Ciclo de vida da instância

Nesta página, você aprenderá sobre o ciclo de vida da instância de uma única VM, começando pela criação até a possível exclusão.

Uma instância pode passar por vários estados de instância durante o ciclo de vida. Ao criar uma instância pela primeira vez, o Compute Engine provisiona recursos para iniciar a instância. Em seguida, a instância passa para a etapa de organização, em que é preparada para a primeira inicialização antes de ser finalmente inicializada e considerada em execução. Uma instância em execução pode ser interrompida e reiniciada repetidamente durante o ciclo de vida.

Uma instância pode ter os seguintes estados:

  • PROVISIONING: há recursos sendo alocados na instância. A instância ainda não está em execução.
  • STAGING: foram adquiridos recursos, e a instância está sendo preparada para a primeira inicialização.
  • RUNNING: a instância está sendo inicializada ou está em execução. Depois que a instância entrar nesse estado, será possível enviar ssh para ela em breve, embora não imediatamente.
  • STOPPING: a instância foi interrompida. Isso pode acontecer porque um usuário fez uma solicitação para interromper a instância ou houve uma falha. Esse é um status temporário, e a instância será movida para TERMINATED depois de interrompida.
  • TERMINATED: um usuário interrompeu a instância ou houve uma falha. Reinicie ou exclua a instância.

O diagrama a seguir mostra a transição entre cada estado da instância:

Diagrama do ciclo de vida da instância

Como interromper ou redefinir uma instância

É possível interromper uma instância caso você não precise mais dela, mas quer mantê-la para uso no futuro. Como alternativa, redefina uma instância se precisar apenas limpar o conteúdo do estado da memória ou do aplicativo dela. Quando uma instância é interrompida, ela é movida para um estado de instância diferente (TERMINATED). Já quando é redefinida, ela é mantida no estado RUNNING durante todo o processo.

Como interromper uma instância

A interrupção de uma instância faz com que o Compute Engine envie o sinal ACPI Power Off para ela. Os sistemas operacionais convidados atuais estão configurados para executar um encerramento limpo antes de desligar em resposta ao sinal de desligamento. O Compute Engine aguarda alguns instantes para que o encerramento do convidado seja concluído. Em seguida, a instância passa para o estado TERMINATED.

Os itens a seguir se aplicam à interrupção de uma instância:

  • Você paga por recursos que ainda estão vinculados à instância da VM, como IPs estáticos e dados de disco permanente.
  • Você não paga por uma instância de VM em execução.
  • Endereços IP externos temporários são liberados da instância, mas novos endereços IP externos temporários são atribuídos quando a instância é reiniciada. Os endereços IP externos estáticos são retidos.

É possível interromper uma instância se você:

  • Não quer pagar por uma instância da qual não precisa no momento, mas pretende mantê-la e reter IPs internos, endereços MAC e discos permanentes para uso no futuro;
  • Não precisa preservar a memória do SO convidado, o estado do dispositivo e o estado do aplicativo;
  • Pretende alterar determinadas propriedades da instância que exigem primeiro a interrupção dela, por exemplo, como alterar o tipo de máquina.

Reinicie uma instância interrompida quando precisar usá-la novamente.

Como redefinir uma instância

Como alternativa, redefina uma instância para limpar o conteúdo da memória da instância da VM e redefinir a máquina virtual para o estado inicial. Ao redefinir uma instância, a VM executa uma reinicialização forçada imediata, e o SO convidado da VM não é encerrado de maneira normal. No entanto, a VM mantém todos os dados do disco permanente e nenhuma das propriedades da instância é alterada. Durante a redefinição, a instância permanece no estado RUNNING.

Redefina uma instância se precisar limpar a memória do SO convidado, o estado do dispositivo ou o aplicativo da VM. Dessa forma, é possível solucionar problemas ou retornar a VM ao estado inicial de ativação.

Como excluir uma instância

Ao excluir uma instância, ela e os recursos anexados do projeto são removidos, com algumas exceções. Especificamente, o Compute Engine retém os discos permanentes de uma instância excluída se os discos tiverem o status de exclusão automática definido como false. Além disso, todos os IPs externos estáticos serão retornados ao projeto para que seja possível usar o IP novamente em outro recurso. A exclusão de uma instância de VM é uma ação permanente, portanto, não é possível reiniciar uma instância removida. É possível recriar a instância com o mesmo nome e as mesmas propriedades. No entanto, para todas as finalidades, ela será considerada pelo Compute Engine como uma nova instância com novas propriedades (como um novo código de instância gerado pelo sistema).

