode ativar mais instâncias no back-end da Europa para gerenciar uma fração maior das solicitações.

Gerar tráfego de teste em outro lugar

Imagine que seu serviço da Web também viralizou na Ásia no horário de pico da tarde na Internet. Gere um grande número de solicitações da Ásia.

Console

  1. Crie outra instância instalada com a ferramenta de teste de carga Siege.

    1. Acesse a página Instâncias de VMs no Console do GCP.
      Acessar a página Instâncias de VMs
    2. Clique em Criar instância.
    3. Defina o Nome como asia-loadtest.
    4. Em Região, selecione asia-east1.
    5. Clique em Gerenciamento, segurança, discos, rede, locatário único para ver configurações avançadas. Serão exibidas várias abas.
    6. Clique na guia Gerenciamento.
    7. Em Automação, insira o seguinte script de inicialização:

      apt-get install -y siege
      

    8. Clique em Criar na parte inferior da página.

  2. Receba o endereço IP do balanceador de carga.

    1. Acesse a página Balanceamento de carga no Console do GCP.
      Acesse a página "Balanceamento de carga".
    2. Clique em fortressnet-balancer.
    3. Em Front-end, copie o endereço IPV4 na coluna IP:Porta. Os endereços IPV4 estão no formato www.xxx.yyy.zzz.
  3. Conecte-se via SSH à instância de teste de carga.

    1. Aguarde até que a instância asia-loadtest tenha uma marca de seleção verde na coluna Nome.
    2. Clique em SSH em asia-loadtest, na coluna Conectar.
  4. Inicie o Siege. Indique o endereço IPV4 do balanceador de carga.

    siege -c150 http://[LOAD_BALANCER_IP_ADDRESS]
    

gcloud

  1. Na sessão de shell original, crie outra instância instalada com a ferramenta de teste de carga Siege.

    gcloud compute instances create asia-loadtest \
        --network default \
        --zone asia-east1-c \
        --metadata startup-script='apt-get -y install siege'
    
  2. Receba o endereço IPV4 do balanceador de carga.

    gcloud compute addresses list
    
  3. Abra uma nova sessão de shell em que o comando gcloud esteja disponível.

    1. Na nova sessão de shell, conecte-se via SSH à instância de teste de carga.

      gcloud compute ssh --zone asia-east1-c asia-loadtest
      
    2. Inicie o Siege. Indique o endereço IPV4 do balanceador de carga.

      siege -c150 http://[LOAD_BALANCER_IP_ADDRESS]
      

Novamente, você verá a saída com a declaração The server is now under siege...

[alert] Zip encoding disabled; siege requires zlib support to enable it
** SIEGE 4.0.2
** Preparing 150 concurrent users for battle.
The server is now under siege...

Monitorar o balanceamento de carga e o escalonamento automático

Volte para a exibição de monitoramento do balanceamento de carga da última vez. Pode levar até dez minutos para que novos dados suficientes sejam exibidos. Em breve, você verá uma exibição semelhante à seguinte:

Exibição de monitoramento do Console do GCP mostrando solicitações da Europa e da Ásia distribuídas entre os três back-ends

O que está acontecendo:

  1. Novamente, o teste de carga envia um grande número de solicitações de uma só vez. Inicialmente, o balanceador de carga distribui solicitações igualmente entre os três back-ends atuais. Como o número de solicitações excede seus limites de escalonamento automático, o autoescalador começa a ativar instâncias adicionais conforme necessário.

  2. O escalonamento automático alcança as novas necessidades de capacidade. Ainda assim, o balanceador de carga prefere encaminhar solicitações para os back-ends mais próximos possíveis. Como resultado, o back-end da Ásia receberá solicitações principalmente da Ásia, o back-end da Europa receberá solicitações principalmente da Europa, e o back-end dos EUA receberá as restantes.

Como fazer a limpeza

Depois de concluir o tutorial de escalonamento automático, é possível limpar os recursos criados no Google Cloud Platform para que eles não ocupem cotas e você não seja cobrado por eles no futuro. Nas seções a seguir, aprenda a excluir e desativar esses recursos.

Como excluir o projeto

A maneira mais fácil de evitar o faturamento é excluir o projeto criado para o tutorial.

Para excluir o projeto:

  1. No Console do GCP, acesse a página "Projetos".

    Acessar a página Projetos

  2. Na lista de projetos, selecione um e clique em Excluir projeto.
  3. Na caixa de diálogo, digite o código do projeto e clique em Encerrar para excluí-lo.

Como excluir instâncias

Para excluir uma instância do Compute Engine:

  1. No Console do GCP, acesse a página "Instâncias de VM".

    Acessar a página "Instâncias de VMs"

  2. Clique na caixa de seleção ao lado da da instância que deseja excluir.
  3. Clique no botão Excluir na parte superior da página para excluir a instância.

A seguir

Esta página foi útil? Conte sua opinião sobre:

Enviar comentários sobre…

Documentação do Compute Engine