Como criar um instantâneo de disco permanente do Windows

Nesta página, você aprenderá a criar instantâneos de um disco permanente do Windows. Consulte a documentação Disco permanente, para saber mais detalhes.

O uso de instantâneos incrementais do Compute Engine garante mais desempenho e custos mais reduzidos de armazenamento para os usuários. Para configurar o sistema operacional e aplicar as mesmas configurações em outras instâncias, crie imagens.

Antes de começar

Criar um instantâneo do VSS do Windows

Na maioria das situações, capturar instantâneos usando o Serviço de cópias de sombra de volume (VSS, na sigla em inglês) é a maneira mais simples de gerar instantâneos de discos permanentes anexados a instâncias do Windows. Você pode criar instantâneos do VSS sem ter que interromper a instância nem separar o disco permanente.

Os instantâneos do VSS destinam-se a backup e recuperação de sistemas com aplicativos compatíveis com VSS. Use-os apenas para backup de dados de discos permanentes. Não é confiável criar discos de inicialização de instâncias da VM em instantâneos de instâncias em execução.

O valor cobrado pelos instantâneos do VSS é igual ao dos instantâneos de discos permanentes comuns e corresponde somente ao tamanho total do instantâneo.

Restrições

  • Os instantâneos do VSS funcionam apenas em instâncias do Windows com a versão de imagem v20160810 e mais recentes. Para instâncias com imagens mais antigas, crie um instantâneo comum.
  • É preciso que o disco permanente use o sistema de arquivos NTFS, exFAT ou ReFS.
  • O objetivo dos instantâneos do VSS não é copiar nem fazer backup do sistema operacional em um disco de inicialização permanente. Use-os apenas para fazer backup e recuperar dados de discos de inicialização permanentes e discos de dados secundários.
  • Quando você cria um instantâneo do VSS, o Windows Server marca o volume no instantâneo como somente leitura durante o processo de VSS. Todos os discos criados a partir do instantâneo do VSS também estarão em modo somente leitura.
  • Os instantâneos do VSS ajudam a preservar seus dados apenas quando você executa aplicativos compatíveis com VSS que se coordenam para criar um backup consistente de seus dados.

Criar o instantâneo

Console

  1. Acesse a página Criar um novo instantâneo.
  2. Digite o nome do instantâneo e selecione o disco do qual criá-lo.
  3. Marque a opção Ativar VSS para indicar que esse instantâneo precisa usar o serviço de cópias de sombra de volume.
  4. Clique em Criar para gerar o instantâneo.

gcloud

Para criar o instantâneo, use o comando gcloud compute disks snapshot com a sinalização --guest-flush para indicar que você quer criar um instantâneo do VSS:

gcloud compute disks snapshot [DISK_NAME] --guest-flush

O gcloud aguarda até que um status READY ou FAILED seja retornado pela operação ou até o tempo limite ser atingido e os últimos detalhes conhecidos do instantâneo serem retornados.

API

Faça uma solicitação POST para o método [createSnapshot](/compute/docs/reference/latest/disks/createSnapshot) e inclua o parâmetro ?guestFlush=true para indicar que você quer criar um instantâneo do VSS:

POST  https://www.googleapis.com/compute/v1/projects/[PROJECT_ID]/zones/[ZONE]/disks/[DISK_NAME]/createSnapshot?guestFlush=true

em que:

  • [PROJECT_ID] é o código do projeto;
  • [ZONE] é a zona onde sua instância e o novo disco estão localizados;
  • [DISK_NAME] é o nome do novo disco.

Agora você já tem um instantâneo de disco permanente que serve como base para criar novos discos permanentes.

Criar um instantâneo comum

Em algumas situações, use o sistema de instantâneos padrão para criar instantâneos de discos anexados a instâncias do Windows.

Para criar um instantâneo, é necessário:

  1. desativar o sistema de arquivos;
  2. criar um instantâneo;
  3. remontar o disco.

Como desmontar o sistema de arquivos

Antes de criar um instantâneo do disco permanente, verifique se essa ação é compatível com o estado do seu disco. Se você captura um instantâneo de um disco permanente em estado "com erros", isso pode provocar uma verificação de disco e possível perda de dados. Para limpar os buffers do disco para a instância do Windows, execute as instruções a seguir:

  1. Faça login na instância do Windows.

  2. Abra um prompt de comando do PowerShell e execute a ferramenta diskpart:

   PS C:\> diskpart
   

  1. Identifique o disco que você quer desconectar e criar um instantâneo dele:

   PS C:\> list disk
   

  1. Depois selecione o disco usando o número que acabou de encontrar:

   DISKPART> select disk [DISK_NUMBER]
   

em que: [DISK_NUMBER] é o disco que você quer reativar.

