Menu

As melhores ideias nunca saem de moda

Em 2018, a demanda global por recursos foi 1,7 vez maior do que a Terra pode suportar em um ano, e ela só deve aumentar.1 O Google Cloud e a SAP uniram-se para enfrentar esse desafio por meio de um concurso de empreendedorismo social para um futuro sustentável.

Imagem principal

A ideia de US$ 4,5 trilhões

Segundo a Ellen MacArthur Foundation, a economia circular é um sistema que apoia o crescimento econômico, o bem-estar social e a sustentabilidade. Até 2030, a economia circular pode ajudar a gerar US$ 4,5 trilhões de nova produção econômica.2

Poluição

Concepção que minimiza resíduos e poluição

Manter produtos

Uso contínuo de produtos e materiais

Regenerar o sistema natural

Regeneração de sistemas naturais

Economia circular

Uma economia circular até 2030

Em 2015, as Nações Unidas estabeleceram a Agenda 2030, que é composta por 17 objetivos de desenvolvimento sustentável (ODS). Cada objetivo propõe maneiras para povos e o planeta prosperarem juntos. Nosso concurso concentra-se no ODS 12: produção e consumo responsáveis, que inclui a criação de empregos sustentáveis, a promoção da regeneração de recursos e a construção de uma economia circular até 2030.

O desafio

Envie uma ideia que gere receita e use as soluções do Google Cloud e da SAP para promover uma economia circular.

O prêmio

Quatro dos cinco finalistas receberão:

Dentre os finalistas, um deles receberá o grande prêmio:

  • US$ 100.000 em financiamento
  • Google Cloud para startups: pacote Surge (inclui US$ 100.000 em créditos do Google Cloud)
  • Acesso a produtos SAP
  • Orientação individual
  • Bootcamp Google Cloud para startups

A caixa de ferramentas

Para ser qualificada, sua proposta precisa usar pelo menos uma das soluções do Google Cloud e da SAP listadas abaixo:

Logotipo do Google Cloud
Logotipo da SAP

Datas importantes

23 de janeiro

Lançamento do concurso no Fórum Econômico Mundial em Davos

17 de março

Prazo para envio das inscrições até as 23h59, Horário do Pacífico

9 a 12 de abril

Os finalistas participam do Google Cloud Next San Francisco e do hackathon para competir pelo grande prêmio

7 de maio

O vencedor do grande prêmio é anunciado no SAP Sapphire
Confetes Troféu

Conheça os vencedores!

Parabéns ao vencedor do grande prêmio e aos quatro finalistas do concurso Circular Economy 2030 que inovaram em soluções sustentáveis usando as tecnologias do Google Cloud e da SAP para promover uma economia circular. Conheça-os abaixo e saiba mais sobre a Circular Economy 2030 e as ideias vencedoras dos empreendedores sociais aqui.


Michael Groves

Vencedor do Grande Prêmio

Michael Groves

Topolytics

Resíduos industriais

Parabéns a Michael Groves, fundador da Topolytics, por ter sido escolhido como vencedor do grande prêmio! Michael é um geógrafo com PhD em observação aérea e via satélite da terra e mais de 20 anos de experiência em gestão ambiental e relatórios de sustentabilidade. Sua empresa, a Topolytics, é uma empresa de tecnologia sediada na Escócia que usa ciência de dados e aprendizado de máquina para maximizar a utilidade dos materiais residuais comerciais e industriais do mundo. A Topolytics é reconhecida pela Ellen MacArthur Foundation como uma líder global de inovação em economia circular (CE100) e pela Cleantech Group como uma empresa líder em "resíduos inteligentes".

Dysmus Kisilu

Finalista

Dysmus Kisilu

Solar Freeze

Resíduos de alimentos e energia renovável

Dysmus Kisilu é o fundador da Solar Freeze, uma empresa especializada em fornecimento de soluções de energia renovável para comunidades rurais no Quênia. Ele também é o fundador da iniciativa “Each one, teach one” da Solar Freeze cujo objetivo é influenciar a próxima geração de líderes de energia renovável na África orientando jovens de 18 a 29 anos na operação, manutenção e reparo de soluções de energia renovável especificamente para a agricultura. Dysmus tem trabalhado com 3.000 pequenos agricultores desde 2016, aumentando os rendimentos agrícolas deles em mais de 150%.

