Notas da versão

Nesta página, documentamos as atualizações de produção feitas no Cloud Bigtable. Acesse-a periodicamente para ver avisos de recursos novos ou atualizados, correções de bugs, problemas conhecidos e funcionalidades obsoletas.

Inscreva-se para receber as notas da versão do Cloud Bigtable. Assine

2 de outubro e 2018

O Cloud Bigtable já está disponível na região australia-southeast1 (Sydney).

18 de setembro de 2018

O Key Visualizer já está disponível para todos os usuários.

6 de setembro de 2018

O Cloud Bigtable já está disponível na região asia-south1 (Mumbai).

4 de setembro de 2018

Agora o Key Visualizer inclui a capacidade de visualizar várias métricas simultaneamente.

3 de agosto de 2018

Uma biblioteca de cliente C++ para o Cloud Bigtable já está disponível na versão Beta.

25 de julho de 2018

A replicação regional já está disponível para todos os usuários.

11 de julho de 2018

Agora a página Cotas e limites inclui todas as cotas que aparecem no Console do Google Cloud Platform e mostra as cotas e os limites relacionados aos perfis de aplicativo. Essas cotas e limites não são novos, mas não foram listados anteriormente na documentação.

10 de julho de 2018

O Key Visualizer do Cloud Bigtable já está disponível na versão Beta. Utilize-o para analisar o uso do Cloud Bigtable com mais detalhes e para resolver problemas de desempenho.

O Cloud Bigtable já está disponível na região us-west2 (Los Angeles).

9 de julho de 2018

Uma biblioteca de cliente C++ para o Cloud Bigtable já está disponível na versão Beta.

29 de junho de 2018

O Cloud Bigtable começará a aplicar o limite de armazenamento por nó em 1º de outubro de 2018, e não em 1º de julho.

Estamos atualizando o Console do Google Cloud Platform para que ele exiba a nova data. Até terminarmos de implantar essa alteração, você ainda verá a data antiga no Console do GCP.

28 de junho de 2018

Uma biblioteca de cliente Node.js para o Cloud Bigtable já está disponível na versão Beta.

11 de junho de 2018

O Cloud Bigtable já está disponível na região europe-north1 (Finlândia).

7 de maio de 2018

O IAM de nível de instância para o Cloud Bigtable já está com disponibilidade geral.

As permissões do grupo de colunas (bigtable.columnfamilies.*) foram removidas da lista de permissões do IAM do Cloud Bigtable. Essas permissões estão obsoletas e não serão aceitas no futuro.

  • Se você precisar visualizar informações sobre grupos de colunas de uma tabela, verifique se o papel do IAM inclui a permissão bigtable.tables.get.
  • Se você precisar modificar grupos de colunas de uma tabela, verifique se o papel do IAM inclui a permissão bigtable.tables.update.

3 de maio de 2018

O Cloud Bigtable já está disponível nas regiões us-east4 (Virgínia do Norte) e northamerica-northeast1 (Montreal).

30 de abril de 2018

O Cloud Bigtable já está disponível na região europe-west2 (Londres).

25 de abril de 2018

A replicação regional já está disponível na versão Beta. A replicação regional disponibiliza automaticamente seus dados em duas zonas diferentes dentro da mesma região, melhorando a disponibilidade e a durabilidade.

O console do GCP já fornece monitoramento para o Cloud Bigtable aprimorado, inclusive novos gráficos que mostram a utilização do armazenamento de cada cluster, a contagem de nodes e o status da replicação.

O Console do GCP agora mostra se os clusters da sua instância estão usando muito armazenamento com base no número de nós que eles contêm. Saiba mais sobre os limites de armazenamento por nó.

15 de março de 2018

O Cloud Bigtable já está disponível na região us-west1 (Oregon).

6 de fevereiro de 2018

O Cloud Bigtable já está disponível na região europe-west4 (Países Baixos).

2 de fevereiro de 2018

O Cloud Bigtable já está disponível na região asia-southeast1 (Cingapura).

31 de janeiro de 2018

As funções personalizadas do IAM já estão amplamente disponíveis.

2 de janeiro de 2018

Esta página foi atualizada para exibir as notas da versão do serviço Cloud Bigtable. Para ver as notas da versão do cliente HBase do Cloud Bigtable para Java, consulte a página de notas da versão do GitHub da biblioteca de cliente.

20 de dezembro de 2017

15 de dezembro de 2017

A REST Admin API já implementa corretamente o método para listar as operações do Cloud Bigtable.

7 de dezembro de 2017

O Cloud Bigtable já está disponível na região asia-northeast1 (Tóquio).

28 de novembro de 2017

Você já pode usar o Stackdriver Monitoring para configurar políticas de alerta e criar painéis personalizados que incluem métricas do Cloud Bigtable.

18 de outubro de 2017

A documentação da concepção do esquema não recomenda mais o uso de valores de hash em chaves de linha. Em vez disso, use valores legíveis.

19 de setembro de 2017

Os papéis predefinidos do Cloud Identity and Access Management do Cloud Bigtable já incluem um papel de visualizador. Esse papel oferece acesso à funcionalidade básica do Cloud Bigtable no console do Google Cloud Platform.

6 de setembro de 2017

O console do Google Cloud Platform já oferece gráficos que mostram o número de linhas lidas e escritas por segundo.

25 de julho de 2017

A V2 da API Cloud Bigtable REST Admin já está disponível. Use essa API para gerenciar as instâncias do Cloud Bigtable.

24 de julho de 2017

1º de maio de 2017

O Cloud Bigtable já aceita o Cloud Identity and Access Management.

10 de março de 2017

O console do Google Cloud Platform já oferece gráficos que mostram as seguintes informações sobre a instância:

  • O número de nodes no cluster da instância.
  • A utilização média da CPU em todos os nodes no cluster da instância.
  • A utilização da CPU do nó mais ocupado no cluster da instância.

9 de março de 2017

Você já pode criar uma instância de desenvolvimento do Cloud Bigtable. Instância de desenvolvimento é uma instância de baixo custo com desempenho limitado ao equivalente de um único nó.

29 de junho de 2016

O Cloud Bigtable já está amplamente disponível.

Cada cluster do Cloud Bigtable já está contido em uma instância, que é um contêiner do cluster. Para instâncias criadas antes de 29 de junho de 2016, o código da instância é idêntico ao código do cluster.Há uma exceção a essa regra: se você tiver vários clusters com o mesmo código anteriores a 29 de junho de 2016, os códigos da instância terminarão com -1, -2, e assim por diante. Dessa maneira, cada instância tem um código exclusivo.

A V2 da Cloud Bigplate RPC API já está disponível. Você já pode escrever clientes gRPC personalizados que segmentam a API Data ou a API Admin.

O Cloud Bigtable já está disponível na região us-east1 (Carolina do Sul).

6 de maio de 2015

O Cloud Bigtable já está disponível na versão Beta.

Esta página foi útil? Conte sua opinião sobre:

Enviar comentários sobre…