Como personalizar o tempo de execução do Python

É possível usar tempos de execução personalizados para incluir funcionalidade adicional a um app Python em execução no ambiente flexível. Para configurar um ambiente de execução personalizado, substitua essa linha no arquivo app.yaml:

runtime: python

pela linha:

runtime: custom

Também é necessário incluir um Dockerfile no mesmo diretório que contém o arquivo app.yaml. O Google fornece a imagem de base a seguir para a criação de contêineres em Python:

Imagem de base Versão Verificações de integridade Compatível com APIs do App Engine Observações
gcr.io/google-appengine/python Python 2.7/3.7 Não Não Esta é a mesma imagem usada quando você especifica runtime: python.

Veja este exemplo do Dockerfile para replicar a configuração de ambiente de execução padrão.

Suporte de APIs do App Engine

Uma imagem de base compatível com as APIs do App Engine tem compatibilidade com sete APIs no ambiente de execução padrão do App Engine (runtime: python27).

Verificação de integridade

Por padrão, todos os programas em execução no ambiente flexível recebem solicitações de verificação de integridade. Se uma imagem de base oferecer suporte à verificação de integridade, você não precisará escrever nenhum código adicional. Caso contrário, você precisará desativar as verificações de integridade ou escrever seu próprio código para processar tais solicitações.

Como selecionar a versão do Python

O ambiente de execução do python tem o Python 2.7.9 e o Python 3.7.2 pré-instalados. Personalize o Dockerfile para instalar outras versões ou intérpretes alternativos, se necessário.

É possível especificar se você quer usar o Python 2 ou o Python 3 no Dockerfile ao criar o ambiente virtual:

# Python 3
RUN venv /env -p python3.7

# Python 2 (implicit)
RUN virtualenv /env

# Python 2 (explicit)
RUN virtualenv /env -p python2.7