Como escolher um método de importação

É possível adicionar ao Compute Engine instâncias de VM, imagens personalizadas ou discos disponíveis no ambiente atual, como no provedor local ou em outros provedores de nuvem.

Há diversos métodos de importação disponíveis, compatíveis com diferentes formatos. O método de importação depende do que está sendo importado: uma instância de VM, disco ou imagem.

Veja na tabela a seguir um resumo dos métodos de importação disponíveis no Compute Engine.

O que você quer importar Procedimento Melhor aplicação
Discos virtuais ou imagens
Como importar discos virtuais
Importação de discos virtuais ou discos de modelo usando um ambiente local.

Esse método usa o comando images import.

Caso sejam necessárias personalizações avançadas ou haja discos de origem em um formato incompatível com o comando "import", importe e configure os discos manualmente.
Instâncias de VM (no formato OVA ou OVF) Importação de dispositivos virtuais Importação de dispositivos virtuais. Um dispositivo virtual é uma máquina virtual predefinida.

Esse método é mais adequado para importar um número pequeno de máquinas virtuais.
Imagens de máquina Como criar uma imagem de máquina a partir de um dispositivo virtual Como importar imagens de máquina. Uma imagem de máquina é um recurso do Compute Engine que armazena toda a configuração, metadados, permissões e dados de um ou mais discos necessários para criar uma instância de VM.

Esse método é mais adequado para criar imagens de máquina a partir de dispositivos virtuais.
Instâncias de VM Introdução ao Migrate for Compute Engine
  • Importação de várias instâncias de VM e seus dados.
  • Migração de instâncias de VMs a partir de outros provedores de nuvem, como VMware e AWS.
  • Teste seus aplicativos na nuvem antes de fazer a migração. Se os apps não funcionam corretamente, é fácil fazer a reversão.
Esse método é ideal para mover um número grande de cargas de trabalho. Com o Migrate for Compute Engine, você tem um conjunto de recursos que ajuda a automatizar, simplificar e acelerar o processo de migração. Para mais informações, consulte Visão geral do produto Migrate for Compute Engine.