Como usar bancos de dados de terceiros

Com o App Engine, é possível acessar facilmente outros serviços do Google Cloud Platform, como o Cloud Datastore, o Cloud SQL e o Cloud Storage. Também é possível escolher entre vários outros bancos de dados na nuvem ou de terceiros para usar com seus aplicativos.

Use qualquer banco de dados externo compatível com sua linguagem, se esse banco de dados puder ser acessado a partir da instância do App Engine. Esses bancos de dados de terceiros podem ser hospedados no Compute Engine, em outro provedor de nuvem ou no local. Podem também ser gerenciados por um fornecedor terceirizado.

Para mais informações sobre a disponibilização de conteúdo estático, consulte Como disponibilizar arquivos estáticos.

Serviços de armazenamento do Google Cloud Platform

Para melhorar o desempenho dos aplicativos do Google App Engine, use uma opção de banco de dados hospedado pelo GCP.

Confira abaixo alguns tutoriais sobre como usar os serviços de armazenamento do Google Cloud Platform com o App Engine:

Consulte uma lista completa dos produtos de armazenamento do GCP na página de produtos do Cloud Storage.

Como hospedar no Compute Engine

As instâncias do App Engine fazem parte da mesma rede interna privada que as instâncias do Compute Engine. O aplicativo do App Engine se comunica com serviços hospedados no Compute Engine no mesmo projeto sem passar pela Internet pública. Em muitos casos, o aplicativo se conecta ao serviço usando o endereço IP interno da instância, sem precisar atribuir o banco de dados a um endereço IP público externo. Se você quiser, atribua um endereço IP público para permitir que o banco de dados seja acessado de fora do GCP.

Muitos bancos de dados de terceiros conhecidos, como Redis, MongoDB, PostgreSQL, Cassandra, Hadoop e Microsoft SQL Server podem ser implantados rapidamente no Compute Engine usando-se o Cloud Launcher. Consulte os guias a seguir para saber mais sobre a implantação do MySQL ou PostgreSQL.

Outros fornecedores de nuvem

Os aplicativos do App Engine se conectam a bancos de dados externos hospedados em outras nuvens públicas, mas, para isso, os servidores desses bancos de dados e os firewalls precisam estar configurados para aceitar conexões. O aplicativo do App Engine se conecta pela Internet usando o endereço IP público desse serviço externo.

Bancos de dados gerenciados por um fornecedor externo

Há muitos fornecedores que oferecem serviços de bancos de dados gerenciados, como o mLab para MongoDB. O Redis Labs oferece armazenamento em cache do Redis hospedado. Esses fornecedores cuidam da hospedagem, configuração e manutenção dos bancos de dados. O App Engine pode se conectar a esses serviços externos pela Internet da mesma forma que outras nuvens públicas, usando o endereço IP público desse serviço.

No local

Para tornar bancos de dados locais acessíveis para um aplicativo do App Engine, configure a rede interna e o firewall para fornecer ao banco de dados um endereço IP público ou conecte-se usando uma VPN.

Ao configurar a Cloud VPN, o aplicativo do App Engine acessa a rede no local sem expor diretamente o servidor do banco de dados à Internet pública. Como o App Engine e o Compute Engine usam a mesma infraestrutura de rede, você pode usar a conexão VPN para estabelecer uma conexão entre o aplicativo do App Engine e o banco de dados no local usando o endereço IP interno do servidor de banco de dados.

Considerações de produção

Configure o App Engine para fazer o escalonamento automático e horizontal do aplicativo com base em várias métricas. Ao contrário dos aplicativos da Web, os bancos de dados muitas vezes exigem mudanças não triviais para atender à escala. Em aplicativos de produção, o App Engine pode sobrecarregar rapidamente um banco de dados durante os picos de tráfego. É preciso considerar a carga média de tráfego estimada e a carga em horários de pico ao configurar e implantar bancos de dados.

Esta página foi útil? Conte sua opinião sobre:

Enviar comentários sobre…

Ambiente flexível do App Engine para Go