Guia de início rápido do Go

Veja nesta página como usar o Cloud Build para criar um binário do Go e enviar o binário para o Google Cloud Storage. Você criará um arquivo de configuração da versão, no qual adicionará instruções para o Cloud Build. Em seguida, você usará o arquivo de configuração para iniciar a versão.

Antes de começar

  1. Faça login na sua Conta do Google.

    Se você ainda não tiver uma, inscreva-se.

  2. No Console do GCP, acesse a página Gerenciar recursos e selecione ou crie um projeto.

    Acessar a página Gerenciar recursos

  3. Verifique se o faturamento foi ativado para o projeto.

    Saiba como ativar o faturamento

  4. Ativar Cloud Build API.

    Ativar a API

  5. Instale e inicialize o SDK do Cloud.

Fazer login no Google Cloud

  1. Autorize a ferramenta de linha de comando gcloud a acessar seu projeto:

    gcloud auth login
    
  2. Configure seu projeto para a ferramenta gcloud, em que [PROJECT_ID] é o código do projeto do GCP que você criou ou selecionou na seção anterior:

    gcloud config set project [PROJECT_ID]
    

Como preparar arquivos de origem

Você precisará de um código-fonte de amostra para criar. Nesta seção, você criará um exemplo simples do Hello World em Go.

  1. Crie um arquivo chamado main.go com o seguinte conteúdo:

    package main
    
    import (
        "fmt"
    )
    
    func main() {
        fmt.Println("Hello, world!")
    }
    

Como criar um intervalo do Cloud Storage

Você precisará de um intervalo do Google Cloud Storage para enviar o binário Go depois de criá-lo. Nesta seção, você criará o intervalo do Cloud Storage.

  1. Abra uma janela de terminal.

  2. Use o comando gsutil mb e um nome exclusivo para criar um intervalo:

    gsutil mb gs://[BUCKET_NAME]/
    

    Em que [BUCKET_NAME] é seu próprio nome de intervalo globalmente exclusivo.

    Se for bem-sucedido, o comando retornará:

    Creating gs://[BUCKET_NAME]/...
    

    Você acabou de criar um intervalo para armazenar seus dados.

    Se o nome do intervalo já está sendo usado por você ou por outra pessoa, o comando retorna:

    Creating gs://[BUCKET_NAME]/...
    ServiceException: 409 Bucket [BUCKET_NAME] already exists.
    

    Tente novamente com um nome de intervalo diferente.

Configurar a versão

Você especifica as ações que quer que o Cloud Build realize em um arquivo de configuração da versão. As ações são especificadas como etapas de versão. A etapa de versão usa um construtor para executar suas tarefas. Os criadores são imagens de contêiner com linguagens e ferramentas comuns instaladas neles. O Cloud Build fornece um conjunto de criadores mantidos pelo Google. Nesta seção, você usará esses criadores para criar o binário do Go e armazená-lo no Google Cloud Storage.

  • No mesmo diretório que contém o arquivo main.go, crie outro chamado cloudbuild.yaml com o conteúdo a seguir. Esse arquivo é o arquivo de configuração da versão. No momento da criação, o Cloud Build substitui automaticamente $PROJECT_ID pelo código do projeto.

    steps:
    - name: 'gcr.io/cloud-builders/go'
      args: ['install', '.']
      env: ['PROJECT_ROOT=hello']
    - name: 'gcr.io/cloud-builders/go'
      args: ['build', 'hello']
      env: ['PROJECT_ROOT=hello']
    artifacts:
      objects:
        location: 'gs://[BUCKET_NAME]/'
        paths: ['hello']
    

    O arquivo de configuração acima contém duas etapas de versão. O nome das etapas de versão se refere ao criador usado para executar a tarefa. O campo args transmite uma lista de argumentos para o construtor. O campo env seleciona as variáveis de ambiente que serão usadas na execução de uma etapa. No exemplo acima, ele especifica o projeto raiz. Nesse arquivo de configuração:

    • a primeira etapa de versão chama o construtor go para instalar dependências;
    • a segunda etapa de versão chama o construtor go para criar o binário;
    • o campo artifacts é usado para armazenar o binário em um intervalo do Cloud Storage.

Iniciar a versão

  • Inicie a versão executando o comando gcloud builds submit:

    gcloud builds submit --config cloudbuild.yaml .
    

    Quando a versão for concluída, você verá um resultado semelhante a este:

    PUSH
    DONE
    ----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
    
    ID                                    CREATE_TIME                DURATION  SOURCE                                                                                  IMAGES  STATUS
    $BUILD_ID                             2018-01-25T15:36:40+00:00  10S       gs://[PROJECT_ID]_cloudbuild/source/1516894599.15-25da391996554cdf81fb7786f914d7f1.tgz  -       SUCCESS
    

    Você acabou de criar o binário do Go usando o arquivo de configuração da versão e armazenou o binário no intervalo do Cloud Storage.

Ver os detalhes da versão

  1. Abra a página do Cloud Build no console do Google Cloud Platform.

    Abra a página do Cloud Build

  2. Selecione o projeto e clique em Abrir.

    Você verá a página Histórico da versão:

    Captura de tela da página do histórico de versão

  3. Clique em uma versão.

    Você verá a página Detalhes da versão, semelhante à seguinte captura de tela:

    Captura de tela da página de detalhes de versão

Fazer limpeza

Para evitar cobranças na sua conta do GCP pelos recursos usados neste guia de início rápido:

  1. Abra uma janela do terminal se já não estiver aberta.

  2. Use o gsutil rm command com a sinalização -r para excluir o intervalo e qualquer item nele, substituindo [BUCKET_NAME] pelo nome de seu intervalo:

    gsutil rm -r gs://[BUCKET_NAME]
    

    Se for bem-sucedido, o comando retornará uma mensagem semelhante a esta:

    Removing gs://[BUCKET_NAME]/just-a-folder/cloud-storage.logo.png#1456530077282000...
    Removing gs://[BUCKET_NAME]/...
    

    Os artefatos que você criou como parte deste guia de início rápido são excluídos do seu projeto.

Pronto, você concluiu as etapas deste guia de início rápido!

A seguir

Enviar comentários sobre…