  1. Por fim, desconecte o disco:

   DISKPART> offline disk
   

Em cenários em que não é possível desmontar o disco permanente, por exemplo, quando um aplicativo está gravando dados no disco, sincronize o sistema de arquivos para limpar os buffers do disco. Para fazer isso, siga estas etapas:

  1. Faça login na instância do Windows.
  2. Faça o download e instale a ferramenta Sync.
  3. Interrompa a gravação de dados dos seus aplicativos no disco permanente.
  4. Execute um prompt de comando como administrador. Para isso, clique com o botão direito no ícone prompt de comando e selecione Executar como administrador.
  5. No terminal de linha de comando, execute:

   PS C:\> sync [DRIVE_LETTER]
   

em que: [DRIVE_LETTER] é a letra da unidade do volume que você quer sincronizar. Por exemplo, F:\ ou G:\.

Como criar um instantâneo

Console

  1. Acesse a página "Criar um novo instantâneo" no Console do GCP.

    Criar um novo instantâneo

  2. Se solicitado, selecione um projeto do Console do GCP.
  3. Forneça um nome e uma descrição para o instantâneo, selecione um disco de origem e uma opção de criptografia.
  4. Clique em Criar para gerar o instantâneo.

gcloud

Use o comando gcloud compute disks snapshot:

gcloud compute disks snapshot [DISK_NAME]

em que [DISK_NAME] é o nome do disco que você quer usar como base para criar um instantâneo.

O gcloud aguarda até que um status READY ou FAILED seja retornado pela operação ou que o tempo limite seja atingido e os últimos detalhes conhecidos do instantâneo sejam retornados.

API

Faça uma solicitação POST ao método createSnapshot:

POST https://www.googleapis.com/compute/v1/projects/[PROJECT_ID]/zones/us-central1-f/disks/[DISK_NAME]/createSnapshot
  • [PROJECT_ID] é o código do projeto da solicitação.
  • [DISK_NAME] é o nome do disco do qual você deseja criar um instantâneo.

Como reativar o disco

Reative seu disco e marque-o como disponível para leitura/gravação.

  1. Faça login na instância do Windows.

  2. Abra um prompt de comando do PowerShell e execute a ferramenta diskpart:

   PS C:\> diskpart
   

  1. Identifique o disco que você quer reativar:

   DISKPART> list disk
   

  1. Use o comando select disk para selecionar o disco novamente:

   DISKPART> select disk [DISK_NUMBER]
   

em que: [DISK_NUMBER] é o disco que você quer reativar.

  1. Reative o disco:

   DISKPART> online disk
   

Depois de reativar o disco, remova a sinalização somente leitura dele:

  1. Em sua instância do Windows, use a ferramenta de linha de comando diskpart para selecionar o disco off-line:

   DISKPART> select disk [DISK_NUMBER]
   

em que: [DISK_NUMBER] é o disco que você quer reativar.

  1. Coloque o disco on-line:

   DISKPART> online disk
   

  1. Liste todos os volumes no disco:

   DISKPART> list volume
   

  1. Selecione o novo volume:

   DISKPART> select volume [VOLUME_NUMBER]
   

em que: [VOLUME_NUMBER] é o volume que você precisa configurar para leitura/gravação.

  1. Verifique os atributos de volume:

   DISKPART> attr volume clear readonly hidden nodefaultdriveletter shadowcopy
   

  1. Saia da ferramenta diskpart:

   DISKPART> exit
   

  1. Se for um disco de inicialização de outra instância, sincronize os arquivos dele com a nova assinatura do disco.

   PS C:\> bcdboot [DRIVE_LETTER]Windows /s [DRIVE_LETTER]
   

em que: [DRIVE_LETTER] é a letra da unidade do volume que você quer sincronizar. Por exemplo, F:\ ou G:\.

Próximas etapas

Esta página foi útil? Conte sua opinião sobre:

Enviar comentários sobre…

Documentação do Compute Engine