Exportar dados do Faturamento do Cloud para um arquivo

Visão geral

Para ter acesso detalhado às suas cobranças, exporte as estimativas diárias de uso e custo automaticamente para um arquivo CSV ou JSON armazenado em um bucket do Cloud Storage especificado. É possível acessar os dados usando a API Cloud Storage, a ferramenta CLI ou o Console do Google Cloud.

A exportação normal de arquivos para CSV e JSON captura um conjunto de dados menor do que a exportação para o BigQuery. Por exemplo, os dados exportados do Faturamento do Cloud não incluem cobranças no nível da fatura, como tributos acumulados ou notas de ajuste. Se você precisar reconciliar os dados exportados com as faturas, use a exportação para o BigQuery.

Os dados de uso são rotulados com o tipo de recurso e o número do projeto do Cloud. Você usa listas de controle de acesso (ACLs, na sigla em inglês) no bucket do Cloud Storage para controlar quem pode acessar esses dados.

Como ativar a exportação do Faturamento do Cloud para um arquivo

Permissões necessárias

Para ativar e configurar a exportação de dados do faturamento do Google Cloud para um arquivo armazenado em um bucket do Cloud Storage, é preciso ter as seguintes permissões:

  • Para o Cloud Storage, é preciso ter permissões para criar um bucket em um projeto do Cloud. Para fazer isso, é necessário ter a permissão do projeto storage.objects.create do Cloud em que você está criando o bucket. Se você estiver trabalhando em um projeto criado por outra pessoa, talvez seja necessário que o proprietário atribua a você um papel que contenha essa permissão, como Editor, Proprietário, ou Administrador do Storage.
  • Para o Faturamento do Cloud, é preciso ter o papel Administrador da conta de faturamento para a conta de faturamento do Cloud de destino.

Para mais informações sobre as permissões do Google Cloud, consulte:

1. Criar um bucket no Cloud Storage

Se você ainda não criou um bucket no Cloud Storage, precisará criar um. Para instruções, consulte Como criar buckets do Cloud Storage.

2. Ativar a exportação do Faturamento do Cloud para um arquivo

Depois de criar um bucket no Cloud Storage, realize as ações a seguir para ativar a exportação do Faturamento do Cloud para um arquivo:

  1. Faça login no Console do Google Cloud.

    Fazer login no Console do Cloud

  2. Abra o menu de navegação () do console e selecione Faturamento.

    Se você tiver mais de uma Conta de faturamento do Cloud, siga um destes procedimentos:

    • Para gerenciar o Faturamento do Cloud no projeto atual, selecione Acessar a conta de faturamento vinculada.
    • Para localizar outra conta de faturamento do Cloud, selecione Gerenciar contas de faturamento e escolha a conta para a qual você quer ativar a exportação de dados do Faturamento do Cloud para um arquivo.
  3. No menu de navegação "Faturamento", selecione Exportação de faturamento.

  4. Selecione a guia Exportar arquivo.

  5. Clique em Editar configurações para ativar a exportação e atualizar as configurações de exportação.

  6. Em Nome do bucket, especifique o nome do bucket do Cloud Storage no qual os dados do Faturamento do Cloud serão publicados automaticamente.

  7. Em Prefixo do relatório, especifique um prefixo para o nome do objeto do Cloud Storage referente aos relatórios exportados. O ano, mês e dia são anexados ao prefixo.

  8. Em Formato, selecione CSV ou JSON.

  9. Clique em Salvar.

Permissões de bucket

Quando você ativar a exportação do Faturamento do Cloud para publicar automaticamente dados de faturamento diários em um arquivo CSV ou JSON, o arquivo será armazenado em um bucket do Cloud Storage que você especificar. Para permitir essa automação, uma conta de serviço do Google é automaticamente adicionada como membro das permissões do bucket e recebe acesso de gravação ao bucket (usando o papel Gravador de bucket legado do Storage). A conta de serviço tem esta aparência:

  • 000000000000-xxxxxxxxxxxxxxxxxx@developer.gserviceaccount.com

A conta de serviço fornece as permissões necessárias para publicar automaticamente os dados diários do Faturamento do Cloud no bucket. Não exclua essa conta de serviço.

