Como migrar o tráfego

A migração de tráfego altera o encaminhamento de solicitações de um serviço do aplicativo ao transferir o tráfego de uma ou mais versões para uma única versão nova.

O tráfego é migrado imediatamente de uma versão para outra no ambiente flexível. Ao contrário das versões no ambiente padrão, a migração de tráfego gradual não é compatível com o ambiente flexível.

Se você migrar imediatamente o tráfego para uma nova versão sem nenhuma instância em execução, seu aplicativo terá um aumento na latência durante a criação das instâncias. Para evitar um aumento na latência, use a API App Engine Admin para provisionar instâncias suficientes da nova versão do aplicativo antes de migrar o tráfego para ela.

Defina minTotalInstances para a nova versão com o número necessário para processar o tráfego esperado. Terminada a migração, você pode redefinir esse campo para que o dimensionamento automático ocorra se o tráfego cair.

É possível dividir o tráfego entre as versões do seu aplicativo, aumentando a quantidade de tráfego que uma versão recebe em etapas.

Para ver informações sobre como dividir tráfego entre duas ou mais versões do aplicativo, consulte Como dividir tráfego.

Antes de começar

Antes de configurar o tráfego para uma versão, verifique se a conta de usuário inclui os privilégios obrigatórios.

Como migrar o tráfego para uma nova versão

Console

Para migrar o tráfego no console do GCP, acesse a página "Versões":

Acessar a página "Versões"

  1. Selecione a versão que você quer que receba 100% do tráfego.
  2. Clique em Migrar tráfego.

gcloud

Depois de instalar o Google Cloud SDK, execute o comando gcloud app services set-traffic para migrar todo o tráfego para uma única versão. Por exemplo:

  • Para migrar o tráfego imediatamente:
    gcloud app services set-traffic [MY_SERVICE] --splits [MY_VERSION]=1

API

Para migrar o tráfego de maneira programática, use a API Admin. Para saber mais, consulte Como migrar e dividir o tráfego.

Esta página foi útil? Conte sua opinião sobre:

Enviar comentários sobre…

Ambiente flexível do App Engine para Go