Fim da vida útil (EOL) do CoreOS

Contexto

Em 6 de fevereiro de 2020, a comunidade do Fedora/CoreOS divulgou a data oficial de EOL (em inglês) do CoreOS Container Linux como 26 de maio de 2020.

Como isso afetará as instâncias de máquina virtual (VMs) atuais?

As VMs atuais que estiverem executando o CoreOS Container Linux não serão afetadas. Após a data de EOL, ainda será possível iniciar ou interromper as VMs existentes que usam essas imagens. No entanto, seus projetos poderão ficar em risco porque você executará imagens do CoreOS que não são mais compatíveis e não estão recebendo atualizações de segurança.

O que vai mudar?

Após 26 de maio de 2020, o CoreOS Container Linux não será mais compatível com o Compute Engine, e você não poderá criar VMs usando essas imagens. É preciso migrar suas cargas de trabalho e aplicativos do CoreOS para um sistema operacional ou plataforma mais adequada às suas necessidades de negócios antes da data de fim da vida útil (EOL).

O que preciso fazer?

  1. Revise o ciclo de vida do sistema operacional e a política de suporte.
  2. Opcional: faça cópias das imagens do CoreOS Container Linux nos seus projetos.
  3. Migre cargas de trabalho e aplicativos CoreOS para uma plataforma que funcione melhor para sua empresa. Escolha uma das seguintes opções:

    • No Google Cloud, migre cargas de trabalho e apps em contêineres para uma das opções com suporte completo.
    • Se você estiver executando contêineres do Docker, use o SO otimizado para contêineres no Google Cloud.
    • A comunidade do CoreOS/Fedora recomenda o Fedora CoreOS (FCOS) (em inglês) como uma opção.

      Se você quiser começar a usar as imagens do FCOS por conta própria, inicie uma instância usando a imagem fedora-coreos-stable do projeto fedora-coreos-cloud. Por exemplo, para criar uma instância de teste fedora-coreos-test-vm usando a ferramenta de linha de comando gcloud, execute o seguinte comando:

      gcloud compute instances create fedora-coreos-test-vm \
          --image-project=fedora-coreos-cloud \
          --image-family=fedora-coreos-stable
      

      Para começar a usar o Fedora CoreOS no Google Cloud, consulte a documentação desse sistema operacional (em inglês).

Se você tiver dúvidas específicas sobre o EOL do CoreOS, entre em contato com o suporte do Google Cloud.