Se você achar que pode precisar da instância no futuro, mas não no momento, é recomendável interromper a instância. Assim, é possível reiniciá-la mais tarde.

Tabela de comparação

Use a tabela abaixo para comparar como uma instância e seus recursos são afetados após os processos de interrupção, redefinição ou exclusão.

Interrupção Redefinição Exclusão
Faturamento

O Google não cobra pelos recursos da VM quando as VMs estão em um estado TERMINATED.

Especificamente, quando uma VM está no estado RUNNING e em processo de interrupção (mas ainda não está no estado TERMINATED), o Google cobra por vCPUs, memória, GPUs e uso de SSD local. Depois que o estado STOPPING é encerrado e a VM entra no estado TERMINATED, o Google deixa de cobrar pelos recursos mencionados acima.

Lembre-se de que quaisquer outros recursos que ainda estejam vinculados a uma VM no estado TERMINATED ainda incorrerão em cobranças, como discos permanentes, endereços IP externos estáticos, entre outros.

O Google cobra pelos recursos das VMs enquanto são redefinidas.

Para todos os efeitos, o Google considera que essa VM está no estado RUNNING, e o preço padrão se aplica à VM e a quaisquer recursos vinculados a ela.
O Google não cobra pelos recursos de VMs excluídos.
Estado da máquina virtual TERMINATED RUNNING N/A
Discos permanentes Os discos permanentes são mantidos, mesmo quando são marcados para exclusão automática.

Você continuará a ser cobrado por discos permanentes associados a máquinas virtuais interrompidas, exatamente como ocorreria com um disco permanente não associado a nenhuma máquina virtual.
Os discos permanentes são mantidos, mesmo quando são marcados para exclusão automática.

Enquanto a VM permanecer no estado RUNNING, os discos permanentes continuarão a ser cobrados.
Os discos permanentes serão retidos se você definir o estado de exclusão automática deles como false.
Enquanto existirem discos no projeto, os discos permanentes continuarão a ser cobrados.
Estado da RAM e da máquina virtual Redefinição para o estado ligado, nenhum dado será salvo. Redefinição para o estado ligado, nenhum dado será salvo. N/A
GPUs As GPUs não são cobradas quando uma instância é interrompida. GPUs vinculadas a uma instância interrompida não entrarão na cota do projeto. As GPUs continuam a ser cobradas de acordo com os preços padrão da GPU. As GPUs não são cobradas quando uma instância é excluída.
SSDs locais Incompatível.

Não é possível interromper uma instância com um SSD local anexado.
Os SSDs locais são mantidos. Os SSDs locais são excluídos com a VM.
IPs temporários externos Quando uma instância é interrompida, são liberados IPs temporários. No entanto, um novo endereço IP temporário é adquirido quando a instância é reiniciada. Quando uma instância é redefinida, são liberados IPs temporários. No entanto, um novo endereço IP temporário é adquirido quando a instância é reiniciada. Quando uma instância é excluída, são liberados endereços IPs.
IPs estáticos externos Os IPs estáticos externos são mantidos.

Os IPs estáticos atribuídos a instâncias interrompidas são cobrados como se não estivessem vinculados a nenhuma instância. Consulte os detalhes na página Preços.
Os IPs estáticos externos são mantidos. IPs estáticos externos são liberados de volta ao projeto.
IPs internos/endereço MAC IPs internos e endereços MAC são mantidos. IPs internos e endereços MAC são mantidos. Quando uma instância é excluída, são liberados IPs internos.
Metadados da VM Os metadados da VM são mantidos. Os metadados da VM são mantidos. Os metadados da VM são excluídos com a VM

Como verificar o status de uma instância

Cada instância informa seu status como parte das propriedades da instância. Verifique o status de uma instância se ela apresentar problemas, se você acabou de iniciá-la e quer confirmar se a ela está em execução ou se quer confirmar se a instância foi interrompida.

Para listar todas as instâncias e os respectivos status delas:

gcloud compute instances list

Para descrever o status de uma instância única:

gcloud compute instances describe example-instance

A seguir

Esta página foi útil? Conte sua opinião sobre:

Enviar comentários sobre…

Documentação do Compute Engine