O Go 1.15 já está disponível.

Como criar um aplicativo Go no App Engine

ID de região

O REGION_ID é um código abreviado que o Google atribui com base na região que você selecionou ao criar o aplicativo. O código não corresponde a um país ou estado, ainda que alguns IDs de região sejam semelhantes aos códigos de país e estado geralmente usados. A inclusão de REGION_ID.r em URLs do App Engine é opcional para aplicativos atuais. Em breve, será necessária para todos os aplicativos novos.

Para garantir uma transição tranquila, estamos atualizando o App Engine gradativamente para usar IDs de região. Se ainda não tivermos atualizado seu projeto do Google Cloud, você não verá um ID da região para o app. Como o ID é opcional para os apps atuais, não é necessário atualizar os URLs ou fazer outras alterações quando o ID da região está disponível para eles.

Saiba mais sobre IDs de região.

Com este guia, você começa a usar o App Engine e se familiarizar com o desenvolvimento, a implantação e o gerenciamento de um aplicativo Go.

Depois de criar seu aplicativo, leia outros tutoriais para saber como integrá-lo a outros serviços do Google Cloud e adicionar mais recursos a ele.

Custos

Não há custos associados à execução deste guia. A execução do aplicativo de exemplo não excede sua cota gratuita.

Como configurar o ambiente de desenvolvimento

Use sua máquina local e as ferramentas com que já está familiarizado ou o Cloud Shell. O Cloud Shell já tem o SDK do Cloud instalado, o ambiente configurado e muitos outros recursos.

Máquina local

Instale o Go e configure o SDK do Cloud conforme descrito em Como configurar o ambiente para desenvolvedores.

Cloud Shell

Inicie o Cloud Shell, que tem todas as ferramentas necessárias pré-instaladas:

Abra o Cloud Shell

Como criar um projeto do Cloud

É necessário ter um projeto para usar o Google Cloud. Ele é a base de uso de todos os serviços do Google Cloud.

  1. Faça login na sua conta do Google Cloud. Se você começou a usar o Google Cloud agora, crie uma conta para avaliar o desempenho de nossos produtos em situações reais. Clientes novos também recebem US$ 300 em créditos para executar, testar e implantar cargas de trabalho.
  2. No Console do Google Cloud, na página do seletor de projetos, selecione ou crie um projeto do Google Cloud.

    Acessar o seletor de projetos

  3. Verifique se o faturamento está ativado para seu projeto na nuvem. Saiba como confirmar se o faturamento está ativado para o projeto.

  4. Ative a Cloud Build API.

    Ative a API

  5. Instale e inicialize o SDK do Cloud..
  6. Crie seu aplicativo do App Engine e os recursos associados a ele. Escolha um local, que não poderá ser alterado depois.
    gcloud app create

Como criar um serviço da Web básico para o App Engine

Saiba como criar um serviço da Web e declarar as configurações do ambiente de execução.

Como estruturar seus arquivos

Seu serviço terá a seguinte estrutura de arquivos:

  • go-app/: diretório do serviço Go 1.12+
    • app.yaml: as configurações do seu serviço
    • main.go: o código do aplicativo

Como criar o arquivo app.yaml

Cada projeto do App Engine tem um arquivo de configuração app.yaml que especifica as configurações do ambiente de execução do serviço. Seu serviço não será implantando sem esse arquivo.

  1. Crie uma nova pasta chamada go-app para seu serviço Go 1.12+:

    mkdir go-app

  2. Na pasta go-app/, crie um arquivo chamado app.yaml e adicione o conteúdo a seguir:

    runtime: go114 # or go112 or go113 for the Go 1.12 or Go 1.13 runtime
    

    Essa é a configuração mais simples para um aplicativo do App Engine. Ela indica ao App Engine que você está usando o Go. O arquivo app.yaml pode especificar outras versões do Go, configurações de rede, configurações de dimensionamento e muito mais. Para mais informações, consulte a referência sobre app.yaml.

