Visão geral do Cloud Build

O Cloud Build é um serviço que executa as versões na infraestrutura do Google Cloud Platform.

O Cloud Build pode importar o código-fonte de uma variedade de repositórios ou espaços do Cloud Storage, executar uma versão para suas especificações e produzir artefatos como contêineres Docker ou arquivos Java.

Configuração da versão e etapas da criação

É possível gravar uma configuração da versão para fornecer instruções ao Cloud Build sobre quais tarefas executar. Você pode configurar versões para buscar dependências, executar testes de unidade, análises estáticas e testes de integração e criar artefatos com ferramentas de versão, como docker, gradle, maven, bazel e gulp.

O Cloud Build executa sua versão como uma série de etapas de versão, em que cada uma delas é executada em um contêiner do Docker. Executar etapas de versão é análogo à execução de comandos em um script.

Você pode usar as etapas de versão fornecidas pelo Cloud Build e pela comunidade dele ou gravar suas próprias etapas de versão personalizadas:

Cada etapa de criação é executada com o respectivo contêiner anexado a uma rede local do Docker chamada cloudbuild. Isso permite que as etapas de criação se comuniquem entre si e compartilhem dados.

É possível usar imagens Docker Hub padrão no Cloud Build, como Ubuntu e Gradle.

Como iniciar criações

É possível iniciar manualmente as criações no Cloud Build usando a ferramenta de linha de comando gcloud ou a API Cloud Build ou usar acionadores de versão do Cloud Build para criar um fluxo de trabalho de integração contínua/entrega contínua (CI/CD) que inicia novas criações em resposta a alterações de código.

É possível integrar acionadores de versão com muitos repositórios de código, incluindo Cloud Source Repositories, GitHub e Bitbucket.

Como ver os resultados da criação

Veja os resultados do build por meio da ferramenta gcloud, da API Cloud Build ou da página Histórico da compilação na seção "Cloud Build" do Console do Cloud. Esse procedimento exibe os detalhes e os registros de cada build que o Cloud Build executa. Para instruções, consulte Como ver os resultados da criação.

Como funciona a versão

Nas etapas a seguir, descrevemos, de modo geral, o ciclo de vida de uma versão do Cloud Build:

  1. Prepare o código do seu aplicativo e os recursos necessários.
  2. Crie um arquivo de solicitação de versão, no formato YAML ou JSON, que contenha instruções para o Cloud Build.
  3. Envie a versão para o Cloud Build.
  4. O Cloud Build executa sua versão com base na solicitação de versão que você forneceu.
  5. Se aplicável, todas as imagens criadas serão enviadas para o Container Registry. O Container Registry oferece armazenamento seguro de imagens particulares do Docker no Google Cloud.

Docker

O Cloud Build usa o Docker para executar builds. Para cada etapa da criação, o Cloud Build executa um contêiner de Docker como uma instância de docker run. Atualmente, o Cloud Build está executando o Docker Engine versão 19.03.8.

Interfaces do Cloud Build

Use o Cloud Build com o Console do Google Cloud, a ferramenta de linha de comando gcloud ou a API REST do Cloud Build.

No Console do Cloud, veja os resultados do build do Cloud Build na página Histórico do build e automatize os builds em Gatilhos de build.

É possível usar a ferramenta gcloud para criar e gerenciar versões. Também é possível executar comandos para realizar tarefas como enviar uma versão, listar versões e cancelar uma versão.

Você pode solicitar versões usando a API REST Cloud Build.

Como nas outras APIs Cloud Platform, você precisa autorizar o acesso usando OAuth2. Depois de autorizar o acesso, você pode usar a API para iniciar novas versões, ver o status e os detalhes da versão, listar versões por projeto e cancelar versões em execução.

Para saber mais informações, consulte a documentação da API.

Como executar versões localmente

Se você quiser testar sua versão antes de enviá-la para o Cloud Build, poderá executar sua versão localmente usando a ferramenta cloud-build-local. Para instruções sobre como utilizar esta ferramenta, consulte a página Como criar e depurar localmente.

A seguir