Visão geral da ferramenta cbt

A ferramenta cbt é uma interface de linha de comando para executar várias operações diferentes no Cloud Bigtable. Ela foi escrita em Go usando a biblioteca de cliente Go para Cloud Bigtable. O código-fonte da ferramenta cbt está disponível no repositório do GitHub GoogleCloudPlatform/google-cloud-go. Esse repositório é um espelho de code.googlesource.com/gocloud.

Para informações sobre o Cloud Bigtable em geral, consulte a Visão geral do Cloud Bigtable.

Como instalar a ferramenta cbt

Você pode instalar a ferramenta cbt como um componente do SDK do Cloud ou usando a ferramenta go padrão.

Cloud SDK

Esse caminho de instalação é recomendado se você trabalha com vários produtos do Google Cloud.

  1. Instale o Cloud SDK.
  2. Execute os comandos a seguir:

      gcloud components update
      gcloud components install cbt
    

    Se a ferramenta já estiver instalada, a janela do terminal exibirá a mensagem All components are up to date.

Ferramenta Go

Se tiver a versão estável mais recente da ferramenta go instalada, instale a ferramenta cbt usando o seguinte comando:

go get -u cloud.google.com/go/bigtable/cmd/cbt

Como verificar a instalação

Execute um comando cbt para verificar a instalação da ferramenta:

cbt listinstances

A janela do terminal exibe duas colunas chamadas Instance Name e Info.

Como criar um arquivo .cbtrc

  1. Configure cbt para usar o projeto e a instância criando um arquivo .cbtrc, substituindo project-id pelo ID do projeto em que você criou a instância do Cloud Bigtable:

       echo project = project-id > ~/.cbtrc
       echo instance = quickstart-instance >> ~/.cbtrc

  2. Verifique se você configurou o arquivo .cbtrc corretamente:

       cat ~/.cbtrc

    O terminal exibe o conteúdo do arquivo .cbtrc, que é semelhante ao seguinte:

    project = project-id
    instance = quickstart-instance

    Agora, é possível usar a ferramenta cbt com sua instância.

Como usar a ferramenta cbt

Para detalhes sobre como usar a ferramenta cbt, incluindo uma lista de comandos disponíveis, consulte a referência de cbt.