Nós de locatário individual

O nó de locatário individual é um servidor físico do Compute Engine dedicado a hospedar instâncias de VM apenas do seu projeto específico. Use-os para fazer a separação física das suas instâncias em outros projetos ou agrupá-las no mesmo hardware de host.

Leia Como criar nós de locatário individual para saber como criá-los e colocar as instâncias neles.

Consulte os Preços dos nós de locatário individual para saber como calcular valores e descontos para eles.

Visão geral

Cada nó é associado a um servidor físico e é o único em execução nesse servidor. Dentro dos nós, execute várias instâncias de diversos tamanhos sem compartilhar o hardware de host com outros projetos. Especifique afinidades de nó entre os nós e as instâncias que você quer executar neles. Use essas afinidades para agrupar diversas cargas de trabalho nos mesmos nós ou isolar as cargas de trabalho umas das outras em nós diferentes para atender aos requisitos de conformidade de dados. Para usar nós de locatário individual, crie grupos de nós, que contêm um ou mais nós, em vez de criar nós separados. Veja na ilustração a seguir um nó que tem instâncias de vários projetos do cliente e outro com instâncias exclusivas de um único projeto do cliente.

Dois nós do Compute Engine.

Por exemplo, algumas cargas de trabalho de processamento de pagamentos podem exigir o isolamento físico de outras cargas de trabalho ou máquinas virtuais para atender aos requisitos de conformidade. Os nós de locatário individual garantem que as instâncias não compartilhem hardware de host com instâncias de outros projetos, mas também é possível usar rótulos para especificar como as instâncias são organizadas nos nós e separar aquelas com cargas de trabalho confidenciais em nós particulares próprios, longe das outras cargas de trabalho não confidenciais.

Tipos de nós

Cada nó em um grupo precisa ter um tipo. Um tipo de nó especifica a quantidade total de núcleos e memória para ele. No momento, o único tipo de nó oferecido é n1-node-96-624, que tem 96 vCPUs e 624 GB de memória e está disponível em várias zonas. Os nós desse tamanho acomodam instâncias de VM de até 96 vCPUs e 624 GB de memória. No entanto, também é possível preencher o nó com várias instâncias de VM menores com diversos tamanhos, incluindo tipos de máquina personalizados e instâncias com memória estendida. As instâncias executadas nos nós precisam ter pelo menos duas vCPUs. Quando um nó está cheio, não é possível programar mais instâncias nele.

Observe que um tipo de nó se aplica a cada nó individual em um grupo (não ao grupo de nós como um todo). Portanto, se você criar um grupo com dois nós, cada nó receberá 96 vCPUs e 624 GB de memória. É preciso ter cota de vCPU suficiente para acomodar o total de vCPUs necessárias de modo que o grupo de nós consiga criar o grupo. Por exemplo, dois nós precisam de 192 vCPUs (96 vCPUs x 2). Portanto, são necessárias pelo menos 192 vCPUs disponíveis para criar o grupo.

Para acessar uma lista completa de nós disponíveis, execute node-types list na ferramenta de linha de comando gcloud.

gcloud compute sole-tenancy node-types list
    

O Compute Engine substituirá periodicamente os tipos de nós mais antigos por mais novos. Quando um tipo de nó for substituído, não será possível criar grupos de nós usando o tipo antigo. Além disso, será necessário fazer upgrade dos modelos de nó para usar os novos tipos. Como prática recomendada, configure os modelos de nó para usar requisitos de tipo de nó flexível. Leia a página Como criar grupos de nós para ver exemplos de modelos de nó com tipos flexíveis.

Recursos

Os nós de locatário individual são compatíveis com os recursos atuais do Compute Engine:

  • Se o sistema host do nó exigir manutenção, o nó e todas as instâncias nele continuarão funcionando durante a migração em tempo real para o hardware de host atualizado.
  • Os descontos por uso prolongado e por uso contínuo reduzem os custos dos nós de locatário individual. Consulte os Preços dos nós de locatário individual para saber como os descontos são aplicados.
  • As redes VPC funcionam com instâncias em execução nos nós de locatário individual da mesma maneira que com instâncias de VM normais. Use redes VPC para estabelecer conexões de rede entre instâncias de locatário individual e instâncias de VM normais.
  • Use tipos de máquina personalizados ou tipos de máquina predefinidos para criar instâncias nos nós de locatário individual. Essas instâncias não geram mais custos, porque você já paga pelas vCPUs e pela memória do próprio nó.
  • Crie grupos de instâncias gerenciadas nos grupos de nós. Os grupos de instâncias gerenciadas podem usar o escalonamento automático durante a execução em nós de locatário individual, mas não é possível escalonar automaticamente os grupos de nós.
  • Combine VMs com vários tipos de máquinas em cada nó. Use uma combinação de tipos de máquinas diferentes e personalizados no mesmo nó até que ele atinja o limite de vCPU e memória, que é definido pelo tipo de nó.

Restrições

Atualmente, as restrições a seguir se aplicam aos nós de locatário individual:

  • Os nós de locatário individual estão disponíveis apenas em zonas selecionadas. Acesse a página Regiões e zonas para saber as zonas que atualmente oferecem suporte aos nós de locatário individual.
  • Não é possível iniciar VMs com tipos de máquina com menos de duas vCPUs. Isso inclui o seguinte:

Atualmente, os recursos a seguir não estão disponíveis nos nós de locatário individual:

A seguir