Disponibilidade de dados

Quando você ativa a exportação para um arquivo em um bucket do Cloud Storage pela primeira vez, pode levar algumas horas para começar a ver seus dados de faturamento do Google Cloud.

O bucket do Cloud Storage contém apenas arquivos JSON ou CSV exportados do Faturamento do Cloud a partir da data em que você configurou a exportação do Faturamento do Cloud.

Conteúdo do arquivo de faturamento exportado

Na tabela a seguir, descrevemos o conteúdo do arquivo JSON ou CSV exportado do Faturamento do Cloud. Os nomes das métricas JSON são listados primeiro, e os nomes das métricas CSV são mostrados entre parênteses abaixo dos nomes das métricas JSON.

Métrica Propriedades da métrica
accountId
(Código da conta)
Tipo de métrica: string
Descrição: o código da conta de faturamento do Cloud
Exemplo: 00D11E-FFCCD9-B44BAE
lineItemId
(Item de linha)
Tipo de métrica: string
Descrição: o URI do recurso especificado
Exemplo: com.google.cloud/services/compute-engine/ForwardingRuleChargeBase
startTime
(Horário de início)
Tipo de métrica: dateTime
Descrição: o horário de início do período medido
Exemplo: 2019-11-14T00:00:00-07:00
endTime
(Horário de término)
Tipo de métrica: dateTime
Descrição: o horário de término do período medido. O período é uma hora após o horário de início.
Exemplo: 2019-11-14T01:00:00-07:00
projectNumber
(Número do projeto)
Tipo de métrica: número inteiro
Descrição: o número do projeto do Cloud
Exemplo: 333809197194
projectId
(ID do projeto)
Tipo de métrica: string
Descrição: o código do projeto do Cloud
Exemplo: my-app-project
projectName
(Nome do projeto)
Tipo de métrica: string
Descrição: o nome do projeto do Cloud
Exemplo: My first app project
projectLabels
(Rótulos do projeto)
Tipo de métrica: string
Descrição: rótulos anexados a um projeto do Cloud, retornados como pares de chave-valor. Por exemplo, se você criou rótulos chamados cost-center e geo e os valores do projeto para esses rótulos são apac e my-cost-center, as métricas retornadas seriam:
JSON:
{"geo":"apac","cost-center":"my-cost-center"}
CSV:
geo:apac;cost-center:my-cost-center
Para mais informações sobre rótulos, consulte a postagem Como usar rótulos para organizar recursos do Google Cloud (em inglês) no blog do Google Cloud.
Medições
measurementId
Medição
Tipo de métrica: string
Descrição: URI do recurso especificado
Exemplo: com.google.cloud/services/compute-engine/ForwardingRuleChargeBase
sum
(Consumo total da medição)
Tipo de métrica: número inteiro
Descrição: o período calculado
Exemplo: 86400
unit
(Unidades de medida)
Tipo de métrica: string
Descrição: as unidades de medida do período
Exemplo: seconds
Créditos
creditId
(Crédito)
Tipo de métrica: string
Descrição: o código do crédito
Exemplo: 008F74-21254F-7E5A81::3WDRCXQ9AHU4FK-81
amount
(Valor do crédito)
Tipo de métrica: decimal
Descrição: o valor do crédito calculado
Exemplo: -0.000024
currency
(Moeda do crédito)
Tipo de métrica: string
Descrição: o código da moeda
Exemplo: USD
Custo
amount
(Custo)
Tipo de métrica: decimal
Descrição: o custo calculado
Exemplo: 0.59904
currency
(Moeda)
Tipo de métrica: string
Descrição: o código da moeda
Exemplo: USD