Anthos Service Mesh

A malha de serviço totalmente gerenciada para arquiteturas complexas de microsserviços.

Veja a documentação do produto.

Pense primeiro nos serviços

As arquiteturas de microsserviços apresentam diversos benefícios, mas também têm desafios, como maior complexidade e fragmentação em diferentes cargas de trabalho. A plataforma Anthos alivia a sobrecarga das equipes de operações e desenvolvimento. Para fazer isso, ela simplifica a entrega de serviços integralmente, desde o gerenciamento de tráfego e a telemetria de malha até a segurança das comunicações entre serviços. O Anthos Service Mesh, a malha de serviço totalmente gerenciada do Google, permite que você gerencie esses ambientes complexos com facilidade e aproveite os benefícios prometidos.

Totalmente gerenciado e ponto final

Por ser uma oferta totalmente gerenciada, o Anthos Service Mesh elimina processos de tentativa e erro, além do trabalho necessário para adquirir e gerenciar uma solução de malha de serviço. Com ele, é possível se concentrar apenas no desenvolvimento de ótimos apps, enquanto nós cuidamos da malha.

Noções básicas sobre seus apps

Não é possível deixar a malha mais eficiente sem saber como ela está operando. Os recursos avançados de rastreamento, monitoramento e geração de registros do Anthos Service Mesh fornecem insights detalhados sobre o desempenho, como esse desempenho afeta outros processos e outros problemas que possam existir.

Segurança simplificada

Proteger sua malha de serviços pode parecer assustador. O Anthos Service Mesh ajuda a adotar um modelo de segurança de confiança zero. Para isso, ele fornece as ferramentas para proteger, de maneira automática e declarativa, os seus serviços e as comunicações deles. É possível gerenciar a autenticação, autorização e criptografia entre serviços com um conjunto diversificado de recursos, tudo isso com pouca ou nenhuma alteração nos aplicativos.

Gerenciamento de tráfego facilitado

Com o Anthos Service Mesh, é possível controlar fluxos de tráfego e chamadas de API entre serviços e, ao mesmo tempo, ter uma visibilidade do tráfego. Isso torna as chamadas mais confiáveis e a rede mais eficiente, mesmo em condições adversas, além de permitir que você detecte problemas antes de acontecerem.

Recursos

Visibilidade aprofundada integrada [Beta]

A integração do Anthos Service Mesh com o Cloud Logging, Cloud Monitoring e Cloud Trace possibilita uma grande variedade de recursos, incluindo a opção de monitorar SLOs em um nível por serviço e configurar metas de latência e disponibilidade. Também gera gráficos e controla sua conformidade ao longo do tempo, tudo de maneira automática, para mostrar uma comparação com seu "erro de orçamento".

Autenticação e criptografia fáceis

Nunca foi tão fácil fazer autenticação de transporte por mTLS (Mutual Transport Layer Security). Proteja suas comunicações de serviço para serviço e usuário final para serviço com uma instalação de mTLS com um único clique ou implementação incremental.

Autorização flexível

Para determinar quem tem acesso a quais serviços na sua malha, use o controle de acesso com base em papel (RBAC, na sigla em inglês), que é fácil de usar. Especifique as permissões e conceda acesso no nível escolhido, desde o namespace até os usuários.

Controles de tráfego refinados

O Anthos Service Mesh separa o fluxo do tráfego do escalonamento da infraestrutura, o que viabiliza muitos recursos de gerenciamento de tráfego, incluindo o roteamento dinâmico de solicitações para testes A/B, implantações canário e lançamentos graduais. Tudo isso sem mexer no código do aplicativo.

Recuperação de falhas pronta para uso

Com o Anthos Service Mesh, você tem vários recursos essenciais de recuperação de falhas prontos para uso. Eles podem ser configurados de maneira dinâmica no ambiente de execução e incluem tempos limite, disjuntores, verificações de integridade ativas e novas tentativas vinculadas.

Ferramentas de injeção de falha

Mesmo com recursos eficientes de recuperação de falha, é essencial testar a resiliência da sua malha. É por isso que esse recurso é importante. É fácil configurar a injeção de falhas de atraso e cancelamento em solicitações que correspondam a determinadas condições. Também é possível restringir o percentual de solicitações que devem ser submetidas a falhas.

Balanceamento de carga

Escolha entre o balanceamento de carga round-robin (cada host upstream em bom estado é selecionado na ordem), aleatório (um balanceador de carga seleciona um host em bom estado aleatório) e de média ponderada com menos solicitações.

Recursos

Dê o próximo passo

Comece a criar no Google Cloud com mais de 20 produtos gratuitos e ganhe US$ 300 em créditos.

Precisa de ajuda para começar?
Trabalhe com um parceiro confiável
Continue navegando