Patrick Peter

Finalista

Patrick Peter

Circunomics

Resíduos eletrônicos

Patrick Peter fundou a Circunomics, uma empresa de resíduos eletrônicos com sede na Alemanha, para solucionar um dos maiores desafios da economia circular: reduzir significativamente o desperdício dos valiosos recursos de bateria criando um mercado lucrativo de pós-venda de baterias. Patrick é pai, doutorando em administração de empresas e tem um MBA pela Universidade de Frankfurt.

Jasmine Crowe

Finalista

Jasmine Crowe

Goodr

Resíduos alimentares

Jasmine Crowe é aluna de uma HBCU que trabalha para tornar o mundo um lugar melhor, uma causa de cada vez. Em janeiro de 2017, ela criou a Goodr, uma empresa de gestão sustentável de resíduos alimentares baseada em tecnologia, com sede nos Estados Unidos, com o objetivo de erradicar a fome e reduzir o desperdício de alimentos. Sob a direção de Jasmine, a Goodr já redirecionou quase dois milhões de libras de alimentos de aterros e atende clientes como o Aeroporto Hartsfield Jackson de Atlanta, a NFL, o Centro de Congressos da Geórgia, a MetLife e muito mais.

Ann Runnel

Finalista

Ann Runnel

Reverse Resources

Resíduos têxteis

Apaixonada pela economia circular, Ann começou a procurar por incentivos empresariais e soluções sistêmicas que ajudariam grandes corporações líderes de mercado a adotarem práticas fundamentalmente sustentáveis. Após 10 anos de pesquisa e 5 anos desde a fundação da Reverse Resources, empresa com sede na Estônia, ela e sua equipe desenvolveram um modelo de negócios e um sistema para ajudar a indústria da moda a transformar os resíduos de produção têxtil em um novo recurso.

Conheça os jurados

Com especialistas em tecnologia, sustentabilidade e economia circular, o painel de jurados de várias indústrias usou de sua experiência - juntamente com os critérios de avaliação - para selecionar os finalistas da Circular Economy 2030 e o vencedor do grande prêmio.

Alison Wagonfeld

Alison Wagonfeld

Diretora de marketing do Google Cloud

Alicia Tillman

Alicia Tillman

Diretora global de marketing da SAP

Kate Brandt

Kate Brandt

Diretora de sustentabilidade do Google

Daniel Schmid

Daniel Schmid

Diretor de sustentabilidade da SAP

Fatou Ndoye

Fatou Ndoye

Diretora adjunta da ONU Meio Ambiente

Claire Melamed

Claire Melamed

Diretora executiva, Parceria global para dados de desenvolvimento sustentável

Andrew Morlet

Andrew Morlet

Diretor executivo da Ellen MacArthur Foundation

Então, o que estávamos procurando?

Ideia original

Ideia original

Criatividade é fundamental. Queríamos ver novas ideias com potencial que causariam impacto em qualquer aspecto da economia global, desde o uso eficiente de recursos e energia até a criação de infraestrutura e empregos sustentáveis.

Modelo de negócios

Modelo de negócio viável

Solicitamos detalhes minuciosos. Pedimos que os candidatos enviassem uma proposta bem pesquisada que descrevesse o problema, propusesse uma solução e demonstrasse uma capacidade clara de gerar receita.

Potencial de impacto

Potencial de impacto

Pedimos que as pessoas compartilhassem a visão delas de um mundo sustentável explicando como a ideia enviada e o modelo proposto promoveriam uma economia circular e nos ajudaria a alcançar o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 12 até 2030.

Inovação técnica

Inovação técnica

Os candidatos utilizaram os produtos do Google Cloud e da SAP para compor as ideias. Além disso, descreveram como usariam as ferramentas de análise de dados, aprendizado de máquina e/ou gerenciamento da cadeia de suprimentos para alcançar a visão proposta.

Inspire-se

Use a hashtag #circular2030 para compartilhar sua ideia

A melhor execução da SAP

Clientes da SAP usam inovações tecnológicas para enfrentar os desafios do mundo, seja para repensar a conservação de rinocerontes ou levar o mobile banking à zona rural da América Latina.

Saiba mais

Sustentabilidade do Google

Veja como o Google está sempre pensando na sustentabilidade, seja investindo na economia circular ou criando cadeias de suprimentos responsáveis.

Saiba mais