Como criar o arquivo main.go

Este exemplo usa o pacote net/http para criar um servidor HTTP que exibe a frase "Hello, World!".

Para configurar o arquivo main.go, faça o seguinte:

  1. Na pasta go-app/, crie um arquivo main.go.

  2. Adicione a instrução package main para tratar seu código como um programa executável:

    package main
    

    Para implantar um serviço nos ambientes de execução do Go 1.12+, é necessário definir uma instrução package main no início de pelo menos um dos arquivos de origem do Go.

  3. Importe os pacotes a seguir:

    import (
    	"fmt"
    	"log"
    	"net/http"
    	"os"
    )
    
  4. Defina seu gerenciador HTTP:

    
    // indexHandler responds to requests with our greeting.
    func indexHandler(w http.ResponseWriter, r *http.Request) {
    	if r.URL.Path != "/" {
    		http.NotFound(w, r)
    		return
    	}
    	fmt.Fprint(w, "Hello, World!")
    }
    

    O objeto http.ResponseWriter monta a resposta do servidor HTTP. Ao gravar nele, você envia dados para o navegador. O objeto http.Request é uma estrutura de dados que representa a solicitação HTTP de entrada.

  5. Registre seu gerenciador HTTP:

    
    func main() {
    	http.HandleFunc("/", indexHandler)
    
    	port := os.Getenv("PORT")
    	if port == "" {
    		port = "8080"
    		log.Printf("Defaulting to port %s", port)
    	}
    
    	log.Printf("Listening on port %s", port)
    	if err := http.ListenAndServe(":"+port, nil); err != nil {
    		log.Fatal(err)
    	}
    }
    

    A função main é o ponto de entrada do programa executável. Portanto, ela inicia o aplicativo. Ela começa com uma chamada para a função http.HandleFunc que orienta o pacote http a gerenciar todas as solicitações para a raiz da Web ("/") com a função indexHandler.

    Se a variável de ambiente PORT não estiver definida, a porta 8080 será usada como padrão. Quando o aplicativo estiver em execução no App Engine, a variável de ambiente PORT será definida para você. Porém, ao testar seu aplicativo localmente, será possível definir PORT com qualquer valor de sua preferência.

Como implantar o serviço da Web no App Engine

  1. No diretório go-app, onde o arquivo app.yaml está localizado, implante o serviço da Web no App Engine usando o seguinte comando:

    gcloud app deploy

  2. Para iniciar o navegador e visualizar o serviço da Web em https://PROJECT_ID.REGION_ID.r.appspot.com, execute o seguinte comando:

    gcloud app browse

Parabéns! Você acabou de criar e implantar um serviço no App Engine.

Serviços e versões

O primeiro serviço que você implantar para o aplicativo será o serviço padrão. É possível especificar o nome do serviço no arquivo app.yaml, mas se ele for omitido, será tratado como default. Também é possível implantar vários serviços além do serviço padrão.

Atualize o serviço a qualquer momento executando o comando gcloud app deploy. A cada implantação, uma nova versão é criada, e o tráfego é roteado automaticamente para a versão mais recente.

Para confirmar a criação do serviço e a implantação da versão:

  1. Veja os serviços do App Engine no Console do Cloud:

    Ver os serviços

    Você verá um serviço listado, chamado default. Ele é acessível publicamente no seguinte URL:

    https://PROJECT_ID.REGION_ID.r.appspot.com

  2. Veja as versões:

    Ver as versões

    Você verá uma versão com carimbo de data/hora, correspondente à implantação.

Para saber como enviar solicitações para serviços e versões específicos, consulte Como as solicitações são encaminhadas.

Próximas etapas

Parabéns! Você acabou de configurar e implantar o aplicativo da Web no App Engine.

Saiba como adicionar outros recursos ao aplicativo explorando as seguintes páginas: